Coligação de Davi no primeiro turno se ‘divide’ entre Alfredo e JHC
   20 de novembro de 2020   │     18:17  │  1

O deputado estadual Davi Davino Filho (PP) foi “tentado” com boas ofertas dos dois lados, mas resistiu. Dono de quase 100 mil votos (25,5% dos válidos) no primeiro turno da eleição de prefeito em Maceió, ele preferiu ficar neutro no segundo turno.

A decisão já foi tomada por outros concorrentes em situação semelhante em eleições anteriores na capital.

Davi construiu um nome. Tornou-se respeitado em todo o Estado. E sabe que tem tamanho para participar ativamente nas composições para as próximas eleições.

Escolher um lado agora poderia comprometer uma possível e provável candidatura majoritária em 2024 em Maceió ou uma participação de maior envergadura em 2022.

Ao anunciar a ‘neutralidade’, Davi no entanto deixou os partidos, que integraram a coligação (PP, PSL, DEM, Republicanos, Solidariedade e Cidadania) em torno do seu nome no primeiro turno, liberados para escolher um lado.

E as escolhas começaram a ser anunciadas nesta sexta-feira (20).

O presidente do Republicanos de Maceió, Edmilson Alves, anunciou que o partido vai apoiar Alfredo Gaspar de Mendonça. O partido elegeu um vereador na capital (Oliveira Lima). O candidato do MDB também terá o apoio do Cidadania.

O presidente do PSL de Maceió, Flávio Moreno, anunciou apoio a JHC. O candidato do PSB não recebeu o apoio formal do DEM. No entanto a vereadora eleita do Democratas, Gabi Ronalsa, a atual vereadora Simone Andrade e grande parte dos 14 suplentes anunciaram apoio a JHC.

O PP de Maceió, que tem Davi Davino Filho como presidente, não deve formalizar a posição. O que se espera é uma “divisão” de seus filiados entre os dois candidatos. O Solidariedade também ainda não deu pistas do seu posicionamento.

COMENTÁRIOS
1

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

Comments are closed.