Renan, a “PEC do Calote” e a “triste paisagem do Enem 2021”
   15 de novembro de 2021   │     17:36  │  2

Renan Calheiros transformou suas redes sociais em uma espécie de trincheira contra o bolsonarismo. Com alcance ampliado, após sua atuação como relator da CPI da Pandemia, o senador tem criticado ações e iniciativas do governo que considera erradas.

Essa semana, disparou mais uma vez contra a PEC dos Precatórios, que rebatizou para “PEC do Calote”.

A PEC vem enfrentando resistência no Senado e é considerada essencial pelo governo para conseguir viabilizar o Auxílio Brasil. Renan considera que o programa é uma “farsa”, montado para eliminar o Bolsa Família, criado pelos governos do PT.

“Mentira grossa a história de que a PEC do Calote é para pagar auxílio emergencial. Nunca houve problema para ele ser pago com crédito extraordinário, fora do teto. É pretexto para eliminar o Bolsa Família e improvisar um programa fake que joga milhões de famílias na incerteza”, reagiu o senador.

A PEC dos Precatórios está tramitando no na CCJ do Senado. A bancada do governo tenta pautar a proposta no dia 24 de novembro para permitir o Auxílio Brasil de R$ 400 ainda este ano.

Nesta segunda-feira (15/11), Renan Calheiros também analisou, no Twitter, a crise que envolve a realização do Enem 2021. Para o senador houve “denúncias de espionagem, pressões para trocar pedagogo, interferência político-ideológica para mudar perguntas da prova” que “terá menor número de inscritos em 16 anos”.

Triste paisagem do Enem 2021, que começa domingo: crise no INEP, menor número de inscritos em 16 anos, denúncias de espionagem, pressões para trocar pedagogos, interferência político-ideológica para mudar perguntas da prova… Bolsonaro afundou a Educação na baderna e no horror.

COMENTÁRIOS
2

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. Lion

    O senador está sem visibilidade no Senado. A PEC dos precatórios será aprovada no Senado. Simples assim. Em 2022, em Alagoas vamos ter o palanque com BOLSONARO, ARTHUR LIRA, COLLOR, JHC, PREFEITO DE ARAPIRACA E MAIS UNS 50 PREFEITOS DE ALAGOAS. Parece que os sonhos políticos de Renanzinho vão ficar pelo caminho….

Comments are closed.