De volta: Zé Wanderley reassume “vaga” de vice 12 anos depois
   13 de maio de 2022   │     15:42  │  0

O médico José Wanderley Neto, o “Doutor Wanderley” deve reassumir, quase doze anos depois a vaga de vice-governador, um espaço que ele deixou em função do rompimento político – e apenas político – entre Téo Vilela e Renan Calheiros.

Wanderley (MDB) foi eleito vice-governador de Teó Vilela (PSDB) em 2006. Seria o candidato natural à reeleição em 2010, especialmente pela relação de muita proximidade e confiança que manteve com o governador até o último dia do mandato. Seria.

Em função da saída do MDB do governo terminou “cedendo” a vaga para outro Zé, o Thomaz Nonô (DEM).

A volta de Wanderley ao cargo – em razão de suposto impedimento de Rafael Brito – ocorre de forma inesperada, mas não surpreende. Zé sempre foi um nome lembrado no partido para a função.

A eleição como vice de Paulo Dantas, já dada como certa no próximo domingo (15/05) na Assembleia Legislativa, não tira necessariamente o médico da disputa por uma vaga de deputado estadual.

Ele é (era) apontado como forte candidato a Assembleia Legislativa de Alagoas. Do ponto de vista legal, pode ser vice e disputar outro mandato – assim como o fez Luciano Barbosa (MDB), atual prefeito de Arapiraca.

Mas tudo indica, que os planos mudarão. O mais provável é que Wanderley também seja o vice-governador da reeleição ao lado de Paulo Dantas, em 2 de outubro. A seu favor, tem o trabalho como médico, reconhecido pelos alagoanos e o seu comportamento. Nos meios políticos, Wanderley é conhecido pela sua lealdade. E isso pesa – e muito – nesses tempos de tantas incertezas na política alagoana.