Davi Davino Filho vai disputar Senado, “sem medo de perder mandato”
   20 de junho de 2022   │     21:56  │  1

Se olhasse apenas as pesquisas, o deputado estadual Davi Davino Filho certamente iria disputar a reeleição para a Assembleia Legislativa de Alagoas ou outro cargo, que não o de senador.

Depois de uma participação positiva nas eleições de 2020 em Maceió, ele encara disputa acreditando que pode ganhar a única vaga de senador que estará na disputa deste ano.

No sábado, o deputado participou de encontro com evangélicos e repetiu o que já disse em outros momentos: não tem medo de ficar sem o mandato.

“Eu não estou na política para ter um mandato, eu estou para trabalhar, para transformar vidas, para impedir este projeto de poder que só prejudica a nossa Alagoas”, disse o deputado.

Davi Davino Filho deve enfrenta na disputa pelo menos dois ex-governadores: Renan Filho e Ronaldo Lessa. Outros nomes ainda podem surgir até as convenções. Mas essa é outra história.

Davi Davino Filho fala durante encontro com evangélicos

Versão oficial

Veja texto da assessoria

“Eu não estou na política para ter um mandato, eu estou para trabalhar, para transformar vidas”

O pré-candidato a senador e deputa estadual, Davi Davino Filho (PP), foi chamado para participar na manhã deste sábado (18) de um encontro com a Ordem dos Pastores Evangélicos de Alagoas (Opeal), onde tomou um café da manhã com os religiosos e depois apresentou o seu nome como a melhor opção para representar Alagoas no Senado Federal.

“Fui criado no seio cristão, minha mãe é evangélica, minha esposa também, e eu tive a oportunidade de frequentar a igreja desde novo. Graças a Deus eu tive um excelente aprendizado através da Bíblia, dos ensinamentos que fazem uma diferença muito grande na vida de todos nós”, disse Davi Davino Filho a mais de 50 pastores que participaram do evento.

Na conversa com os pastores, Davi Davino Filho disse que este é o momento de conversar sobre política, sobre quem Alagoas deseja que represente o estado e as pessoas em Brasília. “O que a gente vai querer pro nosso estado? A gente quer que continue como está, só na propaganda enganosa, hospitais com estrutura física e sem gente para atender a população? Tudo funcionando, tudo lindo, só que na televisão. Na realidade da nossa gente, não é assim”.

“Se você sofrer um acidente na porta do Hospital Metropolitano, você tem que ser encaminhado para o HGE (Hospital Geral do Estado), para depois ser encaminhado novamente para outra unidade de saúde”, contou Davi Davino Filho, falando especificamente sobre a tragédia acontecida esta semana no Benedito Bentes, durante um show promovido pelo Governo do Estado.

“Eu não estou na política para ter um mandato, eu estou para trabalhar, para transformar vidas, para impedir este projeto de poder que só prejudica a nossa Alagoas”.

O encontro com os pastores da Opeal, que é presidida pelo reverendo Jorge Sutareli, também contou com a presença do senador e pré-candidato a governador de Alagoas, Rodrigo Cunha (União Brasil) e do pré-candidato a deputado estadual Dr. JAC (PSB).

COMENTÁRIOS
1

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

Comments are closed.