JHC deve ficar fora do segundo turno de novo, aponta pesquisa
   6 de novembro de 2020   │     14:20  │  13

Em 2016, Maceió teve 7 candidatos a prefeito. Dois deles estão, de novo, na disputa majoritária na capital: o deputado federal João Henrique Caldas (PSB) e o ex-prefeito Cícero Almeida (DC). E tudo aponta que ambos terão resultados iguais ou piores do que o pleito passado.

Na eleição que deu vitória ao atual prefeito Rui Palmeira (sem partido), o primeiro turno foi apertado. Almeida ficou em segundo lugar com 24,73% dos votos válidos e JHC chegou em terceiro, com 21,78%.

Em 2016, Almeida largou em primeiro e acabou em segundo. Este ano, se as pesquisas estiverem corretas, ele apesar de ter ocupado o terceiro lugar em situação empate técnico, o ex-prefeito deve se consolidar na quarta posição, com tendência de queda.

E JHC, “surpresa” da eleição anterior, não tem tido o mesmo desempenho este ano. Largou na frente, caiu para segundo e, de acordo com a nova pesquisa do Ibrape, divulgada nesta quinta-feira (5) cai agora para a terceira posição.

Tudo aponta que o deputado terá resultado semelhante ao pleito anterior.

A tendência, hoje, é de segundo turno entre Alfredo Gaspar de Mendonça (MDB) e Davi Davino Filho (PP).

Enquanto Alfredo tem se mantido no mesmo patamar, de 26%, Davi conseguiu crescer rapidamente, tomando o segundo lugar de JHC e ‘ameaçando’ a liderança de Gaspar.

Pela pesquisa Ibrape, os três primeiros estão em situação de empate técnico, mas se considerada a evolução dos candidatos, a tendência é de queda para JHC, de crescimento de Davi e estabilidade para Alfredo.

Nesse cenário, sem fato novo, JHC deve ficar fora do segundo turno. De novo. Para ele pode ser o fim das disputas majoritárias. O deputado, no entanto, deve sair fortalecido para disputar a reeleição em 2022. Mas essa é outra história.

Veja a pesquisa

O novo levantamento do Ibrape, divulgada nesta sexta-feira (6), aponta Alfredo Gaspar com 26%, Davi Davino Filho com 24% e JHC com 23%. A pesquisa, registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) como AL 08550/2020, foi realizada entre os dias 2 e 3 de novembro, com duas mil entrevistas em todos bairros de Maceió, tem margem de erro de 2,19% e nível de confiança de 95%.

O crescimento de Davi Davino Filho é de nove pontos percentuais, em comparação com a pesquisa Ibrape, divulgada no dia 19 de outubro, sob o registro AL 07716/2020. Neste mesmo período, de 17 dias, Alfredo Gaspar caiu de 27% para 26% e JHC de 25% para 23%. Houve, ainda, recuo nos indecisos, de 17% para 15%.

Em seguida, vem Cícero Almeida (DC) com 4% (antes era 6%), Josan Leite (Patriotas) com 2%, Ricardo Barbosa (PT) e Valéria Correia (PSOL) com 1%. Os demais candidatos, no entanto, não pontuaram.

 

COMENTÁRIOS
13

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. FlavioPC

    Alfredo Gaspar e cria do RENAN, não voto nele, nosso Estado estar assim entregue as moscas por causa dos Calheiros, imagine só se esse senhor ganha vai tudo por água a baixo, a vaca vai para o brejo

  2. Nivaldo

    O novo vai Alfredo Gaspar vai derrotar os velhos JHC e Davi,esses dois são novas raposas no galinheiro da política.Alfredo Gaspar será o nosso prefeito.

  3. Tony

    Essa eleição de prefeito de Maceió ainda é uma incógnita, tudo pode acontecer. O segundo turno poderá ser uma grande surpresa para muitos, com Alfredo Gaspar, o primeiro colocado nas pesquisas, fora da disputa. Muitos apostam num segundo turno entre Davi Davino e JHC. A última semana será decisiva para os candidatos Alfredo, Davi e JHC. Quem viver, verá.

  4. CAMILA PEDROSA DE BARROS

    Povo de Maceió seria muito idiota em votar em Alfredo Gaspar pois vai ser a mesma coisa que Rui acabando com Maceió.
    Já votar no Davi e manter essa saúde precária com data de tudo em postos de saúde com esse secretário tomaz nono.

    Gente o JHC tem a chance de fazer Maceió voltar a crescer e merece um voto de confiança.

  5. Antonio

    O povo doente votar em um candidato apoiado por Arthur Lira condenado por corrupção. Eita povo alagoano besta.

  6. Bianca Albuquerque

    Essa pesquisa a qual você se refere Edivaldo Júnior não corresponde à verdade das ruas, comunidades, etc. Este instituto IBRAPE tem dono e sabemos quem é. Vamos aguardar o resultado das urnas. JHC estará sim no segundo turno e a partir de janeiro assumirá como prefeito da tão abandonada Maceió.

  7. Sebastião Candido Júnior

    O CANDIDATO JHC, COM CERTEZA, VAI DISPUTAR O SEGUNDO TURNO DAS ELEIÇÕES EM MACEIÓ,ELE É O CANDIDATO QUE TEM A MELHOR PROPOSTA DE GOVERNO,REPRESENTA A RENOVAÇÃO NA MANEIRA DE FAZER POLÍTICA, TEM ESTREITAS LIGAÇÕES COM A JUVENTUDE,NÃO SE ALIOU AO GOVERNO DO ESTADO E AO PREFEITO ,PARA NÃO USAR O DINHEIRO PÚBLICO EM SUA CAMPANHA,QUE É UMA PRÁTICA IMORAL NA POLITICA DO NOSSO PAÍS.

  8. Valfran dos santos lima

    Veja meu caro repórter se dependesse de pesquisa João Lira seria governador de alagoas o que foi que aconteceu perdeu as eleição para teotônio vilela no caso de prefeito de Maceió, tem muita gente indecisos e isso pode mudar principalmente os aponsentados e pensionista se lembra dos 14 por centos que estão descontando tanto o canidado do governo como o deputado que aprovo os 14 por centro e tem e o piso da educação do nível médio que não foi pago até a presente data isso tem eleitores que pode defenir uma eleição

  9. Zé Gonçalves

    O Ibrape é do Collor que troca figurinha com Bolsonaro e com grupo de Davi, Arthur Lira e Cia… As estruturas sempre criam esses monstrengos às vésperas das eleições pra confundir o eleitor. Mas dessa vez não vai dar certo. Alguém vai ficar fora do segundo turno mas não será JHC, isso eu garanto.

Comments are closed.