Um “alívio” para Rodrigo e Arthur Lira: PSDB confirma Jó de vice
   30 de julho de 2022   │     17:57  │  0

O desfecho foi o mais previsível. O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP) trabalhou para manter o PSDB no barco de Rodrigo Cunha (PSDB). E conseguiu. Ao fim e ao cabo, os tucanos, após um longo silêncio, indicaram a deputada estadual Jó Pereira como candidata a vice-governadora.

A foto de Teo Vilela ao lado de Jó, Pedro Vilela e Rodrigo Cunha é emblemática. O ex-governador e presidente de honra do PSDB local estaria insatisfeito com a saída de Rodrigo Cunha para o UB, na “no apagar das luzes”, inviabilizando o partido.

A costura para manter a aliança entre UB e PSDB – e de quebra Cidadania – foi nacional e local. Para o deputado federal Pedro Vilela, presidente do partido, sobrou uma chapa em que ele terá condição de disputar como “puxador” de votos. Não se sabe, no entanto, se o grupo (veja abaixo) será capaz de conquistar uma das nove vagas.

A “foto” me foi enviada por vários atores importantes da política alagoana ligados a Arthur Lira/Rodrigo Cunha. É um sinal de alívio, especialmente depois da perda mais do que confirmada do PDT, que estava no bloco e foi para o grupo de Paulo Dantas

Mas há ainda pela frente outro “mistério” a ser revelado: para onde vai o PL? O partido, que estaria no controle político de Lira, começou com Cunha, mas anote, tende a ficar com Collor. Mas essa é outra história.

 

Federação PSDB/Cidadania apresenta em convenção chapa à Câmara Federal

Também foi aprovada coligação com UB e PP para candidaturas majoritárias

Em convenção realizada neste sábado, 30, a Federação PSDB Cidadania de Alagoas apresentou dez nomes para a disputa a deputado federal, e aprovou coligação com o União Brasil ao governo do estado e com o Progressistas ao Senado.

O presidente da federação, deputado Pedro Vilela (PSDB), informou que PSDB e Cidadania, “unidos também nacionalmente, têm projetos, trabalho, resultados e compromisso para uma Alagoas mais justa, inclusiva e desenvolvida”.

“Estamos todos irmanados em contribuir para a política do bom debate, em apresentar ideias e projetos concretos para a realidade alagoana, e em assumirmos compromisso com a nossa população para trazermos políticas públicas dignas e resolutivas ao nosso estado”, afirmou Pedro Vilela a um público de tucanos novos e históricos, de dirigentes do Cidadania e de pré-candidatos, militantes e simpatizantes das duas legendas.

A deputada Jó Pereira (PSDB), indicada pela federação como vice-governadora na chapa do União Brasil, disse que o seu partido e o Cidadania têm em comum o interesse público, “o bem-estar coletivo”, e elogiou a participação das mulheres das duas legendas na chapa à Câmara Federal. “De dez nomes, quatro são mulheres e essa representatividade significa o compromisso dos nossos partidos com a política de inclusão”, destacou.

O presidente estadual do União Brasil, senador Rodrigo Cunha e pré-candidato ao governo do estado, ex-deputado Régis Cavalcante, ex-governador Teotonio Vilela Filho, Juca Carvalho, Álvaro Machado, entre outras autoridades, filiados à federação e políticos alagoanos prestigiaram o evento.

Foram aprovados os nomes de Ana Hora, Maria Tavares, Mônica Peixoto, Pedro Vilela, Hemerson Casado, Pastor Glauco, Renné Costa, pelo PSDB, e Edson Magalhães, Régis Cavalcante e Isabella Gouveia, pelo Cidadania, para a chapa que disputará a Câmara dos Deputados. Em um processo democrático, os pré-candidatos já escolheram os números para registro das candidaturas e campanha.

A foto com Téo Vilela, enviada por vários interlocutores do grupo de Rodrigo Cunha

Pedro Vilela será o “puxador” de votos da chapa de federal da Federação PSDB/Cidanaia

Fonte: Assessoria