Senador que votar contra coligação pode perder apoio da “política” em AL
   13 de setembro de 2021   │     13:15  │  1

O alerta é de um influente parlamentar. O que está em jogo na política de Alagoas vai muito além da montagem de chapas para deputado federal ou deputado estadual em 22.

O Senado vai pautar antes do final deste mês a PEC que prevê a volta das coligações proporcionais. O presidente da Casa, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), já avisou que vai pautar a votação da matéria, mas também disse como antecipei (veja aqui) que as chances de aprovação são pequenas.

“O senador que ficar contra a volta da coligação proporcional pode perder o apoio de deputados e vereadores”, aponta o parlamentar.

Em Alagoas a situação é diferente de outros Estados, argumenta. “Aqui são poucas vagas. No caso de deputado federal, apenas 9. E cada um tem um partido (exceto PSDB que passou a ter 2 com a renúncia de JHC, do PSB). Sem a coligação, vamos entrar numa briga nacional pelo controle de várias legendas”, alerta.

Para o parlamentar, o maior beneficiado na regra atual – sem coligação – pode ser o presidente da Câmara Federal, Arthur Lira (PP-AL).

“Os senadores Rodrigo Cunha, Fernando Collor e Renan Calheiros precisam ficar atentos. Sem coligação, os deputados federais vão ter que formar duas ou três frentes. Para isso terão que deixar seus partidos e se filiar no PP, MDB ou PSB. E se isso acontecer, quem terá mais chances de pegar o controle dos partidos que vão perder os deputados?”, questiona.

Na avaliação do parlamentar, “pela força hoje em Brasília”, Arthur Lira sairia fortalecido: “como presidente da Câmara dos Deputados ele tem grande influência e conseguiria facilmente algumas legendas, dificultando a possibilidade de aliança com os grupos dos próprios senadores, que tem interesse direto em formar chapas majoritárias no próximo ano”, pondera.

COMENTÁRIOS
1

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. Há Lagoas

    Se nossos deputados são a favor, eu sou contra! A República das Bananas é seus vícios precisa acabar! 2022 promete muitas emoções, inclusive o “sepultamento” de muitos políticos!

Comments are closed.