Paulo cresce e deve disputar segundo turno com Rodrigo ou Collor, aponta Paraná Pesquisas
   29 de setembro de 2022   │     20:40  │  1

O governador Paulo Dantas (MDB), candidato à reeleição, deve ir ao segundo turno com 33,5% dos votos dos alagoanos. É o que aponta a mais recente sondagem eleitoral do Paraná Pesquisas, divulgada na noite desta quinta-feira (29/09) na TV Pajuçara.

Apesar do crescimento de 3,5 pontos percentuais em relação ao levantamento anterior, divulgado há duas semanas, Paulo Dantas não conseguiu citações suficientes para vencer no primeiro turno.

De acordo com o resultado e levando em conta a margem de erro de 2,6 pontos percentuais para mais ou para menos, a segunda vaga segue indefinida. Os candidatos Rodrigo Cunha (União Brasil) e Fernando Collor (PTB) estão tecnicamente empatados, com 21,6% e 17,3%, respectivamente.

O candidato Rui Palmeira (PSD), apesar da ofensiva dos últimos dias, manteve a quarta posição, com 10,3% das intenções de votos.

Veja a pesquisa

A TV Pajuçara e o Paraná Pesquisas divulgaram o sexto e último levantamento na série de intenções de voto em Alagoas para o Governo do estado, Senado Federal e presidência da República. O cenário é da pesquisa estimulada, quando são apresentados os nomes dos candidatos ao entrevistado.

O instituto entrevistou 1.510 eleitores em 32 municípios entre os dias 24 e 28 de setembro. O nível de confiança é de 95%, com margem estimada de erro de 2,6 pontos percentuais. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o n º BR 08430 2022.

Veja os resultados:

Governador

Nesta reta final, o último levantamento Paraná Pesquisas para as eleições estaduais em 2022 em Alagoas, registra forte crescimento de Paulo Dantas, que aumentou de 30% na pesquisa divulgada em 16 de setembro para 33,6% no levantamento divulgado hoje.

Rodrigo Cunha conseguiu crescer de 0,8 pontos, de 20,8% para 21,6%, mas continua empatado tecnicamente empatado com Fernando Collor (PTB), que teve 17,3% das citações. Rui Palmeira (PSD) se manteve na quarta colocação, com 10,3% das intenções de voto.

Cícero Albuquerque (PSOL) aparece com 1,3%, Luciano Almeida (PRTB), com 0,6% e Bombeiro Luciano Fontes (PMB), com 0,5%.

Dos entrevistados, 7,8% não votaria em nenhum dos nomes citados ou votaria branco ou nulo. Não sabem ou não responderam, 7%.

Senador

Renan Filho (MDB) segue na liderança com 49,1% das intenções de voto, uma sensível queda em relação à pesquisa anterior, quando aparecia com 50,3%. O levantamento do Paraná Pesquisas, encomendado também detectou crescimento do segundo colocado, Davi Davino Filho (Progressistas), que na pesquisa anterior tinha 24% e agora subiu para 27,4%.

Coronel do Valle (PROS), que tinha 4,2% na pesquisa passada, aparece agora com 3% das intenções de voto. Mário Agra (PSOL), aparece com 1,2%, e por último, Bombeiro Suzana (PMB), com 1,1%. Votos brancos e nulos somam 9,8%; não sabem ou não responderam, 8,3%.

Presidente

Luiz Inácio Lula da Silva (PT) manteve a liderança com 49,3% das intenções de voto. Jair Bolsonaro (PL), candidato à reeleição, vem em seguida com 32,8%. Ciro Gomes (PDT) caiu para com 3,9% das intenções de voto. Na pesquisa anterior, Lula aparecia com 45%, Bolsonaro com 34,7% e Ciro com 5,6%.

Os demais candidatos tiveram pouca movimentação na preferência do eleitorado alagoano. Simone Tebet (MDB), aparece com 3,7%. Soraya Thronicke, do União, (0,7%) e Felipe D´Ávila (Novo), 0,2%. Os candidatos Constituinte Eymael (DC), Léo Péricles (UP), Padre Kelmon (PTB), Sofia Manzano (PCB) e Vera (PSTU), tiveram 0,1% cada um.

Às vésperas da votação, no cenário pesquisado, 4,4% dos eleitores alagoanos ouvidos pelo Paraná Pesquisas não sabem em quem vão votar ou não responderam. Outros 4,6% votariam nulo ou em branco.

Reprodução da TV Pajuçara

COMENTÁRIOS
1

A área de comentários visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que que firam a ética e a moral não serão liberados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do blogueiro.

Comments are closed.