Chapa de deputado federal do UB em Alagoas pode sofrer novas baixas
   17 de agosto de 2022   │     23:06  │  0

A saída de Marcius Beltrão praticamente “implodiu” a chapa de deputado federal do União Brasil. Mas o desmonte não começou com ele. E pode não parar por aí. Durante toda essa quarta-feira (17/08) circularam informações de que Rodrigo Valença e Alfredo Gaspar de Mendonça, apontados no momento como mais fortes candidatos da chapa de federal do UB poderiam migrar para a chapa de estadual. Nada confirmado até o momento, mas as especulações seguem em alta.

“O primeiro e maior impacto na chapa do UB foi a desistência de João Caldas”, aponta um influente interlocutor.

Outros nomes seguiram deixando a chapa, todos com grande potencial de voto, entre eles Paulinho do PT (de União dos Palmares), Michel Freire e na sequência Marcius.

Inicialmente o UB faria dois federais “diretos”. Agora, na configuração atual, faria no máximo um, provavelmente disputando as sobras.

Diante do novo cenário, Arthur Lira teria tentando convencer Marcius a “desistir de desistir”. Não conseguiu. A ele, o ex-prefeito de Penedo teria dito que deu a palavra a Paulo Dantas (MDB) e que assumirá a coordenação da campanha de reeleição do atual governador. Mas essa é outra história