Petrobras “manipula” informação para esconder alta de mais de 100% da gasolina
   7 de novembro de 2021   │     19:37  │  0

O brasileiro sente o peso dos combustíveis aumentar no bolso. A Petrobras finge que não tem nada a ver e segue trabalhando para manter lucros intactos.

Pior. A empresa reage a pressão da política e das ruas com uma campanha publicitária cheia de informações duvidosas.

Na propaganda (veja aqui) a Petrobras relata o “imenso” trabalho para produzir gasolina e que fica apenas com “pequena parte” do preço final.

Os números mostram outra realidade. Na cadeia de produção da gasolina a Petrobras foi a única que dobrou seus preços nos últimos 12 meses.

Tomando como base os dados da empresa, o preço da gasolina entregue em Alagoas aumentou 106,6% nos últimos 12 meses.

Em 1o de novembro de 2020, o valor da gasolina ETM (Entrega no Tanque de Destino Marítimo) no porto de Maceió era R$ 1.513,00 por m3. Em 1o de novembro de 2021, a Petrobras informou que a gasolina ETM Maceió passou para R$ 3.126,30.

Nesse mesmo período, os outros segmentos não conseguiram aumentar tanto seus preços quanto a Petrobras.

A empresa divide o custo final da gasolina, na propaganda, em cinco partes: Petrobras, etanol, impostos federais, impostos estaduais e margem (revenda e distribuição).

O etanol anidro em Alagoas (dados Cepea), por exemplo, registrou variação de 54,83%, saindo de R$ de 2,6083 para R$ 4,0385.

Revendas e distribuidores, governo federal e governo estaduais, que congelaram recentemente o ICMS da gasolina, perderam margem. Isso seria percebido facilmente não fosse a tentativa da Petrobras em “manipular” a informação.

Historicamente a empresa divulgava a composição do preço dos combustíveis através de percentual. Agora, a informação é apresentada no valor em reais.

No final de janeiro deste ano (veja aqui o exemplo publicado no blog) o preço Petrobras representava 32% da composição do valor final da gasolina.

No final de outubro de 2021, a empresa apresentou gráfico com valor de R$ 2,33 da sua participação na composição de preços da gasolina.

Feitos os cálculos com base no preço final do exemplo (R$ 6,57), é possível perceber que a empresa ampliou para 35,46% sua participação na composição. A alta foi de 3,5 pontos percentuais.

Todos perderam margem. Governos, distribuidores e revendedores.  Menos a Petrobras.

Propaganda mentirosa

Para a A Federação Única dos Petroleiros, a atual gestão da empresa se especializa em propaganda mentirosa e “omite que, individualmente, a Petrobras fica com a maior parte do preço total”.

“A gestão da Petrobrás está se especializando em propaganda mentirosa”, afirmou o coordenador-geral da Federação Única dos Petroleiros (FUP), Deyvid Bacelar. (Saiba mais aqui)

Faça sua pesquisa

Os números não mentem. Já a propaganda da Petrobras… Você pode fazer a pesquisa e tirar suas dúvidas. Deixo aqui alguns links que poderão ajudar.

Petrobras: Preços de Venda de Combustíveis

ANP: Pesquisa de preços dos combustíveis

Cepea: Indicador Mensal do Etanol