Category Archives: Política

MDB Nacional tira qualquer chance de Luciano Barbosa ser candidato em Arapiraca
   19 de setembro de 2020   │     19:15  │  0

O imbróglio emedebista em Arapiraca não tem solução fácil. A direção nacional invalidou a convenção realizada pela legenda no município, no dia 15.

Para complicar, a convenção convocada pela Executiva Estadual, no dia 16, teve duas atas. Uma registrada pela municipal, outra pela estadual – esta última sem candidatos.

Só o fato de realizar convenções paralelas e registrar três atas seria suficiente para provocar grande dúvida jurídica no MDB Arapiraca, com tendência de inviabilizar a candidatura de Luciano Barbosa à prefeitura. Por tabela, a chapa dos candidatos a vereador também não seria registrada.

Outro fato tira, do ponto de vista partidário, qualquer possibilidade de Luciano Barbosa ser candidato a prefeito pelo MDB.

O diretório nacional do partido anulou a reunião do dia 15 e validou a convenção do dia 16, realizada pela estadual – justo a que gerou ata sem candidatos.

Em casos similares – realização de mais uma convenção do mesmo partido, com mesmo objetivo, no município – a Justiça Eleitoral reconhece como legítimo o direito da Executiva Nacional de intervir. Em última análise, a palavra final será do presidente do MDB, Baleia Rossi. E ele decidiu cancelar o registro de candidaturas no município.

Veja trecho da decisão de Baleia Rossi: “No caso específico, há o relato de que o MDB de Arapiraca não só descumpriu as diretrizes político-partidárias estabelecidas pelo MDB Estadual, como também realizou Convenção ao arrepio da determinação estabelecida, servindo em benefício pessoal de um de seus filiados. A Convenção Municipal, inclusive, foi realizada sem a participação do Presidente do Diretório Municipal. Por isso, objetivamente, impõe-se a atuação urgente do Diretório Nacional, na pessoa de seu Presidente, para evitar maiores danos ao MDB, como autorizado pelo art. 35, V e VII do Estatuto do MDB.”

Rossi continua: “Assim, ad referendum da Comissão Executiva Nacional, não só ratifico as diretrizes político-partidárias estabelecidas pelo MDB de Alagoas, como confirmo a anulação da Convenção Municipal realizada pelo MDB de Arapiraca. Dê-se ciência urgente dessa decisão ao MDB Alagoas e, se for o caso, à Justiça Eleitoral. Comunique-se também o MDB de Arapiraca, por qualquer meio (telefone, e-mail, aplicativo de mensagens), para que, em 2 (dois) dias, caso queira, apresente razões para o descumprimento do que restou estabelecido pelo MDB Estadual. Brasília, 15 de SETEMBRO de 2020.”

Veja aqui a decisão do MDB Nacional, na íntegra: decisão PRESIDÊNCIA eleições municipais MDB ALAGOAS-2

“Fizemos de tudo”

O deputado federal Isnaldo Bulhões (MDB_AL), representou a Executiva Nacional na convenção do MDB Arapiraca no dia 16. O que ele diz?  “Fizemos tudo para que o partido escolhesse os candidatos dentro da orientação da Comissão Estadual e da Nacional, que era o nome do deputado estadual Ricardo Nezinho como candidato a prefeito e do Daniel Barbosa como vice. Apesar os apelos, da tentativa de entendimento, os convencionais preferiram realizar uma convenção paralela contrariando a orientação das instâncias superiores do partido e ferindo seus estatutos”, aponta.

Sangrando

Enquanto MDB administra seu imbróglio, com Luciano Barbosa “sangrando”, os demais candidatos já se preparam para colocar o time na rua em Arapiraca. A prefeita Fabiana Pessoa (Republicanos), deve ter como principal adversário o deputado estadual Tarcizo Freire, ganha força e deve se fortalecer. Tem a seu favor além da estrutura da prefeitura, várias ações que serão lançadas no município nos próximos dias, especialmente na área de infraestrutura.

Quem ganha no segundo turno em Maceió? Veja pesquisa
   18 de setembro de 2020   │     22:19  │  12

O Instituto Data Sensu divulgou na segunda-feira (14) a primeira pesquisa eleitoral em Maceió, após a definição do novo cenário político que foi confirmado nas convenções partidárias. O levantamento realizado no dia 12 de setembro aponta para disputa acirrada entre quatro candidatos e joga a escolha do futuro prefeito da capital para o segundo turno.

Antes, um importante esclarecimento. Apenas três dos quatro primeiros colocados aparecem na simulação: JHC (PSB), Alfredo Gaspar (MDB) e Davi Filho (PP).

A pesquisa seria realizada sem o nome de Cícero Almeida (DC). “Decidimos colocar o nome dele depois que o partido confirmou a candidatura. Como o questionário já tinha sido encaminhado ao TSE, o nome não entrou na simulação de segundo turno”, explica Eugênio Albuquerque, diretor do instituto de pesquisa.

Lembrando para quem ainda não viu a pesquisa (acesse aqui para rever), foram traçados cenários espontâneo e estimulado.

Cenário espontâneo :

Alfredo Gaspar (MDB) – 7,7%
JHC (PSB) – 5,2%
Davi Davino Filho (PP) – 1,2%
Rui Palmeira (sem partido) – 1,2%
Outros – 3,0%
Branco/Nulo – 9,4%
Não sabe – Não opinou – 72,3%.

Cenário estimulado:

JHC (PSB) – 23%
Alfredo Gaspar (MDB) – 20%
Cícero Almeida – 15%
Davi Davino (PP) – 10%
Ricardo Barbosa (PT) – 2%
Lenilda Luna (UP) – 1%
Outros* – 1%
Branco/Nulo – 11%
Não sabe – Não opinou – 17%.
(*Josan Leite, Cícero Filho, Corintho Campelo, Ricardinho Santa Ritta)

Segundo turno

No confronto direto, simulando um eventual segundo turno, o Data Sensus, testou três cenários possíveis.

Em todos, o deputado federal JHC, do PSB, venceria, se as eleições fossem hoje.

Cenário 2:

JHC (PSB) – 42%
Alfredo Gaspar (MDB) – 28%
Branco/Nulo – 14%
Não sabe – Não opinou – 14%.

Cenário 3:

Alfredo Gaspar (MDB) – 34%}
Davi Filho (PP) – 30%
Branco/Nulo – 17%
Não sabe – Não opinou – 19%.

Cenário 4:

JHC (PSB) – 44%
Davi Filho (PP) – 24%
Branco/Nulo – 15%
Não sabe – Não opinou – 17%.

Retrato do momento

Pesquisa, é sempre bom lembrar, reflete o momento atual. Falta muito até a eleição. Os candidatos só agora estão começando, de fato, a campanha. Uma definição mais clara será possível depois do início do guia eleitoral. E nesse quesito, Davi e Gaspar estão melhores que JHC. Eles devem ficar, respectivamente, com 3min10segundos, 2m30s e 1m40s. Pesa, claro, o bom uso das redes sociais e o corpo a corpo.

É esperar para ver se JHC mantém o favoritismo ou se a força e habilidade dos outros candidatos vai conseguir reverter essa vantagem.

A pesquisa

O Instituto Data Sensus entrevistou 1.205 pessoas em Maceió, no dia 12 de setembro. A pesquisa está registrada na Justiça Eleitoral, sob o número AL00093/2020.

O intervalo de confiança é de 95%. A margem de erro é de 2,83% – para mais ou para menos – sobre os resultados encontrados no total da amostra.

Foram ouvidos eleitores de 16 anos ou mais, com estratificação por idade e sexo do eleitorado da capital de Alagoas, equivalente a 592.388 pessoas. A amostra foi feita pelo método PPT -Probabilidade Proporcional ao Tamanho (Para mais detalhes, verificar imagens abaixo)

Arapiraca

Volto ainda com mais detalhes da pesquisa Data Sensus. A demora é reflexo do imbróglio emedebista no agreste que ganhou considerável espaço não só neste blog, mas em toda a mídia alagoana.

 

Em São Miguel dos Campos, Fernando Pereira aposta nos “trilhos do desenvolvimento”
     │     19:32  │  2

Empresário, produtor rural, Fernando Pereira entrou com disposição na disputa pelo comando de uma das mais importantes cidades de Alagoas. Ele teve o nome confirmado como candidato a prefeito do município na convenção do PP e leva para o seu palanque o reforço de importantes lideranças políticas do Estado, a exemplo dos senadores Fernando Collor (PROS), Rodrigo Cunha (PSDB) e do ex-senador Biu de Lira (PP).

O deputado federal Arthur Lira (PP-AL) e a deputada estadual Jó Pereira (MDB) também marcham com Fernando em São Miguel dos Campos.

Mesmo tendo sido secretário de Estado nos dois governos de Renan Filho (MDB), o governador não deve declarar apoio ao candidato do PP, porque o MDB tem candidato na cidade. É o ex-prefeito George Clemente. A disputa será dura. Além de Clemente, Fernando também vai concorrer contra o atual prefeito de São Miguel dos Campos, Pedoca Jatobá (DEM), candidato a reeleição.

A campanha no município, o maior da região onde os Pereira começaram a fazer política, já é considerada um “clássico”. Chegar lá não foi fácil. Fernando já foi prefeito de Junqueiro e seus irmãos também administraram ou administram outras cidades na região. Joãozinho Pereira, em Teotônio Vilela e Pauline em Campo Alegre.

O trabalho da ‘equipe’ na região é a principal credencial para Fernando no município. A proposta é “colocar São Miguel de volta aos trilhos do desenvolvimento”.

Para o candidato, vencer o ‘bairrismo’ de uma cidade considerada tradicional não será o maior problema: “os miguelenses estão desacreditados por conta de promessas políticas não cumpridas. E quem é da região, quem é de São Miguel, sabe como trabalhamos e que vamos chegar para mudar a cidade para melhor, para fazer uma gestão focada na eficiência, no atendimento daqueles que mais precisam e voltada para o crescimento econômico”, aponta Pereira.

Irmão do candidato, o empresário Joãozinho Pereira, reforça o compromisso. “Com Fernando à frente da prefeitura, vamos transformar São Miguel dos Campos”, diz, acrescentado que “para fazer São Miguel dos Campos voltar a crescer e reassumir o papel de cidade polo, vamos trabalhar na atração de empresas para geração de emprego e renda, vamos tirar do papel o tão sonhado polo industrial e investir na saúde e na educação, da infância à faculdade, com a abertura de creches e escolas de tempo integral e apoiando o ensino médio e os estudantes do ensino superior”, aponta.

Fernando Pereira, é confirmado em convenção como candidato a prefeito em São Miguel dos Campos

MDB AL inicia dissolução do diretório em Arapiraca: “sem candidatos”
     │     8:49  │  3

Em nota divulgada na noite de quarta-feira (16), o diretório estadual do MDB informou que (veja aqui), pela primeira vez na história a legenda não terá candidatos em Arapiraca.

Na mesma nota, a Executiva antecipou seria encaminhada “a dissolução do atual Diretório Municipal de Arapiraca, conforme autoriza a lei, para restabelecer a credibilidade e integridade do partido no município.”

Nessa quinta-feira (17), um dia depois do desfecho “inesperado”, o MDB Alagoas instaurou “procedimento de dissolução do Diretório Municipal do MDB em Arapiraca”, que terá direito a defesa. A sessão de julgamento será realizada no próximo dia 25.

O ainda presidente do diretório do MDB Arapiraca, José Macedo, foi informado formalmente do início do processo e terá direito a defesa.

Tudo pode acontecer

A mini série virou um ‘novelão’. Luciano Barbosa e o MDB de Arapiraca vão ‘sangrar’ juntos, com a dúvida jurídica, alimentada pela incerteza de ser ou não ser candidato. Tem roteiro para arrastar o ‘drama’ até o dia das eleições.

A confusão é inédita – pelo menos por aqui. Foram três convenções e três atas em dois dias. Duas do diretório municipal do MDB Arapiraca e uma convocada pela Executiva Estadual. Qual dos documentos a Justiça Eleitoral vai acatar?

Fato consumado?

O advogado Fábio Gomes, que representa o vice-governador Luciano Barbosa , escolhido como candidato a prefeito na primeira convenção – a do dia 15 – diz que a ata da primeira convenção já foi registrada. “O registro dos candidatos já está feito”, pondera.

Existem precedentes parecidos com o corrido em Alagoas em outros Estados. Em casos similares, o que vale é a posição da direção nacional do partido.

E nesse quesito, é bom lembrar que o deputado federal Isnaldo Bulhões, foi designado pelo presidente nacional do MDB, Baleia Rossi, para acompanhar a convenção do dia 16 (convocada pela Estadual) e concordou com o envio a ata oficial ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AL), sem candidaturas para registro.

“Por ausência de votos dos convencionais, o MDB não terá chapa majoritária e proporcional para disputar as eleições em Arapiraca”, disse o deputado.

A convenção do dia 16, segundo o represente da Executiva Estadual, terminou sem votos na urna. “Os convencionais fizeram sua própria reunião, no final da convenção, e não aceitaram a pauta encaminhada pela direção estadual e nacional”, disse José Wanderley, acrescentando que a ata, foi encaminha para Justiça Eleitoral comunicando que o MDB não terá candidatos na eleição municipal de Arapiraca.

Depois de ‘quase desistir’, padre Eraldo ‘vai à luta’ em Delmiro Gouveia
     │     1:10  │  0

Em 2016, Eraldo Cordeiro (PSD), o Padre Eraldo, era tido como maior liderança política popular do sertão alagoano. Venceu as eleições para prefeito no maior município da região, Delmiro Gouveia, prometendo uma gestão “próxima do povo”. Passados 3 anos e 8 meses de gestão, a popularidade já não é a mesma.

Em terceiro nas pesquisas, com alto índice de rejeição, os rumores eram de que Padre Eraldo desistiria de disputar a reeleição. De fato, ele chegou a a alguns assessores mais próximos que não pretendia mais ser candidato.

A desistência de Eraldo beneficiaria diretamente seus principais adversários. Leia-se Ziane Costa, candidata do MDB e filha do ex-prefeito Lula Cabeleira e Renato Torres (PSB). Beneficiaria…

Eraldo desistiu de desistir. Ele teria sido convencido pelo deputado federal Marx Beltrão (PSD) a disputar a reeleição.

Marx Beltrão diz quem convenceu Eraldo a ser candidato à reeleição. E aposta em sua vitória. “Se o povo for justo com a cidade ele será reeleito”, aponta o deputado federal.

Com a candidatura de Eraldo, o cenário, em Delmiro Gouveia, fica indefinido, mesmo com pesquisas apontando liderança de Ziane. É que a candidata do MDB também tem forte rejeição.

Na cidade sertaneja, foram lançados vários candidatos a prefeito, mas tudo aponta para que a eleição polarize, na reta final, entre dois nomes. No momento, três nomes têm chance de entrar na zona de polarização: Ziane, Renato e Eraldo.

É provável que um dos nomes seja o de Ziane, pela força do seu grupo político e pela habilidade do seu vice, o ex-presidente da Câmara de Vereadores do município, Valdo Sandes. Se outro nome for o de Eraldo, que terá a “caneta na mão”, a eleição tende a ser uma das mais disputadas da história do. Se o segundo nome for o de Renato, o quadro é mais complexo. Eraldo, pela força do cargo, tende a ter uma boa fatia dos fotos, o que pode favorecer ainda mais quem já é favorito.

Disputa

Além de Ziane, Renato e Eraldo, estão na disputa pela prefeitura de Delmiro Gouveia o atual vice-prefeito, Gabriel Varjão (PTB), além de Sávio da Galeria (PSDB).