Zé Wanderley mantém candidatura de estadual, mas pode ir a reeleição de vice; entenda
   16 de maio de 2022   │     20:45  │  0

Pré-candidato a deputado estadual, o médico José Wanderley Neto foi eleito ontem vice-governador do Estado, na chapa do deputado estadual Paulo Dantas.

Um dia depois das fotos da posse, Dr Wanderley se apressou em avisar que segue o projeto inicial e mantém a pré-campanha para conquistar vaga Assembleia Legislativa de Alagoas.

É uma sinalização clara do médico que é conhecido na política pela adição. Um recado que ele não será obstáculo para a ampliação da chapa de Paulo Dantas mais à frente.

Até as convenções novas composições podem surgir. E nesse caso o grupo pode “precisar” da vaga de vice na chapa que vai concorrer à reeleição em outubro.

Foi assim em 2010. Zé Wanderley era o vice de Téo Vilela, mas não foi a reeleição. Não foi por questões alheias as vontades dos dois, que fique claro.

Mais uma vez José Wanderley Neto deixa claro que cumprirá seu papel. E ao manter sua pré-candidatura, deixa Paulo Dantas à vontade.

Ele antecipou a informação a Wadson Régis hoje pela manhã: “Uma satisfação colaborar com o Paulo Dantas nesse processo. Acredito na capacidade dele, de dar continuidade aos avanços do governo de Renan Filho, mas mantenho o projeto de disputar uma das vagas de deputado estadual, como forma de manter minha militância na luta pelo fortalecimento da política pública de saúde no estado”, explicou Wanderley ao jornalista.

Conversei com o vice-governador depois disso. Ele não está abrindo mão de disputar a reeleição de vice-governador, mas também não quer ser um problema na hora de possíveis composições. E avisa que essa questão “tem que ser tratada no momento apropriado que é a convenção”. Ou seja, até lá, o vice segue como pré-candidato a deputado estadual, somando com Paulo Dantas no que for necessário.

Só não poderá ocupar a cadeira de governador antes de 2 de outubro, senão ficará inelegível para disputar qualquer outro cargo – exceto o de vice.