JHC manda duro recado a seus secretários em reunião de mais de 5 horas
   18 de setembro de 2021   │     19:35  │  5

Foram mais de cinco horas de reunião com a presença dos secretários e principais assessores. O prefeito de Maceió, João Henrique Caldas (PSB), fez uma avaliação da gestão – desde o começo, em primeiro de janeiro, até o momento.

No encontro, JHC avisou que está nem um pouco satisfeito com o desempenho de várias pastas. E  avisou que quer mais dos secretários. Principalmente mais diálogo com a população.

“O prefeito exigiu, esse é o termo correto, exigiu que os secretários ouçam o povo. Todos eles precisam falar mais e principalmente ouvir mais a população”, aponta um influente interlocutor do prefeito.

A reunião foi realizada num momento em o prefeito passa a enfrentar aumento de cobranças por questões como a manutenção das vias públicas – aí cabem problemas como buracos, limpeza, pintura, iluminação, sinalização etc etc.

Mas o recado foi “duro” para todas as pastas, especialmente as que prestam serviços diretos ao cidadão.

O prefeito também cobrou diálogo e alinhamento interno. Ou seja, os secretários precisam trabalhar em equipe, cada um jogando na sua posição.

E quem quiser continuar ocupando cargos na prefeitura terá que entrar no ritmo. Ou é melhor pedir pra sair, antes que seja colocado para fora.

A reunião teve ainda duas novidades, que conto depois: JHC vai ter um “cobrador” oficial, um assessor para “pegar no pé” dos secretários – literalmente. Outro fato intrigante é que o encontro teve a presença de mais de 90% dos secretários. Apenas um faltou. E sem “justificativa”.

COMENTÁRIOS
5

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. Márcio Douglas Lessa

    Isso se chama Governança, manda ele ir estudar gestão, o Téo Vilela e o Renan Filho sabem o que é isso e que sem isso não se governa nada. O curso não é de rede social, é “GOVERNANÇA” prefeito. Saúde pior do que tava, educação nem se fala. Cobrador oficial é governo de cumadis fofoqueiras, aprenda a fazer gestão Maceió não merece isso.

  2. Fabiano

    Gostaria de relatar uns fatos internos que vem ocorrendo com os servidores dentro das secretárias

    Secretaria está chamada sudes os destrato do senhor chefe de gabinete Ronaldo dando uma capitão do mato assediando os servidores com processo administrativo fantasmas

    Eu mesmo sou um que sofri a pouco tempo mesmo informando que iria colocar processo administrativo contra mim

    Mais sabendo ele que Aparti de amanhã estarei fazendo o um B.O contra ele fico indignado com esses servidores comissionado pensando eles que são donos da secretarias

    Qualquer que estiverem sofrendo o mesmo abuso entre em contato comigo 996373992

  3. FlavioPC

    Ele como gestor público tem que cobrar dos seus subordinados, os servidores municipais precisam saber atender melhor os usuários, não sei em outras áreas mas a saúde deixa a desejar, principalmente quem precisa de atendimento nos postos de saúde municipal

  4. Há Lagoas

    Interessante…
    Se acessar o site oficial da prefeitura de Maceió, parece que você está no Face do próprio JH Caldas.
    Até o brasão da cidade foi substituído pela logomarca de sua gestão, uma aberração, tal qual fez Renan – o filho – no governo do Estado. Coisa típica de garotos com egos inflamados, que amam o culto a sua personalidade.
    Para políticos midiáticos, a quantidade de curtidas é a prova de sua avaliação! Pelo menos, este é o mantra de seus marqueteiros…

  5. José Sandro

    #JHC precisa urgentemente fazer mudanças no primeiro escalão da Prefeitura de Maceió. Vários secretários e superintendentes estão seguindo os passos de gestores anteriores, que recebiam salários duplamente: do município e de empresas que trabalham para a municipalidade. Em alguns órgãos, os benefícios “extras” são dez, vinte vezes o salário pago pelo município, além de outras vantagens como carro, combustível, motorista, entre outros benefícios pertinentes ao primeiro escalão. Abre o olho JHC, antes que seja tarde demais.

Comments are closed.