Novo decreto sai na próxima semana e pode “endurecer” restrições em AL
   6 de junho de 2021   │     14:28  │  5

O enfrentamento a pandemia em Alagoas pode ser traduzido numa corrida contra o tempo – literalmente. Em especial nesse momento.

O número de pacientes hospitalizados com Covid-19 no Estado tem se mantido entre os maiores nos últimos 15 dias, desde o início da pandemia. Nesta sexta-feira (4/6), o boletim da Secretaria de Saúde apontava que 939 leitos estavam ocupados, o equivalente a 66% do total (1.428).

A maior pressão segue nas UTIs. Dos 390 leitos disponíveis pelo sistema público, 90% ou 350 estavam ocupados.

O secretário de Saúde de Alagoas, Alexandre Ayres, revela que não está conseguindo ampliar o número de leitos de UTI na mesma velocidade em que os leitos estão sendo demandados.

A maior dificuldade, aponta, é encontrar espaço para ampliar o número de UTIs em Maceió e Arapiraca.

A previsão de ampliação mais concreta para o momento volta-se para Delmiro Gouveia. “Com a inauguração do novo hospital regional do sertão, que deve ocorrer nos próximos 20 dias, vamos abrir 50 leitos clínicos e 10 leitos de UTI para Covid-19”, adianta.

A “corrida” para abrir leitos tem a ver com outro problema de difícil solução – o tempo que os pacientes de Covid-19 estão ficando internados nessa nova fase da pandemia.

“As pessoas estão demorando mais nos leitos de UTI. A rotatividade é cada vez menor, mas não tem se refletido nos óbitos”, afirma Ayres.

Nas últimas semanas, segundo levantamento da Sesau, a ocupação alta da rede hospitalar não aumenta o número de óbitos por Covid-19, que segue estável.

Essa nova realidade tem a ver principalmente com a vacinação – outra ação em que o tempo é crucial, para o bem e para o mal.

“A vacina já tem dado efeitos bastante positivos para pessoas, inclusive na ocupação hospitalar que hoje é majoritariamente de pessoas abaixo de 60 anos. Dados da nossa equipe deixam claro que pessoas acima de 60 continuam infectando, mas agravando cada vez menos, comprovando a eficácia da vacina”, explica Ayres.

Em outras palavras, se a vacinação avançar mais rapidamente a “pressão” sobre a rede hospitalar deve diminuir. “A vacina vai ajudando, devagarinho, não como deveria”, enfatiza Ayres

O problema agora é a demora até a vacina chegar no braço dos mais jovens, justo o público que mais aglomera e que mais demora nos leitos de hospitais.

“O jovem está mais na rua e a circulação do vírus é ainda muito forte. E quando ele se contamina e agrava, demora mais no leito de UTI”, aponta o secretário.

Novo decreto

O cenário, segundo o secretário de Saúde é preocupante: “como eu tinha previsto, a partir da , análise dos técnicos e especialistas, até junho devemos ter muitas dificuldades. Até o final do mês será muito duro. Depois melhora”, aponta.

Na próxima semana, provavelmente na quinta-feira (10/6) o governador Renan Filho deve editar um novo decreto dentro do plano de distanciamento social controlado.

A expectativa e recomendação de vários especialistas é de que o governo “endureça” as regras de isolamento social em Alagoas.

Ayres diz que a decisão a ser tomada pelo governador Renan Filho vai depender da evolução da pandemia no Estado nos próximos dias

“Tudo indica que o novo decreto pode ser editado na quinta, a não ser que tenha um cenário duro no final de semana, o que esperamos não aconteça”, pondera.

Se o decreto vai manter as regras, endurecer o flexibilizar, vai depender do que cada um cidadão fizer até lá.

No momento, mesmo com o alto número de pacientes internados e uma média de 17 óbitos diários nos últimos dias, a circulação de pessoas segue intensa, com evidente descumprimento de regras de distanciamento social e muita aglomeração.

Ainda assim, tudo aponta que mantido o cenário atual, o governo deve manter as regras tal como hoje, com quase tudo funcionando, apenas com restrição em alguns horários.

Veja aqui o boletim de OCUPAÇÃO DIÁRIA DOS LEITOS EXCLUSIVOS PARA A COVID-19

 

COMENTÁRIOS
5

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. Interiorano

    Eu sou leigo no assunto, mas, parece que algo não está funcionando! Quanto mais o Governo faz decretos, mais, a pandemia faz vítimas! É como se o (s) decreto (s) pouco influenciasse (m) na redução! Começou a vacinar se e os ao invés de caírem, os números aumentam! Conclusão : Só Deus para dar um basta nessa pandemia!

  2. NIVALDO

    Isso é uma prova de que esses fecha tudo e fique em casa ,não resolve nada,deixe o povo trabalhar.

  3. Ângela

    O que eu acho estranho e ter uma quantidade certa de morrer por semana! Uma semana completa e uma quantidade so de mortes ! semana 16 na próxima 17 na próxima 18 já tem a quantidade certa de morrer em cada semana.

  4. Edvanilson Henrique Leite

    BOM DIA NA MINHA OPINIÃO O QUE ESTÁ HAVENDO NA ATUALIDADE NÃO É SOMENTE A QUESTÃO DE VÍRUS E SIM DE POLITICAGEM PORQUE HOJE SÃO MILHARES DE ALAGOANOS DESEMPREGADOS A SAÚDE ESTÁ UM VERDADEIRO CAOS TOTAL A UNCISAL ATÉ HOJE ESTÁ COM O SISTEMA DE MARCAÇÕES DE CONSULTA FORA DO AR DIFICULTANDO A VIDA DOS PACIENTES E DOS PROFISSIONAIS DA SAÚDE! AGORA NOS ALAGOANOS GOSTARIA DE SABER ONDE ESTÁ SENDO EMPREGADOS NOSSOS IMPOSTOS QUE E RECOLHIDO DIARIAMENTE EM COMPRAS DIÁRIAS QUE O POVO ALAGOANO FAZ ! RESUMINDO EM NOSSA POLÍTICA ALAGOANA SÓ TEM SANGUE SUGA ISSO SIM

    1. Edvanilson Henrique Leite

      BOM DIA NA MINHA OPINIÃO O QUE ESTÁ HAVENDO NA ATUALIDADE NÃO É SOMENTE A QUESTÃO DE VÍRUS E SIM DE POLITICAGEM PORQUE HOJE SÃO MILHARES DE ALAGOANOS DESEMPREGADOS A SAÚDE ESTÁ UM VERDADEIRO CAOS TOTAL A UNCISAL ATÉ HOJE ESTÁ COM O SISTEMA DE MARCAÇÕES DE CONSULTA FORA DO AR DIFICULTANDO A VIDA DOS PACIENTES E DOS PROFISSIONAIS DA SAÚDE! AGORA NOS ALAGOANOS GOSTARIA DE SABER ONDE ESTÁ SENDO EMPREGADOS NOSSOS IMPOSTOS QUE E RECOLHIDO DIARIAMENTE EM COMPRAS DIÁRIAS QUE O POVO ALAGOANO FAZ ! RESUMINDO EM NOSSA POLÍTICA ALAGOANA SÓ TEM SANGUE SUGA ISSO SIM

Comments are closed.