Category Archives: Política

Rui Palmeira será candidato a governador em 2022
   19 de outubro de 2019   │     14:57  │  2

O prefeito de Maceió está no jogo. E com um protagonismo maior do que muitos imaginam. Tem amplas chances de eleger seu sucessor em Maceió e mexe cada peça do tabuleiro do ‘xadrez’ de olho no seu futuro político.

Rui Palmeira poderia ter sido candidato a governador em 2018. Era o nome da oposição. Não foi, dizem seus interlocutores, por conselho do pai.

Experiente, com faro político como poucos, Guilherme Palmeira teria aconselhado o filho a concluir primeiro o mandato de prefeito.

Agora a história é outra. Há um mês foi o próprio Guilherme quem “lançou” – o registro foi feito pelo blog e pode ser conferido no link no final deste texto – o filho ao governo.

E o que diz Rui Palmeira? “Eu serei candidato a governador de Alagoas em 2022”.

A declaração do prefeito foi dada ao jornalista Ricardo Mota. O prefeito disse ainda que acredita que tem plenas condições de eleger um aliado para sua sucessão – mesmo não tendo definido ainda um nome.

O que muda?

Com Rui Palmeira assumindo que é candidato ao governo, as articulações em torno das eleições de 2020 em Maceió devem ser aceleradas.

Alguns ‘jogadores’ importantes serão forçados a redefinir, desde já, suas estratégias.

Alfredo Gaspar não terá, como sonhavam alguns dos seus interlocutores, a menor chance de vir a ser candidato de Rui e Renan Filho ao mesmo tempo. Se for candidato, terá que escolher um lado desde já.

O presidente do PSDB em Alagoas, senador Rodrigo Cunha, que também estaria de olho no Palácio dos Palmares, precisará decidir se fica com Rui ou se fica com João Henrique Caldas. Ou quem sabe, como tem gente espalhando pelos blogs locais, ele conseguiria unir os dois – hoje elevados a condição de ‘água e óleo’ na política.

Improvável, uma aliança de Rui e JHC certamente iria contra os interesses de vários outros grupos, incluindo aliados e opositores do prefeito. Mas essa é outra história.

Vale a pena ler de novo:

Guilherme Palmeira ‘lança’ Rui candidato ao governo de AL

 

Renan Filho reage a Bolsonaro: “um vergonhoso exercício de grosserias”
     │     12:15  │  2

A ‘provocação’ veio mais uma vez pelas redes sociais. O presidente Jair Bolsonaro chamou o governador de Pernambuco, Paulo Câmara de “espertalhão” em Twitter postado nessa sexta-feira, 18.

“A desonestidade ainda persiste na política. O espertalhão da vez agora é o Governador de Pernambuco, do PSB”, escreveu o presidente.

No centro da crise a paternidade do 13o do Bolsa Família. O governo de Pernambuco criou um programa que assegura a parcela extra aos beneficiários do programa. Bolsonaro publicou vídeo de uma pessoa fazendo críticas á Paulo Câmara, em frente a uma placa com a propaganda sobre a iniciativa.

Também pelo Twitter, Paulo Câmara reagiu: “Fui surpreendido com um ataque direto do Presidente da República, que, de maneira desinformada, falta com o respeito ao governador e ao estado de Pernambuco…”.

Em resumo, Câmara mostra que o pagamento do 13o do Bolsa Família em Pernambuco foi autorizado em abril, antes do anúncio feito pelo governo federal, e arrematou: “A campanha eleitoral terminou. Em qualquer tempo, não faz sentido dedicar energia apenas para fabricar intrigas. É hora de governar. Fomentar falsas polêmicas só gera mais atraso”.

Na noite dessa sexta-feira, o governador de Alagoas saiu em defesa de Paulo câmara. Pelo Twitter , Renan Filho disse expressou solidariedade “ao colega Paulo Câmara, de Pernambuco, vítima de um descabido e desrespeitoso ataque proferido, hoje, pelo presidente Jair Bolsonaro”.

Na sequência, considerou profundamente lamentável “que a missão confiada ao atual presidente seja transformada em um vergonhoso exercício de grosserias e, neste caso, também na propagação de falsidades. A verdade dos fatos, apresentada na resposta do governador de Pernambuco, prevaleceu”.

O governador de Alagoas disse que não poderia abrir mão de registrar a nota de repúdio: “O Brasil precisa de seriedade, solidariedade, espírito público e entendimento. O país precisa de reunião de esforços para superar enormes desafios”, afirmou.

Saiba mais

Bolsonaro ataca governador de Pernambuco por 13º do Bolsa Família

Sai nova pesquisa para vereador em Maceió: conheça os favoritos
   17 de outubro de 2019   │     16:30  │  2

O Ibrape acaba de realizar uma nova pesquisa com eleitores da capital. O levantamento, como já adiantei aqui, foi encomendado por um grupo de vereadores e aponta mudanças na ‘corrida eleitoral’ para a Câmara Municipal de Maceió .

Dentro do esperado, nomes mais conhecidos despontam como favoritos entre os eleitores da capital numa eventual disputa de vereador.

O Ibrape montou dois cenários. Os eleitores responderam em quem votariam para vereador e forma espontânea. Na questão estimulada, quando os nomes de prováveis candidatos são apresentados ao eleitor, os atuais vereadores tiveram expressivas intenções de voto.

Se a eleição fosse hoje, o vereador Davi Davino (PP), seria o mais votado como 8,7% das intenções de votos entre os entrevistados. O vereador Chico Filho (PP) ficaria em segundo, com 5,5% dos votos. Na sequência, os mais citados foram Galba Novais (MDB), com 5%, Kelmann Vieira (PSDB) 4,8%, Fátima Santiago (PP) 4,3%, Eduardo Canuto (PSDB) 4,1% e Lobão (PR) 4%.

Mantido esse cenário, PP e PSDB tendem a formar as chapas mais competitivas para as próximas eleições em Maceió.

A Pesquisa

LOCAL: Maceió – AL PERÍODO: 11 e 14 de Outubro de 2019. UNIVERSO PESQUISADO: Eleitores com 16 anos ou mais AMOSTRA: 5.000 Entrevistas MARGEM DE ERRO / INTERVALO DE CONFIANÇA: METODOLOGIA O intervalo de confiança estimado é de 95% e a margem de erro máxima é de 3,0 pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrados no total da amostra.

Saiba mais:  Nova pesquisa Ibrape aponta favoritos na eleição de prefeito em Maceió
Vale a pena ler de novo

Veja aqui o resultado da pesquisa de maio de 2019 sobre a intenção de votos para vereador na capital: Pesquisa aponta favoritos para vereador em Maceió

 

Os altos e baixos na aprovação de Renan Filho, Rui Palmeira e Bolsonaro em Maceió
     │     14:55  │  1

Uma nova pesquisa com eleitores da capital foi divulgada aqui, nessa quarta-feira, em primeira mãpo. O levantamento foi encomendado por um grupo de vereadores de Maceió e aponta se as eleições fossem hoje, o deputado federal João Henrique Caldas (PSB) e o deputado estadual Davi Davino Filho (PP) iriam para o segundo turno.

O levantamento foi realizado entre os dias 11 e 14 de outubro com 5 mil eleitores e aponta tendências para as eleições do próximo ano e também testou a popularidade do prefeito de Maceió, do governador de Alagoas e do presidente da República na capital alagoana.

Neste levantamento, o Ibrape montou dois cenários para avaliar a gestão e perguntou se os eleitores aprovam ou desaprovam a maneira de governar e qual a avaliação.

Vamos aos resultados. De acordo com o Ibrape, o governo de Jair Bolsonaro Filho, até o momento, está ótimo na opinião de 5% dos entrevistados, bom (24%), regular (17%), ruim (26%), péssimo (26%).

Ainda segundo o Ibrape, o governo de Renan Filho, até o momento, está ótimo na opinião de 7% dos entrevistados, bom (49%), regular (21%), ruim (12%), péssimo (10%).

A gestão de Rui Palmeira em Maceió, até o momento, está ótimo na opinião de 4% dos entrevistados, bom (38%), regular (18%), ruim (2q%), péssimo (18%).

Aprova ou desaprova

O Ibrape também quis saber se o eleitor aprova ou desaprova a maneira como os gestores vem administrando o Brasil, Alagoas e Maceió.

Dos entrevistados, 35% disseram que aprovam e 62% desaprovam a gestão de Jair Bolsonaro, 70% aprovam e 28% desaprovam a maneira de governador de Renan Filho, 51% aprovam, enquanto 47% desaprovam o jeito de governar de Rui Palmeira.

Fiz um comparativo das últimas três pesquisas do Ibrape divulgadas aqui no blog. Um detalhe interessante é que Jair Bolsonaro mantém a tendência de queda, Rui Palmeira dá sinais de recuperação (foi o único que melhorou desempenho na pesquisa de outubro), enquanto o governador Renan Filho sofreu, segundo o Ibrape, a primeira queda na aprovação de seu governo na capital.

A Pesquisa

LOCAL: Maceió – AL PERÍODO: 11 e 14 de Outubro de 2019. UNIVERSO PESQUISADO: Eleitores com 16 anos ou mais AMOSTRA: 5.000 Entrevistas MARGEM DE ERRO / INTERVALO DE CONFIANÇA: METODOLOGIA O intervalo de confiança estimado é de 95% e a margem de erro máxima é de 3,0 pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrados no total da amostra.

Saiba mais:  Nova pesquisa Ibrape aponta favoritos na eleição de prefeito em Maceió

 

Nova pesquisa Ibrape aponta favoritos na eleição de prefeito em Maceió
   16 de outubro de 2019   │     16:29  │  6

O Ibrape acaba de realizar uma nova pesquisa com eleitores da capital. O levantamento foi encomendado por um grupo de vereadores de Maceió e aponta mudanças na ‘corrida eleitoral’. Se as eleições fossem hoje, o deputado federal João Henrique Caldas (PSB) e o deputado estadual Davi Davino Filho (PP) iriam para o segundo turno.

Coincidência ou não, os dois parlamentares são os mais jovens entre os prováveis candidatos que aparecem na pesquisa Ibrape.

O levantamento foi realizado entre os dias 11 e 14 de outubro com 5 mil eleitores e aponta tendências para as eleições do próximo ano.

A ‘surpresa’ é o desempenho de Alfredo Gaspar de Mendonça (Sem Partido), que aparece na segunda pesquisa seguida na quarta posição, atrás dos dois deputados e do ex-governador Ronaldo Lessa (PDT)

O Ibrape testou vários cenários tanto para vereador quanto para prefeito. No voto espontâneo (Se as eleições para prefeito fossem hoje, em quem o (a) Sr. (a) votaria?), a surpresa é o bom desempenho do atual prefeito, Rui Palmeira (PSDB), que mesmo não podendo mais ser candidato ficou em segundo lugar com 6,7% das citações.

O ex-prefeito Cícero Almeida também foi citado por 1,5% dos eleitores. Ele próprio já avisou, no entanto, que é pré-candidato a vereador, na busca para fazer o “caminho de volta”, por onde tudo começou.

No voto estimulado (em que são apresentados os nomes dos prováveis candidatos), foram testados vários cenários. Na simulação 1, JHC lidera com 27%, seguido de Davi Filho com 15%, Lessa com 13% e Gaspar com 12%. No segundo pelotão, quem lidera é a deputada federal Tereza Nelma (PSDB), seguida dos deputados Cabo Bebeto (PSL) com 3% e Dudu Ronalsa (PSDB) com 3%. os vereador Kelman Vieira (PSDB) aparece com 2%, o secretário de governo Eduardo Canuto (PSDB) 1% e para vice-prefeito Marcelo Palmeira (PP) também tem 1%. Indecisos 7%. Brancos e nulos, 13%.

Num cenário mais “enxuto”, a simulação 2, ficou assim: JHC 29 %, Davi Filho 16 %, Lessa, 14 %, Gaspar 12 %, Bebeto 4 %, Kelmann 3 %, Indecisos 8 %, Brancos e nulos, 14%.

Depois volto com mais resultados.

A Pesquisa

LOCAL: Maceió – AL PERÍODO: 11 e 14 de Outubro de 2019. UNIVERSO PESQUISADO: Eleitores com 16 anos ou mais AMOSTRA: 5.000 Entrevistas MARGEM DE ERRO / INTERVALO DE CONFIANÇA: METODOLOGIA O intervalo de confiança estimado é de 95% e a margem de erro máxima é de 3,0 pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrados no total da amostra.