“Vai quebrar a cara quem pensa em tramar eleição na Barra”
   15 de novembro de 2021   │     18:55  │  4

Há uma verdadeira “tradição” na política alagoana. Os “caciques” costumam se encontrar, em confraternizações informais, nas férias de verão na Barra de São para “decidir tudo”.

Na “tradução” um tanto quanto romântica de alguns líderes políticos locais, “tudo se decide na Barra”.

Não desta vez. Pelo menos se João Caldas estiver certo. “Quem tiver pensando que vai tramar tudo na Barra, sem combinar com o eleitor, vai quebrar a cara”, alerta o ex-deputado federal.

Caldas avalia que os tempos mudaram. “Os caciques não resolvem mais sozinhos. Se resolvessem, o JHC não seria prefeito de Maceió. Ganhou sempre precisar pedir a benção a nenhum deles”, aponta.

Para João Caldas, as próximas eleições serão complemente diferentes do que se viu nos últimos anos. “O eleitor está mais consciente, mais independente. Eles podem até tomar uísque e caipirinha na Barra, mas se não combinar com o eleitor, vão quebrar a cara mais uma vez”, dispara.

Articulação

JC é pré-candidato a deputado federal pelo PSB e trabalha, “sem pressa”, na formação de uma chapa para a Câmara dos Deputados. Para ele, até 2 de abril, quando termina o prazo das filiações partidárias, Alagoas vai testemunhar “muitas traições”: “vai ter gente dormindo numa chapa e acordando na outra”, avalia.

Nessa embalo, o ex-deputado avisa que ninguém conseguirá formar chapa antes de abril do próximo ano. “Até lá vai ser muita conversa. E só”.

COMENTÁRIOS
4

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. Edson

    Daqui da Suíça acompanho a politica alagoana como aí estivesse e num governo que abriga adversários nada de bom se espera. JHC dá emprego na Prefeitura de Maceió a inimigos políticos como os ex-prefeitos Katia Born e Rui Palmeira e vários outros políticos. JHC está dando corda para ser enforcado e não me surpreende se durante a campanha politica aparecerem denúncias de improbidade na atual gestão.

  2. Observador

    O ex-deputado João Caldas fala muito do presente e do futuro e esquece o passado.
    João Caldas precisa ter cuidado com os assessores do primeiro e segundo escalão do seu filho JHC na Prefeitura de Maceió, esses sim serão os traidores, fazendo o que não deve e repassando tudo para os inimigos-políticos de JHC.
    E nem com todo dinheiro da Prefeitura de Maceió, João Caldas se elege deputado federal. Alagoas conhece João Caldas e está conhecendo JHC e seus Secretários e Superintendentes.

  3. Há Lagoas

    Caldas – pai – quem diria, não se vê como cacique em terras caetés!
    Ao defender com umas e dentes a sua cria, o ex-deputado esquece o conturbado histórico familiar…
    JH Caldas possui seus próprios méritos, não se pode negar, mas até agora, tirando o contexto social, o atual prefeito continua surfando em seu próprio marketing.
    Qual a grande obra pra chamar de sua?!
    2022 promete fortes emoções, e espero sinceramente que os velhos caciques sejam defenestrados da política, e isso inclui – é claro – o ex-deputado Caldas – o pai – e seu arquirrival Calheiros.

Comments are closed.