Mudança na prefeitura não abala aliança entre JHC e Davi Maia
   13 de maio de 2021   │     23:26  │  0

A equipe do prefeito de Maceió sofreu sua primeira baixa. O comunicado veio pela conta de João Henrique Caldas, o JHC, no Twitter.

“Comunico que a médica Célia Fernandes assumirá a Secretaria Municipal de Saúde. Com 39 anos dedicados à saúde pública, ela estava como secretária-adjunta na pasta e dará sequência ao bom trabalho desempenhado por meu amigo Pedro Madeiro, a quem sou grato por toda dedicação”.

Oficialmente Madeiro deixa a SMS por questões pessoais. Mas não teria sido só isso. De acordo com comentários de bastidores, ele também andava insatisfeito com “ingerências” na Pasta.

Independente das razões que o levaram a deixar o cargo, a saída de Madeiro não vai interferir na aliança entre o deputado estadual Davi Maia (DEM) e JHC.

Tinha (ainda tem) gente “torcendo” para a troca na Pasta “abalar” a aliança entre o deputado e o prefeito. Isto porque a indicação de Madeiro foi atribuída a Davi Maia, com quem o ex-secretário tem laços familiares.

Não abalou, nem deve abalar, pelo que ouvi de várias fontes.

“Não foi um problema político. Nada disso. O Davi continua ao lado do prefeito, faz parte do grupo e tem tido um grande papel na gestão”, aponta o secretário de Governo de Maceió, vereador Francisco Salles.

O próprio Davi diz que conversou com o prefeito e sugeriu a efetivação da Célia, que conta a confiança da gestão.

Maia teve papel importante na eleição de JHC. Foi, ao lado de nomes como Ronaldo Lessa, Ricardinho Santa Ritta e Salles, da “linha de frente”. A relação com o prefeito segue firme, independente de cargos ou cotas políticas – o que não quer dizer que o deputado não terá espaços na prefeitura. Mas essa é outra história.