Category Archives: Sem categoria

Indicação de vice pode gerar crise na chapa de Alfredo Gaspar de Mendonça
   4 de agosto de 2020   │     18:45  │  3

Nos preparativos das eleições de Maceió, o momento é de escolha dos vices. Dos 13 pré-candidatos postos até agora na disputa, apenas um parece ter definido o nome de seu companheiro de chapa. Alfredo Gaspar de Mendonça (MDB), se o roteiro for cumprido, terá ao seu lado o presidente do Podemos em Alagoas, Tácio Melo .

O deputado federal JHC (PSB) vai receber a indicação do nome de uma mulher do PSDB, que será feita pela deputada federal Tereza Nelma e – salvo ‘intervenção’ de Rodrigo Cunha – terá que acatar ou abrir mão da aliança com os tucanos.

Outros dois pré-candidatos que despontam com chances de vitória tem vida mais fácil nesse quesito. Davi Davino Filho (PP) e Ronaldo Lessa (PDT) tem liberdade para escolherem o nome que quiserem de seus ou de outros partidos. Os demais candidatos, ao menos os que passarem das convenções, deverão ter correligionários como companheiros de chapa.

Único nome definido até agora, Tácio Melo pode levar uma dor de cabeça inesperada para a chapa de Alfredo Gaspar de Mendonça.

Uma dor de cabeça que o pré-candidato do MDB está disposto a enfrentar – e quanto antes se resolver melhor para o grupo segundo um interlocutor. Se depender de Gaspar, Melo será mesmo seu companheiro de chapa.

Fritura?

Indicado por Rui Palmeira, ele não terá vida fácil para se consolidar como vice do candidato do MDB. Desde que a escolha foi tornada pública pelo atual prefeito da capital, a ‘vidraça’ do presidente estadual do Podemos parece ter se tornado mais atrativa.

Críticas feitas no passado por Tácio ao senador Renan Calheiros e ao governador Renan Filho (ambos do MDB), devem pesar na avaliação do nome.

Nos últimos dias passaram a circular vídeos em que Tácio ataca os Renans em vários grupos de wattsapp.

Não é só. O indicado de Rui também enfrentaria resistências no grupo de Rui Palmeira.

Um exemplo é o posicionamento de Abraão Moura. A filha dele, a deputada estadual Cibele Moura (PSDB), declarou apoio a Davi Filho, um dos principais adversários de Gaspar.

E nesta terça-feira, a situação de Tácio se complicou. O deputado estadual Galba Novais, presidente do MDB em Maceió – que vai comandar a formalização da pré-candidatura de Alfredo Gaspar de Mendonça – fez duras críticas a gestão de Rui Palmeira, durante sessão na Assembleia Legislativa de Alagoas,

O ‘fogo amigo’ é um claro sinal de que pode vir crise por aí na chapa de Gaspar. Mas essa é outra história.

PSDB deixa JHC sem opção para negociar vaga de vice em Maceió
   31 de julho de 2020   │     22:50  │  6

O pré-candidato do PSB à prefeitura de Maceió, o deputado federal JHC, pode perder um importante trunfo na reta fica das articulações políticas para ampliar a aliança de sua futura coligação.

Atualmente, JHC conta com o PSB e o PSDB. A vaga de vice era apontada como uma possibilidade para atrair outras legendas para o grupo. Nomes do DEM e do PSD, entre outros, chegaram a ser citados em diferentes conversas.

Eleita presidenta do PSDB de Maceió em convenção virtual – e portanto em diretório definitivo para (não provisório) – a deputada federal Tereza Nelma mandou nota para os filiados aos PSDB na capital estipulando regras para a participação do partido nas eleições da capital.

Numa das mais importantes, Tereza avisa que o partido vai indicar uma mulher para compor a chapa majoritária.

“O PSDB, levando em consideração a necessidade de fortalecimento da participação das mulheres na política, indicará uma candidata para compor na chapa majoritária”.

Em outras palavras, a vice de JHC será mulher e tucana. Agora só falta escolher o nome.

Veja a nota:

NOTA AOS FILIADOS DO PSDB DE MACEIÓ

A Comissão Executiva Municipal do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), reunida nesta quinta-feira, visando o fortalecimento de políticas públicas para resolver os graves problemas econômicos, políticos, sociais e culturais, tomou as seguintes decisões para participar das próximas eleições municipais:

1. O PSDB se empenhará para realizar coligações com partidos políticos de posições complementares à social democracia, com compromissos transparentes de defesa da democracia e da liberdade;

2. O PSDB de Maceió deverá participar da composição da chapa majoritária, sempre visando o fortalecimento de uma composição de superação de problemas da capital, de Alagoas e do país;

3. O PSDB, levando em consideração a necessidade de fortalecimento da participação das mulheres na política, indicará uma candidata para compor na chapa majoritária;

4. Todas as negociações serão realizadas em estreita sintonia com as direções Estadual e Nacional do PSDB, de acordo com o Estatuto e das resoluções partidárias.

Maceió, 30 de julho de 2020.
Tereza Nelma
Presidenta

Ricardinho aposta no contato com as ruas: “sou mais pré-candidato do que nunca”
   29 de julho de 2020   │     19:42  │  1

Ricardo Santa Ritta, o Ricardinho, segue movimentando as redes sociais, mas passou a apostar mesmo numa nova estratégia. Todos os dias, ele visita bairros e comunidades de Maceió para conhecer de perto os problemas da cidade.

A ideia é chegar à campanha com propostas reais, a partir do contato com as ruas. “Não dá para apresentar um programa de governo sem ouvir as pessoas ou ver de perto os problemas que nossa população tem enfrentado em áreas como saúde, mobilidade, educação, emprego e renda”, pondera.

Pré-candidato a prefeito pelo Avante, ele confirma que conversou com vários outros nomes que estão postos na disputa. “Tenho conversado com todos, menos com os grupos de Rui Palmeira e Renan Filho”, aponta.

Entre as conversas, estão Ronaldo Lessa (PDT) e JHC (PSB). E quem enxerga nesse movimento a busca por uma composição para a vaga de vice, deve errar.

“Sou mais pré-candidato do que nunca. Tenho conversado, discutido ideias com vários grupos. O momento permite e pede isso. Mas o projeto do Avante sempre foi ter um candidato a prefeito em Maceió. E meu nome, por enquanto, é o único apresentado pelo partido no momento”,a firma.

Ricardinho garante que tem pé no chão, mas avalia que podemos ter surpresas nas eleições de Maceió, assim como ocorreu nas eleições de 2018.

“Candidatos que tinham 1% no começo da campanha foram eleitos para o cargo de governador, senador ou deputados em vários Estado. Vou participar do debate e levar minha contribuição com o processo. A escolha será do eleitor. E ao que saiba, ninguém ganha eleição antes da apuração das urnas”, aponta.

Depois do DEM, o PSD de Marx Beltrão pode ‘mudar de rumo’ em Maceió
   20 de julho de 2020   │     23:09  │  1

O destino do DEM, do secretário de Saúde de Maceió, Zé Thomaz Nonô, pode ser decidido até o final deste mês.

O que se especulava era que Democratas ficaria “naturalmente” na coligação do pré-candidato do MDB à prefeitura, Alfredo Gaspar de Mendonça, em função do apoio do prefeito Rui Palmeira.

Não é assim que a banda toca. As conversas com o ex-PGJ não evoluíram dentro do esperado e Nonô abriu diálogo com outros grupos. As opções hoje estariam entre JHC (PSB) e Davi Filho (PP).

O PSD de Marx Beltrão vive um dilema parecido. O deputado federal tem na sua cota hoje a Secretaria de Agricultura do Estado e, “naturalmente”, segundo a “primeira leitura” deveria apoiar Gaspar.

Não é que o se ouve nos bastidores. Marx, segundo diferentes versões, tem conversado tanto com o grupo de Gaspar, quanto com JHC e Davi.

O mais provável, hoje, seria uma “mudança de rumo” no partido.

Mas quem conhece Marx sabe que ele não tem pressa em anunciar essa decisão. Até pelas implicações que uma aliança na capital poderá ter em importantes bases dele no interior do Estado.

O jogo parece aberto para o PSD. Tanto que ao empossar hoje o novo presidente do partido em Maceió, o vereador Zé Márcio Filho, Marx não deu nenhuma pista sobre o futuro do partido na capital – que ao tudo indica só deve ser definido nas convenções, a partir de 31 de agosto, ao contrário do DEM, cuja decisão já teria sido tomada e só faltaria anunciar.

Posse de Zé Márcio

Veja trecho de texto enviado pela assessoria de Marx Beltrão:

“O presidente do PSD (Partido Social Democrático) em Alagoas deputado federal Marx Beltrão empossou nesta segunda-feira na sede da agremiação, a nova direção do Diretório de Maceió do partido. E quem assumiu a condução do PSD na capital alagoana foi o vereador José Marcio Filho”.
Valgetan Oliveira assume como secretário geral e Edlúcio Donato será o primeiro tesoureiro. “Este grupo, com certeza, fará a melhor condução de nosso partido, especialmente neste ano eleitoral em que o PSD, certamente, irá crescer quantitativamente e qualitativamente em Maceió”.

“Os números da Covid no Brasil evidenciam o descontrole e a interinidade na pandemia sugere intervenção militar”
   15 de julho de 2020   │     20:50  │  1

As críticas de Gilmar Mendes, contra a presença de militares da ativa no comando Ministério da Saúde provocou uma nova crise institucional e política em Brasília.

Para o ministro do STF, a imagem do Exército Brasileiro pode ser associada ao enfrentamento equivocado da pandemia do novo coronavírus pelo governo federal, o que teria resultado em milhares de mortes – das quais muitas poderiam ter sido evitadas.

Nas redes sociais, o senador Renan Calheiros (MDB-AL) repercutiu as declarações do ministro do Supremo Tribunal Federal e defendeu a adoção de critérios para a ocupação de cargos públicos.

“Os números da Covid no Brasil evidenciam o descontrole e a interinidade na pandemia sugere intervenção militar. O Exército, como todos, deve refletir sobre isso e quanto aos questionamentos procedentes do ministro Gilmar Mendes”, disse o senador.

Gilmar Mendes afirmou, durante uma transmissão on-line, que “o Exército se associa a um genocídio”, referindo-se ao fato de militares participarem da gestão do Ministério da Saúde durante o período de enfrentamento da Covid-19.