Davi Davino Filho define posição no segundo turno em Maceió
   19 de novembro de 2020   │     20:32  │  1

Candidato a prefeito pelo Progressistas, Davi Davino Filho “bateu na trave”. Era apontado como um dos favoritos para chegar ao segundo turno em Maceió, mas na reta final sofreu com a “pancadaria” de tudo que é lado.

Nesta quinta-feira (19) a noite, quatro dias após a eleição de domingo, 15, o deputado estadual que teve quase 97,4 mil votos (25,5% dos válidos) anunciou sua posição em relação ao segundo turno. Não vai apoiar nem Alfredo Gaspar de Mendonça (MDB), nem JHC (PSB).

“Gente, após dias analisando quem apoiar nesse segundo turno para prefeitura de Maceió, decidi que o melhor posicionamento é ser neutro. Maceió mostrou nessas eleições que quer mudança, e eu acredito que não seria justo com os quase 100 mil eleitores que apoiaram nossa candidatura eu escolher um lado. Estou do lado da nossa gente, e continuarei trabalhando pelo nosso povo!”, registrou o deputado em vídeo gravado nas redes sociais.

Veja aqui o vídeo de Davi Davino Filho: https://www.instagram.com/p/CHyj4gIgeLG/

COMENTÁRIOS
1

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. Santos

    Na politica não existe essa de ficar em cima do muro, principalmente quando se tem mandato. Mesmo dizendo que não participará da campanha do segundo turno, o deputado Davi Filho, terceiro colocado na disputa eleitoral com quase cem mil votos, precisa dizer ao seu eleitorado qual a melhor opção para governar Maceió nos próximos quatro anos: Alfredo Gaspar ou JHC.

Comments are closed.