Seagri e Sesc fazem parceria para incluir PAA Leite no Mesa Brasil
   11 de novembro de 2021   │     16:52  │  0

A Secretaria de Agricultura (Seagri-AL) firmou parceria com o Sesc Alagoas, por meio do Programa Mesa Brasil, para beneficiar instituições que são assistidas pelo programa.

A finalidade é incluir beneficiários do programa no PAA Leite, do Governo de Alagoas, criado em 2002 e que beneficia mais de 80 mil famílias que vivem abaixo da linha da pobreza nos 102 municípios do estado.

A assinatura do convênio, realizada nesta quinta-feira (11/11), contou com a presença de diretores da Fecomércio-AL, governador Renan Filho, deputado federal Marx Beltrão e do secretário de Agricultura, Maykon Beltrão.

“Eu tenho andado por vários bairros de Maceió e recebo relato das pessoas que recebem esses alimentos, seja o do Mesa Brasil, PAA Leite ou PAA. E essas pessoas estão muito felizes porque com as dificuldades, com o desemprego e a inflação, essas pessoas estão tendo um pouco de dignidade com os alimentos que recebem desses programas”, registrou Marx Beltrão durante o evento.

Maykon Beltrão assina convênio com Sesc para incluir PAA Leite no Mesa Brasil

Programa

Através do convênio serão distribuídos, inicialmente, oito mil litros de leite para dois mil beneficiários que residem em Maceió e municípios circunvizinhos, inicialmente. No segundo momento, as cidades de Arapiraca e região também serão contempladas.

Os benefícios trazidos pelo Programa do Leite são muitos. Já foi constatado que o leite contribui para a diminuição da mortalidade infantil, melhora as condições da gestante na hora do parto e auxilia no desenvolvimento mental das crianças em idade escolar

O Mesa Brasil Sesc é uma Rede nacional de Bancos de Alimentos que atua contra a fome e o desperdício. São parceiros doadores atacadistas e varejistas, centrais de distribuição e abastecimento e indústrias de alimentos, produtores rurais, além de empresas de diversos ramos de atividade, que doam seus excedentes de produção, alimentos fora dos padrões de comercialização, mas em condições seguras, próprios para o consumo. O programa recebe as doações e repassa para as instituições sociais cadastradas.

Pessoas em situação de vulnerabilidade social e nutricional, assistidas por mais de 6.000 entidades cadastradas no Programa, são prioridade. São instituições de longa permanência de crianças e idosos, creches comunitárias, instituições de acolhimento a idosos, crianças, adultos, dependentes químicos, pessoas em situação de rua e outros públicos necessitados de atenção.