Grupo de AA amplia bases e deve garantir reeleição de um estadual e um federal
   22 de novembro de 2020   │     20:02  │  0

O PTB conseguiu um desempenho acima do esperado nas eleições deste ano em Alagoas.

O partido se consolidou em terceiro com maior número de prefeitos do Estado. A lista segue liderada pelo, com 38 prefeitos, seguida do PP de Arthur Lira com 28 prefeitos. Partidos que tinham maior peso no Estado, em contrapartida perderam fôlego. É o caso do PSD de Marx Beltrão que tinha 8 prefeitos e só conseguiu eleger 4. O PSDB de Rodrigo Cunha foi a maior decepção. De 18 prefeitos eleitos em 2016, o partido fez apenas dois este ano.

O PTB, sob o comando do deputado estadual Antônio Albuquerque e de seu filho, o deputado federal Nivaldo Albuquerque teve, proporcionalmente o maior crescimento de Alagoas: 1.200%. Saiu de 1 para 13 prefeitos.

Mas o grupo, autodenominado “Amo Alagoas”, numa referência as iniciais de Antônio Albuquerque, o “AA” fez, segundo postagem de Nivaldo nas redes sociais, 14 prefeitos nas eleições deste ano – um deles eleito sob a legenda do MDB.

“A família Amo Alagoas cresceu! 14 prefeitos eleitos. Venha fazer parte da família que mais cresce em Alagoas.”, disse o deputado.

Com o avanço nas eleições deste ano, os deputados Nivaldo e Antônio Albuquerque praticamente consolidam a reeleição em 2020.

Apesar do grande avanço, o grupo de AA não é o terceiro maior do Estado – pelo menos não isoladamente. Com igual número de prefeituras, o deputado estadual Paulo Dantas (MDB) surge como uma das maiores forças políticas e Alagoas. Mas essa é outra história.