Deputado denuncia prefeito por ameaças a vereador
   20 de maio de 2022   │     22:20  │  1

Ameaças, em alguns casos à vida, ainda fazem parte da política de Alagoas “em pleno” século 21. Casos de “truculência” são mais comuns nas menores cidades, embora ainda existam registros de “coronéis” atuando em grandes colégios eleitorais do Estado.

Esta semana,  o deputado estadual Davi Maia (União Brasil) denunciou o que seria a ação “truculenta” do prefeito de Igaci, município do agreste alagoano. Petrúcio Barbosa, já foi alvo de outras denúncias na Assembleia Legislativa. Desta vez, ganhou repercussão as ameaças que teria feito contra o vereador Neno Toledo.

De acordo com Davi Maia, Neno Toledo e a esposa tiveram a honra atacada de forma “irresponsável e truculenta” pelo gestor municipal no último Dia das Mães.

“Estou aqui para que todos no Estado de Alagoas saibam que se algo acontecer ao vereador Neno Toledo ou a qualquer um da sua família, a responsabilidade é do prefeito Petrúcio”, acusou Maia, avisando ao prefeito que existem leis e que as mesmas devem ser cumpridas, citando como exemplo a do portal da transparência. Segundo o deputado, no último Dia das Mães, em comício realizado na cidade, Petrúcio Barbosa teria sido desrespeitoso com a esposa do vereador, que é enfermeira.

Em aparte, o deputado Cabo Bebeto (PL) se uniu ao colega de plenário em apoio ao vereador Neno Toledo, acrescentando que Neno Toledo representa a nova política, a política que Igaci merece. “Essas ações baixas não vão lhe atingir. Essa turma não tem coragem de fazer nada, a não ser ofender”, completou o parlamentar.

Saiba mais: Davi Maia repudia ação truculenta de prefeito de Igaci contra vereador Neno Toledo

COMENTÁRIOS
1

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. Tony

    Alguns políticos se acham “coronéis do tempo do império”. Não sabem que o país mudou e hoje está mais difícil esconder os erros cometidos, principalmente contra a fazenda pública. Até mesmo crimes de difícil solução, são hoje esclarecidos com maior facilidade pelas forças de segurança pública. Igaci não é terra sem lei, e quem pensar que é, está muito enganado.

Comments are closed.