Cai o diretório do PROS em Alagoas: grupo vai migrar para outro partido
   16 de março de 2022   │     0:06  │  0

No 08/03 o Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT) destituiu Eurípedes Júnior nesta do cargo de presidente do Partido Republicano da Ordem Social (PROS). Marcus Vinícius de Holanda foi reconhecido como novo presidente.

A decisão, como alertei, deveria ter reflexos no diretório do partido no Estado. E teve – apesar dos desmentidos.

Apenas uma semana depois, nessa terça-feira (1/03), o diretório do PROS, que era presidido por Marçal Fortes foi destituído – apesar de ser definitivo. Analistas adiantaram ao blog que isso poderia ocorrer, uma vez que a decisão do TJDF anulou todos os atos de Eurípedes, desde junho de 2021.

“Um novo diretório será nomeado em Alagoas nos próximos dias”, me disse um interlocutor de Marcus Vinícius na semana passada. Ele tinha razão.

O diretório que era presidido por Fortes agora está inativo. O PROS deve ter, em breve, novos dirigentes no Estado.

Deslocamento

Na semana passada, Fortes foi a Brasília, acompanhado de Cícero Amélio e Adeilson Bezerra, para tentar “segurar” o PROS. Na viagem, revela um interlocutor, foram contatados outros partidos. “Teremos surpresas. O grupo formado no PROS vai ser transferido para outro partido. Nosso compromisso de formar chapas de estadual e federal está mantido”, aponta o interlocutor.

Vale a pena ler de novo

Veja textos anteriores do blog e tire suas conclusões:

Justiça destitui presidente do PROS: decisão terá reflexos em Alagoas

Diretório do PROS em AL é definitivo: “não vai mudar nada”