“Embolado” com Rodrigo Cunha, Rui Palmeira segue com chances na disputa,
   5 de julho de 2022   │     21:53  │  0

A mais recente pesquisa de opinião do Instituto DantaSensus, divulgada nessa segunda-feira (04/07) aponta para um cenário ainda indefinido na disputa pelas duas vagas no segundo turno, apesar do favoritismo do governador Paulo Dantas (MDB), a ser confirmado ou não por novos resultados de sondagens de outros institutos que serão divulgados nesta quarta-feira (06/04).

O DataSensus trouxe resultados que apontam para a polarização entre Paulo Dantas e Fernando Collor (PTB), que apareceu em segundo lugar, apenas 15 dias depois de anunciar sua pré-candidatura ao governo.

O ex-prefeito de Maceió, Rui Palmeira (PSD), apesar de aparecer em quarto lugar, atrás de Rodrigo Cunha (União Brasil) segue ainda com chances na disputa.

Dependendo do cenário, ele aparece “embolado” com Rodrigo Cunha na disputa pela segunda posição.

O instituto testou três cenários diferentes na estinulada. Um com todos os candidatos, em que Paulo Dantas tem 26,6% das intenções de votos, seguido de Fernando Collor com com 18,8%, Rodrigo Cunha com 17,8% e Rui Palmeira com 11,9%.

Neste cenário Mônica Carvalho (SDD) tem 1,3%, Cicero Albuquerque (PSOL) 1,2%, Régis Cavalcante (Cidadania) 0,9%, Branco e nulo 6,9% e não sabe não opinião 14,6%.

Nos outros dois cenários, foram apresentados os nomes de três candidatos. Em um deles Rui Palmeira (22%) é testado ao lado de Rodrigo Cunha (25%) e Paulo Dantas (33%).

No outro, Fernando Collor (24%) é testado contra Rodrigo Cunha (26%) e Paulo Dantas (32%).

Estes resultados aponta para a tendência de queda de Rodrigo Cunha, que apesar de manter a segunda posição aparece empatado dentro da margem de erro com o terceiro colocado.

Para se consolidar, Rui Palmeira terá que aparentemente mudar a estratégia. A sua permanência na disputa passa, pelo que apontam as pesquisas, por uma disputa direta de espaço com Rodrigo Cunha. Os dois têm eleitorados parecidos, e dificilmente conseguirão crescer entre eleitores mais fieis de Lula e Bolsonaro – que tendem a migrar para Paulo Dantas e Fernando Collor.

Rui Palmeira deve trabalhar para se consolidar como nome da terceira via. E tem a seu favor, até o momento, o fato de que vem fazendo uma campanha com poucos apoios, quase solitária, enquanto Rodrigo Cunha tem o apoio dos grupos de JHC e de Arthur Lira.

A chance de Rui Palmeira passa necessariamente pela “desidratação” de Rodrigo Cunha. Ele terá os próximos 30 dias, até o final das convenções para se manter bem nas pesquisas e tentar uma reviravolta. Possível? Sim. Mas não será tarefa fácil, até porque o senador da União Brasil também vai jogar todas as suas fichas para tentar manter a posição, em busca de uma vaga no segundo turno. Mas essa é outra história.

A pesquisa

O Instituto DantaSensus realizou pesquisa com 5.026 entrevistas em 99 municípios de Alagoas. Forma ouvidos eleitores com 16 anos ou.

O nível de confiança estimado é de 95% e a margem de erro é de 1,4 pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrados no total

A pesquisa registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o nº AL-00847/2022 Pesquisa registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o nº BR-06810/2022.

Veja as tabelas: