Paulo Dantas e Collor teriam, hoje, 50% dos votos; Rui e Rodrigo, 20%
   8 de agosto de 2022   │     20:47  │  2

O cenário é de segundo turno na disputa pelo governo de Alagoas. E se as eleições fossem hoje, dois candidatos já teriam suas vagas asseguradas para a segunda fase do pleito: Paulo Dantas (MDB) e Fernando Collor (PTB).

Confirmando levantamento de outros institutos, o resultado da primeira sondagem de opinião divulgada pela Fundação Universitária de Desenvolvimento de Extensão e Pesquisa (Fundepes) confirma a polarização entre os dois candidatos.

O levantamento também confirma a tendência de queda dos candidatos do União Brasil, senador Rodrigo Cunha, e do PSD, Rui Palmeira, nas intenções de votos.

Enquanto Paulo Dantas e Collor tem hoje, somados, cerca de 50% das intenções dos votos dos alagoanos, enquanto Rodrigo Cunha e Rui Palmeira teriam, juntos 20%.

Veja a pesquisa

Divulgada pelo CadaMinuto, a pesquisa Fundepes realizou uma pesquisa com 1.311 alagoanos sobre as eleições para o Governo do Estado e o Senado. A pesquisa está registrada no TSE sob o protocolo AL-03852/2022 e tem margem de erro estimada de 3 pontos percentuais para mais ou para menos, com um intervalo de confiança de 97%.

Num cenário estimulado, Paulo Dantas (MDB) aparece na liderança com 29,9% dos entrevistados. Em seguida, vêm Fernando Collor (PTB), com 20,3%, Rodrigo Cunha (UB) com 13,5% e Rui Palmeira (PSD) com 7,2%. Dos entrevistados, 4,7% disseram que não iriam votar, 7,5% votariam em branco ou nulo e 16,9% não souberam responder.

Em eventual segundo turno entre Paulo Dantas e Fernando Collor, 40,2% dos entrevistados votariam em Dantas, enquanto outros 26,08% votariam em Collor, enquanto 9,49% não iriam votar, 10,38% votariam em branco ou nulo e 13,86% não souberam ou preferiram não responder.

Se a disputa for entre Paulo Dantas e Rodrigo Cunha, o atual governador teria 44,51% e o senador do UB teria 22,05%. Nesse cenário, 3,48% não iriam votar, 12,90% votariam branco ou nulo e 17,06% não souberam responder.

Entre Paulo e Rui, 45,29% votariam em Dantas, enquanto Palmeira apareceu com 18,03% das intenções de voto. 7,45% não iriam votar, 9,43% votariam em branco ou nulo e 19,81% não souberam responder.

No cenário entre Collor e Cunha, a diferença percentual entre os dois candidatos é menor. Collor aparece com 36,04% e Rodrigo com 30,03% das respostas. 6,76% disseram que não iriam votar, 12,63% votariam em branco ou nulo e 14,54% não souberam responder.

Ao Cada Minuto, o presidente da Fundepes, Ricardo Wanderley, avaliou que “a pesquisa traz a consolidação de Paulo Dantas na disputa ao Governo, mas que o ex-Presidente Collor também se apresenta “muito robusto” na disputa”.7

Ricardo acredita que a pesquisa sugere a polarização: “É importante a previsão de pelo menos mais duas pesquisas antes do primeiro turno para gerar a série histórica”.

Senado

A Fundepes também perguntou em os alagoanos votariam para o Senado Federal. Na frente, aparece Renan Filho (MDB), com 56,25% das intenções de voto, seguido por Davi Davino Filho (Progressistas), com 18,5%, e Mário Agra, com 1,91%. 9,76% disseram que não iriam votar, 2,53% votariam em branco ou nulo e 11,06% não souberam responder.

Reprodução

Reprodução

COMENTÁRIOS
2

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

  1. Breno Holanda

    Vergonha a UFAL está se prestando a isso. Pesquisa fraudulenta. Todos sabem que esse Ricardo Wanderley é desonesto.

  2. Interiorano

    Infelizmente, parece que os alagoanos vão deixar os Calheiros ficarem comandando a política alagoana por mais tempo! 2 Calheiros no Senado, Paulo Dantas no Governo! E se Lula ganhar, aí, os Calheiros vão deitar e rolar! É por isso, que as coisas não mudam e infelizmente, mutia gente contribui para que isso ocorra! Acordem Alagoanos!

Comments are closed.