Secretários de Maceió vão encarar “cobrador geral” de JHC
   19 de setembro de 2021   │     19:15  │  1

O prefeito de Maceió não está satisfeito com o desempenho do primeiro escalão da prefeitura. Em longa reunião na sexta-feira (17/09), João Henrique Caldas (PSB) cobrou atuação em equipe e diálogo com o povo.

“Quem faz parte da gestão precisa saber que o principal compromisso de JHC é com o povo. É preciso que os gestores de secretarias e órgãos tenham sensibilidade e ouçam a nossa gente”, pondera um interlocutor próximo do prefeito.

Na reunião, JHC mandou um duro recado. Quer que todos melhorem o desempenho. E vai cobrar resultados.

A cobrança será feita pelo próprio prefeito, em reuniões mais amplas. Um assessor da confiança de JHC foi designado para “conversar” individualmente com cada gestor.

O encarregado da “missão” será Claydson Duarte Silva de Moura, coordenador-executivo do Gabinete do Prefeito

“Mourinha”, como é conhecido Claydson, será uma espécie de “cobrador geral”. Quem o conhece sabe que ele não terá problemas em fazer as cobranças.

Resta saber como vão reagir os secretários e dirigentes de órgãos – especialmente os que estão nomeados em cotas políticas.

COMENTÁRIOS
1

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. Mendes

    De nada adiantará conversar com secretários e superintendentes, nem tão pouco com servidores comissionados, tudo estará maravilhosamente bem. JHC, Mourinha ou seja lá quem for, só encontrará o que os atuais gestores querem, tudo arrumadinho para impressionar. A situação dos órgãos é critica. Alguns gestores fazem o que querem e só pensam em fazer obras para entrar mais dinheiro em seus bolsos. Falta até o básico para os órgãos funcionar modestamente. Na verdade, mudança alguma existe na atual administração, tudo continua com sempre foi nas últimas décadas. Primeiro eu, segundo eu, pra depois ser eu de novo. JHC precisa colocar o seu serviço de inteligência para trabalhar (se não tiver, crie, é essencial para ter o controle da situação).

Comments are closed.