Além do PL, coligação de Rodrigo Cunha “perde” outros partidos
   6 de agosto de 2022   │     18:09  │  0

A coligação “Alagoas Merece Mais”, que tem como candidato a governador o senador Rodrigo Cunha (União Brasil) perdeu o Partido Liberal, o PL, que confirmou coligação com o candidato a governador do PTB, senador Fernando Collor.

Dos partidos que estavam listados na coligação liderada pelo UB, a baixa do PL foi a de maior impacto. O PL, partido de Jair Bolsonaro, estava sob coordenação do presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP).

Além do tempo de TV, a “perda” do PL gerou dúvidas sobre a manutenção de outros apoios a candidatura de Cunha.

Mas não ficou só aí. Outra baixa foi o PDT, do vice-prefeito de Maceió, Ronaldo Lessa, agora candidato a vice-governador na chapa de Paulo Dantas.

Até a convenção do UB, o PDT era listado na coligação, tanto que a legenda é citada na ata do UB.

Além do PDT, outros dois partidos listados na ata da convenção do UB terminaram confirmando coligação com o MDB, de Paulo Dantas – o Solidariedade e o Podemos.

Lembrando que alguns desses apoios, de um lado ou de outro, ainda serão objeto de decisão judicial. O Solidariedade, por exemplo, registrou três atas diferentes, realizadas em diferentes momentos. Qual delas a Justiça eleitoral vai acatar?

Confirmados até agora na coligação, além do União, que indica o candidato a governador, estão o Partido Progressistas, do candidato a senador Davi Davino Filho e da Federação PSDB/Cidadania, da candidata a vice-governadora, Jó Pereira.

Agora é esperar o fechamento de atas de todos os partidos que realizaram convenções nessa sexta-feira (05/08), para ver como ficou, de fato, cada coligação.

Veja aqui a ata, na íntegraata30072022UNIÃO546 (1)