Rodrigo Cunha já tem data para lançar pré-campanha ao governo
   25 de janeiro de 2022   │     23:23  │  1

O senador Rodrigo Cunha (PSDB) ainda não é oficialmente pré-candidato ao governo de Alagoas – apesar de tudo que se diz sobre ele e sua pré-campanha.

Não é oficial, mas a decisão já está tomada. O próprio Rodrigo Cunha já vem avisando a aliados e a diversos interlocutores que tomará (tornará pública) a decisão a partir de fevereiro.

“Ainda falo aqui como senador, mas em breve poderemos voltar a falar de outros projetos, para discutir um plano de governo para Alagoas”, disse o senador em reunião com líderes do cooperativismo alagoano nessa segunda-feira (24/01) em seu gabinete em Maceió.

Rodrigo segue rezando na própria cartilha, embora conte com a ajuda de políticos experientes como o ex-governador Teotônio Vilela Filho ou do prefeito de Maceió, JHC. O caminho que traça para tentar chegar ao governo não é o mesmo de outros candidatos. A busca por apoio de “caciques”, por exemplo, embora não descartada, não faz parte de suas prioridades.

Na proporcional, a tarefa de montagem das chapas fica por conta do deputado estadual Davi Maia. Na majoritária, o próprio Rodrigo Cunha cuida da articulação, ouvindo um time mais próximo, de gente de sua confiança, além de alguns profissionais da comunicação e do marketing.

Quando fevereiro chegar, tudo isso muda. O senador, que vem tendo bom desempenho nas pesquisas, passará a ser testado de outra forma. Terá o desafio de se viabilizar e de viabilizar uma ampla frente partidária até as convenções – mas antes disso passará por uma prova de fogo em abril, prazo final para filiação aos partidos de quem pretende ser candidato este ano.

 

Rodrigo Cunha com diretores da Unicafes-AL

Reunião

Rodrigo Cunha recebeu, em seu gabinete, diretores da Unicafes-AL. A Federação de Cooperativas da Agricultura Familiar apresentou ao senador algumas demandas, inclusive para a efetivação de políticas públicas voltadas ao setor.

O encontro com o senador foi pautado pela sustentabilidade das cooperativas da agricultura familiar. Na reunião também foi tratada a efetivação de políticas públicas, entre as quais a aquisição de alimentos da agricultura familiar para merenda escolar, que ainda não é cumprida em Alagoas, nem pelo governo do Estado, nem por algumas prefeituras.

“Temos conversado com instituições e autoridades públicas, a exemplo de prefeitos, secretários de Estado, deputados e senadores, defendendo o fortalecimento da agricultura familiar e o cumprimento da legislação. Em Alagoas, por exemplo, vários municípios e o governo do Estado ainda não cumprem a lei da merenda escolar”, aponta Antonino Cardoso, presidente da Unicafes-AL.

Durante o encontro, também foram tratados temas como a defesa do selo social do biodiesel e apoio para a estruturação de cooperativas. O senador se comprometeu, inclusive, em realizar uma audiência pública no Senado para tratar dessas questões.

Rodrigo assumiu compromisso, como senador, de fortalecer o cooperativismo e a agricultura familiar. Cunha falou ainda apenas como senador. E antecipou que poderá se lançar pré-candidato ao governo a partir de fevereiro.

Quando a decisão for tomada ele pretende voltar a falar não só com as cooperativas, mas com vários outros setores da sociedade.

COMENTÁRIOS
1

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. Há Lagoas

    Acredito nas boas intenções de Rodrigo Cunha, entretanto, Rui Palmeira não está morto! E ele poderá ser uma pedra no sapato do candidato, caso ele concorra ao governo! 2022 promete forte emoções!

Comments are closed.