Deputado pede que governador baixe ICMS dos combustíveis: “ninguém aguenta mais”
   29 de setembro de 2021   │     9:53  │  1

A Petrobras anunciou, nessa terça-feira um novo aumento nos preço dos combustíveis. O aumento do diesel foi de quase 9% (veja abaixo). E sempre que o preço sobe na refinaria, quem paga a conta no final é consumidor.

A estatal já avisou que não vai mudar a política de preços, repassando para o mercado os aumentos do preço internacional do petróleo e do dólar.

Nas redes sociais, o deputado estadual Davi Davino Filho (PP) desabafou. “Ninguém aguenta mais!”. O parlamentar mesmo sabendo que os preços refletem a política da Petrobras, fez um apelo para que o governador Renan Filho envie projeto de lei para a Assembleia Legislativa de Alagoas, reduzindo o ICMS dos combustíveis.

O imposto estadual tem peso diferentes nos combustíveis. A maior alíquota é da gasolina (29%), seguida do etanol (25%), gás de cozinha (18%) e diesel (18%).

“Aumento não dá mais! Por isso, vim solicitar ao Governo de Alagoas que mande um projeto de lei para a Assembleia Legislativa para que possamos rever estes valores e melhorar a vida dos alagoanos, principalmente daqueles que dependem de seus veículos para trabalhar e sobreviver”, disse o deputado.

Aumento

Petrobras aumenta valor do diesel em 8,89% a partir desta quarta

O valor do litro do diesel que sai da Petrobrás vai de R$ 2,81 para R$ 3,06. Ou seja 0,25 centavos mais caro por litro. Isso representa um aumento de 8,89 %, que já vale a partir desta quarta-feira (29).

Em comunicado à imprensa, a Petrobras justificou que o reajuste do preço do diesel reflete parte da elevação nos patamares internacionais de preços de petróleo e da taxa de câmbio. E que ocorre após 85 dias de estabilidade.

O repasse do aumento para as bombas, nos postos, depende  agora de outras  questões, como as margens de lucro das distribuidoras e revendedoras, misturas de biodiesel e os tributos federal e estadual. Mas Paulo Roberto de Oliveira , caminhoneiro autônomo da cidade de Patrocínio, em Minas Gerais já  está preocupado e teme  o impacto econômico nesse novo aumento.

De acordo com o último levantamento da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis o preço médio do óleo Diesel no Brasil é de R$ 4,70. Esse aumento pode fazer o valor chegar a R$ 6,19 em alguns estados.

 

COMENTÁRIOS
1

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. Edson

    Com Renan Filho como Governador e George Santoro como Secretário da Fazenda, dificilmente haverá redução na alíquota de ICMS dos combustíveis. O governador só faz o que o secretário quer e Santoro não é daqueles de perder renda, pois sabe que quanto mais tiver em caixa, mais munição terá para negociar com empreiteiras em obras.

Comments are closed.