Fábio Guedes assume Educação com desafio da ‘volta às aulas’
   30 de setembro de 2020   │     20:13  │  3

O novo secretário de Educação de Alagoas, Fábio, assume a Pasta com um enorme desafio pela frente. A prioridade hoje é a volta das aulas na rede estadual de ensino. E a missão é dar continuidade aos bons resultados que foram alcançados pelos ex-secretários Luciano Barbosa e Laura Souza.

Conversei com o novo secretário sobre suas expectativas para a Pasta. A indicação de Guedes é técnica. Ele foi presidente da Fundação de Pesquisas de Alagoas por mais de 5 anos, o que permitiu uma aproximação maior com as áreas acadêmica e científica.

Em que pese o imbróglio político que resultou na mudança na Educação, Fábio reconhece o trabalho realizado na área por Barbosa.

“Chego com a missão de dar continuidade aos resultados da Pasta, que é uma das mais bem avaliadas no governo. E a avaliação veio do ponto de vista objetivo, com resultados do IDEB e também o prêmio Escola Nota 10”, aponta.

O trabalho, avisa Guedes, será realizado com a mesma equipe técnica que atuou na secretaria na gestão do Luciano e Laura. “A Pasta tem servidores competentes e capacitados. A diferença do momento em que entrei na Fapeal é que eu tinha que montar tudo e construir pontes que estavam desmontadas com a comunidade acadêmica e científica. Agora, apesar de ser em escala maior, as coisas estão andando bem”, pondera.

O novo secretário faz um comparativo com uma corrida: “o carro está alinhado, pneus novos, só vai haver troca de pilotos, mas tem plano de voo. É seguir a orientação. Tenho princípios, a exemplo da proximidade, ética e transparência. Eles guiam a gente também nesse novo desafio”.

A Secretaria de Educação, no enanto, será um novo aprendizado para Fábio Guedes. “Sempre tem que aprender na missão. Claro que hoje estou mais amadurecido do que há 5 anos, quando o governador me convidou para a Fapeal. A experiência no Executivo, que eu ainda não tinha, ajudará muito. Esses cinco anos permitiriam conhecer melhor a estrutura e trouxeram mais tranquilidade para este momento”, pondera.

Fábio Guedes aponta que seu maior desafio este ano é a questão da volta as aulas. “Não há consenso no Brasil. Temos que aprender com os outros Estados. Tenho boas relações secretários e técnicos da Educação de outros Estados, com Sergipe, Paraíba e Pernambuco, o que pode ajudar. De antemão, acho que se precisa avançar muito em tecnologia. A gente precisa travar essa batalha também com outros horizontes. Voltar aulas nesse omento, aproximando ciência e tecnologia com cultura, esporte. Mas não será difícil. A Secretaria tem uma excelente equipe que já sabe como fazer a educação”.

Para Guedes, na volta as aulas “a questão de jovens, mais os adultos e fundamental médio é mais fácil de resolver. O problema maior é com as crianças. Os pais, com razão, tem uma grande preocupação com a participação delas nas aulas presenciais neste momento de pandemia. Vamos conversar com todos os segmentos e buscar a melhor solução para Alagoas”, aponta.

Quanto a sua escolha, Guedes reforça: “é um cargo técnico. O governador sempre fez a escolha pelo meu nome por uma questão técnica”, diz, acrescentando que “o diálogo neste momento é muito importante para a Secretaria . Eu sempre prezei pelo dialogo e vamos continuar a trabalhar nesta linha. Também tenho boas relações na classe politica e a Secretaria estará de portas abertas para todos”.

COMENTÁRIOS
3

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. Abrantes

    Valorizar o servidor, coisa que a gestão passada não fez. Professor desvalorizado pela representante, servidores insatisfeitos, falta de impressora, materiais de limpeza, álcool gel, servidores trabalhando em área de risco(titara), por favor secretário veja isso. SERVIDORES EM ÁREA DE RISCO.
    Verifiquem também as empresas q atuam na secretaria de educação são de Arapiraca, coincidência né?
    desde o início do governo que lambuzam a pista de atletismo, atrás da 13ªgere, até construir na área de risco – CEPA uma parte tipo academia ao ar livre. Tem muita coisa pra ser descoberta.
    Coisa boa a chefe de gabinete Betania ter sido exonerada, não fazia nada, só moleza, perseguia os servidores do gabinete. INCOMPETENTE.

  2. Antonio

    Professor Fábio Guedes não cometa os mesmos erros da gestão anterior. Vários funcionários com desvio de função. Tem alguns que até ganham cargos de chefia, sendo eles concursados para Serviços Gerais, ocupando as vagas de outros profissionais, como exemplos agentes e assistentes administrativos concursados. Faça a justiça. Esperamos uma mudança para melhor e não ficar na mesmice. Boa sorte nessa caminhada Professor Fábio.

Comments are closed.