Category Archives: Geral

Rodrigo Cunha teria tentado “tirar” PSD de Rui Palmeira
   17 de março de 2022   │     18:00  │  1

A informação circula nos bastidores da política alagoana. Em meio a “dança das cadeiras” – tradicional movimento de trocas partidárias – o senador e pré-candidato do PSDB ao governo de Alagoas, senador Rodrigo Cunha, teria tentando um movimento para enfraquecer um dos seus principais adversários.

“Antes de declarar irreversível a candidatura ao Governo de Alagoas, Rodrigo Cunha procurou o Rodrigo Pacheco (presidente do Senado) tentando se filiar ao PSD. Isso, claro, para impedir a candidatura do Rui Palmeira”, revela um influente interlocutor com atuação em Brasília.

“Instado sobre a hipótese, (Gilberto) Kassab achou ridícula a pretensão a quinze dias do prazo de filiação partidária.”, resume o interlocutor.

Em Alagoas outro interlocutor com atuação no PSD estadual confirma que o presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab, teria comunicado o fato a Rui Palmeira. “Kassab relatou que foi procurado por Pacheco a pedido de Rodrigo Cunha, que queria o controle do partido no Estado”, resume..

“Mal informado”

A Assessoria do senador Rodrigo Cunha afirma que o senador nunca esteve com Gilberto Kassab, nunca pediu legenda ao PSD, mas ressalta que o senador e pré-candidato ao governo de Alagoas “tem um ótimo relacionamento institucional com Rodrigo Pacheco, que é presidente do Senado, mas em nenhum momento o senador pediu legenda ao PSD ou mesmo para interferir no processo local, em favor ou desfavor de qualquer candidato”.

A assessoria do senador, no entanto, admite que “há 15 dias Rodrigo Pacheco convidou Rodrigo Cunha para um café da manhã em sua residência, que teria presença do Gilberto Kassab. Rodrigo Cunha preferiu não ir e em nenhum momento pediu nada ao Kassab. Isso não existe, não procede”, aponta a assessoria em nota, acrescentando que “essa história circulou aparentemente de fonte que não merece confiança. A informação não procede e quem repassou ou está equivocado ou mal intencionado”

PEC do governo dá aumento de até R$ 10 mil a servidores do Executivo
   16 de março de 2022   │     7:38  │  2

Nem só os servidores que ganham menos terão aumento este ano em Alagoas. A aprovação da Proposta de Emenda à Constituição nº 91/2022, de autoria do Poder Executivo, pode dar ganhos de até R$ 10 mil para alguns servidores, um aumento real que passaria dos 40%.

A PEC, enviada ao Legislativo no ano passado, cria teto remuneratório único para os ocupantes de cargos, funções e empregos públicos da administração direta, autárquica e fundacional.

Atualmente, o teto salarial é dos salários de deputado estadual no Legislativo, de governador no Executivo e de desembargador no Judiciário.

O subsídio do governador do Estado em Alagoas é de cerca de R$ 25 mil. Quando o salário nominal de um servidor do Executivo ultrapassa esse valor, sofre um corte pelo teto redutor. Existem casos de servidores com salários de mais de R$ 40 mil em Alagoas que sofrem redução de até R$ 13 mil, em função do teto – é só conferir no portal da transparência: acesse aqui http://transparencia.al.gov.br/).

A PEC que pode ser votada na Assembleia Legislativa de Alagoas nesta quarta-feira (16/03) unifica o teto no maior salário pago no Estado, que é o de desembargador do TJ, atualmente em R$ 35,4 mil.

Com o novo teto, o redutor deixará de ser aplicado e alguns servidores poderão receber verdadeiros ‘supersalários’. Quem ganha “apenas” R$ 25 mil, poderá passar a ganhar R$ 35 mil com o novo teto.

Reajuste

Todos os servidores de Alagoas terão direito a um reajuste de 10,06% este ano, exceto militares, policiais civis e pessoal do Detran que terão direito a 15%. Nesses setores estão muitos dos servidores que poderão ganhar acima do governador em Alagoas, especialmente delegados de polícia. Outra categoria que poderá ser beneficiada é a de auditores fiscais. Procuradores de Estado já recebem, por força de lei, salários vinculados ao TJ.

Atualmente, mais de 300 servidores ganham mais do que o governador em Alagoas. O número deve aumentar a partir deste mês, uma vez que o salário do chefe do Executivo é alterado a partir de lei específica, de iniciativa do Poder Legislativo.

Veja aqui a PEC 91

Saiba mais: Aprovados pareceres de projetos que beneficiam servidores; Presidente convoca sessão extraordinária para analisar PEC

 

PCCS: Paulo Dantas avisa quando projetos serão aprovados na ALE; confira
   14 de março de 2022   │     21:28  │  1

Líder da maioria na Assembleia Legislativa de Alagoas e apontado como favorito numa eventual eleição de governador tampão, o deputado estadual Paulo Dantas (MDB) conseguiu aprovar os pareceres de 20 projetos de lei e uma PEC. De uma tacada só. Literalmente.

Depois de muita polêmica, foi aprovado em reunião realizada nesta segunda-feira (14/03) parecer conjunto para as mensagens do Executivo que reestruturam os Planos de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS) de servidores de nível superior, médio e elementar da chamada “carreira comum”, da Saúde e do Magistério, além de outras categorias.

“Foi uma reunião extensa, com muito debate, como deve ser em matérias tão importantes, mas conseguimos, já nesta segunda-feira, aprovar os pareceres de todas as mensagens em três comissões”, aponta Paulo Dantas, que é o relator designado para o parecer conjunto.

Os projetos que reestruturam o PCCS receberam parecer pela aprovação e estão prontos para ir a plenário.

“Vamos trabalhar para aprovar todas as mensagens ainda esta semana. O esforço é para votar todas as matérias até a próxima quinta-feira. Em seguida, serão encaminhadas ao Executivo para sanção do governador. Com isso, vamos garantir que os servidores recebam os salários de março já com o aumento a que tem direito”, adianta Paulo Dantas.

Para que os servidores possam ter direito aos novos benefícios ainda este ano, as matérias precisam ser sancionadas até o dia 2 de abril próximo – em função da legislação eleitoral.

Em reunião conjunta, deputados aprovam parecer de projetos que reestruturam PCCS dos servidores do Estado

Versão oficial

Veja texto da Comunicação/ALE

Aprovado parecer conjunto aos projetos que reestruturam carreiras e reajustam salários de servidores públicos

Em reunião conjunta realizada nesta segunda-feira, 14, as comissões de Constituição e Justiça, de Orçamento e Finanças e de Administração aprovaram, com emendas, os pareceres do deputado Paulo Dantas (MDB), relativo aos 20 projetos de lei, de iniciativa governamental, que tratam da reestruturação das carreiras e revisão salarial dos servidores públicos do Estado de Alagoas, e de uma emenda substitutiva à Proposta de Emenda à Constituição (PEC) nº 91/2022, também de autoria do Poder Executivo, que institui o teto remuneratório único para os ocupantes de cargos, funções e empregos públicos da administração direta, autárquica e fundacional. Para que os servidores possam usufruir dos benefícios ainda este ano, as matérias precisam ser sancionadas até o dia 2 de abril próximo.

O líder da Maioria, deputado Paulo Dantas, agradeceu a missão de relatar este pacote de matérias com o objetivo de valorizar os servidores de diversas categorias. “É um grande avanço e uma vitória marcante dos servidores públicos. Quero agradecer aos deputados por acatarem todos os nossos pareceres e entenderem a importância destes funcionários para o Estado de Alagoas”, destacou Paulo Dantas, lembrando que o pacote contempla 16 mil servidores e que Alagoas tem uma gestão fiscal responsável e com capacidade de honrar o compromisso assumido com a sociedade. “Nada está sendo feito sem um estudo técnico amplo e qualificado. Isso é a garantia de que todos os servidores irão continuar recebendo seus salários em dia”, completou.

De acordo com o presidente da reunião, deputado Galba Novaes (MDB), a escolha de um relator único para as matérias deu celeridade à apreciação dos projetos, uma vez que os textos se assemelham.

Leia aqui, na íntegra:  Aprovado parecer conjunto aos projetos que reestruturam carreiras e reajustam salários de servidores públicos

 

Depois das máscaras, JHC e RF podem “anunciar” saída ao “mesmo tempo”
     │     19:25  │  0

No mesmo dia, com diferença de minutos. Renan Filho anunciou que liberará o uso de máscaras em Alagoas a partir de amanhã. JHC foi ao Twitter e tornou o uso facultativo em Maceió a partir desta segunda-feira (14/03).

A rivalidade entre o prefeito da capital e o governador de Alagoas tende a crescer nas eleições deste ano.

Existem vários cenários possíveis. Um deles, o “natural”, seria a permanência dos dois nos cargos, apoiando candidatos diferentes ao governo. Renan Filho com Paulo Dantas e JHC com Rodrigo Cunha.

Outra possibilidade, a mais provável, seria a desincompatibilização de Renan Filho para disputar o Senado. Nesse caso, JHC poderia apoiar um nome para polarizar com o governador.

Outro cenário possível? Os dois disputando as eleições deste ano. JHC seria candidato a governador e montaria um palanque, com apoio suficiente para derrotar o grupo de Renan Filho.

Até o momento, nenhum dos dois definiu, de fato, o que farão. Sim, JHC já disse “pretende ficar até o final do mandato”, mas também tem dito a várias pessoas que esperar por uma “inspiração divina”, para tomar uma decisão em definitivo.

E nos últimos dias “J” fez várias consultas a possíveis aliados para uma eventual disputa ao governo este ano. Em resumo, o prefeito tem perguntado a importantes lideranças o que acham de uma candidatura sua ao Palácio dos Palmares. Da maioria tem recebido incentivos para entrar na disputa.

Segundo informações de bastidores, existiria até um acordo em construção com o vice-prefeito de Maceió, Ronaldo Lessa.

Agora é esperar para ver quem anuncia primeiro a decisão. Se não houver mudanças de cenários, tudo aponta para a renúncia de Renan Filho e a permanência de JHC. Mas quando se trata de uma rivalidade tão grande, com uma grande vontade de enfrentamento direto, nas urnas, tudo pode acontecer. Até 2 de abril, tudo pode acontecer. Agora é esperar conferir.

Pindorama bate “1 mi” e vai fechar moagem com recorde de produção
     │     14:19  │  1

Pela segunda safra seguida a usina da Cooperativa Pindorama consegue superar a marca de 1 milhão de toneladas de cana.

Na safra 2020/2021, a unidade conseguiu atingir a marca pela primeira vez. Nesse domingo (13/03), a usina atingiu o volume de 1 milhão de toneladas de cana na safra 202/2022. A expectativa é que a indústria quebre o recorde da safra anterior (1,035 milhão de toneladas), adianta o gerente agrícola da Pindorama, Danilo Wanderley: “nossa moagem está prevista para terminar entre o próximo domingo ou na próxima segunda-feira. Esperamos chegar a uma moagem de 1,045 milhão de toneladas”, aponta.

Com produtividade média de 61 toneladas por hectare (na safra anterior foi 60 toneladas) e uma área colhida maior (11,9 mil hectares ante 11,4 mil hectares do ciclo anterior), o aumento da moagem não foi maior porque a Pindorama deve beneficiar volume menor de cana da Coruripe. Deve ficar entre 90 mil e 100 mil toneladas, ante mais de 130 mil na safra 20/21.

Segundo o presidente da Pindorama, Klécio Santos, o planejamento é ampliar o volume de produção para as próximas safras, a partir de investimentos na ampliação da área plantada e principalmente na produtividade do canavial.

“Para nossa cooperativa, para nossos cooperados, atingir a marca de 1 milhão de toneladas de cana pelo segundo ano seguido é uma grande conquista. Isso é resultado da nossa união, do trabalho conjunto. E é assim que vamos continuar crescimento. Vamos trabalhar para atingir produções ainda maiores nas próximas safras”, aponta Klécio Santos.

O presidente da Pindorama também avalia que deve terminar a safra com recorde de produção. “Devemos passar também da moagem do ano passado. A moagem, apesar de alguns imprevistos, tem sido excelente. A gente passa da moagem histórica de um milhão pela segunda vez. Isso é muito importante porque motiva ainda mais os colaboradores, deixa todos nós felizes. É um sonho antigo que a gente tinha como objetivo, esta a questão de um milhão. A cada momento que passa esse milhão mostra que a gente avançando”, afirma.

 

Klecio Santos, presidente da Cooperativa Pindorama