Na “briga” de JHC e Renan Filho, quem ganha é o servidor
   16 de dezembro de 2021   │     21:27  │  2

O prefeito da capital e o governador do Estado aumentam o tom das críticas nas redes sociais. A disputa, no entanto, tem sido saudável até agora.

Quem faz mais pela educação? Saúde? Saneamento?

A “guerra” entre os dois adversários que – ironia do destino poderão subir no mesmo palanque em 2022 – tende a se acirrar nos próximos meses.

Os servidores públicos podem e devem aproveitar o momento. Na Educação, Renan Filho e JHC anunciaram benfeitorias (do pagamento de serviços de acesso a internet a aumento de salários) e agora disputam para ver quem vai pagar mais cedo aos servidores.

A prefeitura já paga o 13o no dia do aniversário dos servidores. O estado antecipou o pagamento do 13º salário do funcionalismo público para o dia 10 de novembro, em parcela única.

Agora, a “briga” se dá em torno do pagamento dos salários de dezembro. JHC “cutucou” o governo, que estaria “sem dinheiro” para pagar os servidores este mês. Quem rebateu, mais uma vez, também pelo Twitter, foi George Santoro.

O secretário da Fazenda anunciou o pagamento para o dia 23, enquanto o prefeito promete pagar os servidores no dia 20.

A “briga”, você confere nas postagens de Twitter e Instagram (logo abaixo), vai rendendo dividendos para os servidores, principalmente para eles.

E quanto aos dois estarem juntos no mesmo palanque, em 22? É o seguinte: PT e PSB vão formar uma federação partidária. Para onde um for, o outro vai. Se o PT de Paulão fechar aliança com o grupo de Renan Filho (o que é muito provável), JHC deve subir no mesmo palanque. Mas essa é outra histórias

A “guerra” no Twitter

JHC “disparou” primeiro:

– Os “iluminados” do Governo por falta de planejamento estão correndo o risco de deixar milhares de servidores estaduais sem salário em pleno mês de dezembro.

– Teve gente dizendo que nossa gestão não pagaria a folha dos servidores do mês de julho em diante… Enquanto eles falavam, a gente trabalhava. Por falar nisso, o salário dos servidores de Maceió será antecipado para o dia 20/12.

George Santoro respondeu:

– A @SefazAL comunica que o pagamento dos servidores públicos, referente ao mês de dezembro, será realizado no próximo dia 23. Vale lembrar que em 2021, após 30 anos, o pagamento passou a ser realizado no mês trabalhado e que o décimo terceiro foi pago antecipadamente.

– Prefeito @JHC_40 até para evitar mais fakenews! Ajuda nós a divulgar! o senhor tem muitos seguidores. Desde já agradeço.

 

COMENTÁRIOS
2

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. Gomes

    Alagoanos, não se enganem, tudo isso é uma manobra politica para enganar o eleitorado alagoano e continuarem usufruindo as beneficies patrocinada pelo poder público. Estado e Prefeitura de Maceió estão sucateadas. Os servidores só estão com os salários em dia, mas falta tudo para exercerem suas atividades funcionais. O prefeito JHC é uma enganação política administrativa. Renan Filho é outro que vive de aparências e só. Visitem os órgãos públicos municipais e verá o descaso da administração JHC, no Estado não é diferente. Maceió que já foi exemplo na Iluminação Pública, hoje vive um caos com luminárias apagadas por toda Cidade e a SIMA nada faz, ou melhor, faz é recolher mensalmente o que pagamos mensalmente de Taxa de Iluminação na conta de energia, para gastar aonde é que não sei. Buracos é o que não falta por toda Maceió, promovendo prejuízos aos proprietários de veículos. Transporte urbano não funciona corretamente, as empresas fazem o que querem e a SMTT nada faz para coibir esse abuso. Assistencialismo municipal é precário, só consegue o apoio da municipalidade aqueles que tem ligações políticas com JHC e seu grupo. Falta condições básicas para os médicos e demais servidores da saúde prestarem o mínimo do mínimo a coletividade maceioense. A Defesa Civil Municipal serve hoje exclusivamente a Braskem, o povo sofrido das áreas atingidas pelos atos criminosos da Braskem estão desprovidos de qualquer ação da municipalidade. São apenas poucos exemplos do descaso dessa administração comandada por João Henrique Caldas. E Renan Filho está no mesmo patamar. Maceió e Alagoas está órfã de bons administradores.

  2. Ronaldo

    Tão fazendo a fara com o dinheiro do governo federal. Deixaram o povo morrer do corona, e agora estão esbanjando a grana pra fazer política.

Comments are closed.