Novo pré-candidato do “PSDB” ao governo pode mudar cenário em Alagoas
   8 de abril de 2022   │     23:37  │  1

A Federação PSDB/Cidadania lançou um pré-candidato ao governo de Alagoas apenas três dias depois da saída do senador Rodrigo Cunha (União Brasil) do PSDB.

O ex-deputado federal Régis Cavalcante, do Cidadania, assumiu a pré-candidatura ao governo no dia 5 de abril e pode mudar o cenário da disputa. Se não houver outro nome na disputa interna, ele passará a ser também pré-candidato do PSDB – oficialmente.

Além do precioso tempo de rádio e TV, a federação pode tirar da disputa a deputada estadual Jó Pereira, que se filiou ao PSDB e vem sendo apontada como provável nome para compor a chapa majoritária como vice de Rodrigo Cunha.

Não é uma equação simples. A pré-candidatura de Cavalcante foi combinada entre os dirigentes da federação, que estariam insatisfeitos com a tentativa de coligação com União Brasil e PP. A direção nacional do PSDB também demonstrou frustração com o enfraquecimento do partido no Estado.

O PSDB de Alagoas não tem mais prefeitos entre seus filiados, perdeu toda a bancada na Assembleia Legislativa e no Senado e preservou apenas um dos dois deputados federais que tinha até a semana passada.

O partido também não teria, no cenário de hoje, nomes para formar chapas proporcionais competitivas – para federal ou estadual.

O lançamento da pré-candidatura de Régis teria sido um dos motivos para o atraso na apresentação dos pré-candidatos ao governo e Senado da coligação que será formada pelo União Brasil, PP e outros partidos. A expectativa era que os nomes fossem formalmente anunciados durante coletiva esta semana em Maceió.

Com a ajuda do presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, dirigentes do UB foram a Brasília esta semana tentar construir alternativas para o “impasse”. Mas a julgar pela movimentação de Régis Cavalcante nós últimos dias, tudo indica que a federação vai manter a sua pré-candidatura. A conferir.

Regis Cavalcante, pré-candidato ao governo de Alagoas

Versão oficial

Veja texto da página do Cidadania sobre a pré-candidatura de Régis Cavalcante

Cidadania lança pré-candidatura de Régis Cavalcante ao governo de Alagoas

Posted on 5 de abril de 2022Leave a comment

Nome do secretário-geral do partido encabeçará chapa da federação com o PSDB

O Cidadania lançou nesta terça-feira (5) o ex-deputado federal e atual secretário-geral do partido, Régis Cavalcante, como pré-candidato ao Governo do Estado de Alagoas. Ele deverá disputar o posto na condição de cabeça de chapa da federação com o PSDB, uma vez que o nome até então colocado pelos tucanos – o senador Rodrigo Cunha – deixou o partido e se filiou ao União Brasil.

“Minha pré-candidatura surge para construir uma via democrática e independente no Estado de Alagoas. É um desafio que iremos apresentar à sociedade alagoana, que secularmente é chamada apenas para referendar os acordos das tocas de um estamento social que procura sufocar o avanço da democracia”, explica Régis.

O ex-parlamentar afirma que vai reunir forças no Estado para construir um “projeto popular e efetivar a verdadeira cidadania alagoana”.

“A regra é clara. A pré-candidatura dentro da Federação tem precedência sobre eventuais acordos políticos envolvendo apoio a terceiros partidos. Se os partidos federados tiverem mais de um candidato, vamos definir em plenária. Se o PSDB não tiver nome, eu serei pré-candidato ao governo”, sustenta.

Minibio

Advogado, jornalista, radialista e professor da Universidade Federal de Alagoas, José Régis Barros Cavalcante tem 68 anos, é casado e pai de uma filha. Foi vereador por Maceió e deputado federal. Na capital, foi secretário municipal de Educação e secretário da Criança e do Adolescente. Em governos estaduais, foi secretário do Trabalho, Emprego e Renda; secretário da Pesca e Aquicultura; e secretário de Ciência e Tecnologia.

 

https://cidadania23.org.br/2022/04/05/cidadania-lanca-pre-candidatura-de-regis-cavalcante-ao-governo-de-alagoas/

COMENTÁRIOS
1

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

Comments are closed.