Renan Filho fica ‘fora’ da eleição em Arapiraca até ‘decisão do MDB’
   16 de outubro de 2020   │     0:59  │  0

As principais lideranças políticas de Alagoas ainda não ‘subiram’ em nenhum palanque em Arapiraca. Estão à espera das definições ‘internas’ de dois dos maiores partidos políticos do Estado na atualidade: o PP e o MDB.

O deputado federal Arthur Lira (PP) preferia que o deputado estadual Tarcizo Freire, do seu partido, não fosse candidato a prefeito. O governador Renan Filho (MDB) também não queria seu vice-governador, Luciano Barbosa, como candidato a prefeito.

O governador e a maioria dos integrantes da bancada federal preferem esperar um pouco mais antes de se posicionar na segunda maior cidade de Alagoas. Ao que parece aguardam processos internos e decisões judiciais sobre o registro dos candidatos.

Arthur Lira, por exemplo, já revelou que tem “compromisso” com a atual prefeita e candidata à reeleição, Fabiana Pessoa, mas só vai anunciar posição depois de uma “conversa” com Tarcizo.

O governador não tem pressa em uma definição. “Estou aguardando definições por lá para definir o que o MDB vai fazer”, afirmou através de aplicativo.

O apoio de Renan Filho a outro candidato, que não o do MDB (se o registro de Luciano for confirmado pela Justiça Eleitoral), não está descartado. E Fabiana surge entre as opções.

Mas qualquer movimento de Renan Filho ou Arthur Lira deve levar em conta Luciano, que é apontado com um dos favoritos na disputa e se não for candidato continuará como vice-governador. Mas essa é outra história.