Category Archives: Sem categoria

Indústria vai investir R$ 20 milhões em nova unidade no Pilar
   2 de janeiro de 2020   │     13:53  │  2

Líder de mercado em Alagoas, o Macarrão Pajuçara, que também detém a marca AFA, está de mudança. A indústria, sediada em Maceió, aprovou a relocação da fábrica de alimentos para o município de Pilar.

“A transferência da indústria para o município do Pilar se deu pela necessidade do aumento da produção (capacidade instalada). Nossa atual planta já se encontra na capacidade máxima de produção”, aponta Marcel Alves, gerente da indústria.

A planta do Macarrão Pajuçara está instalada atualmente em um bairro residencial da capital. “Começamos a estudar locais para essa nova planta. Foi então que tivemos o contato com a prefeitura do município do Pilar e encontramos todos os pré-requisitos que uma indústria precisa, que são fácil deslocamento dos caminhões por estar perto de duas BRs, mão de obra abundante e qualificada , e uma gestão municipal que superou todas nossas expectativas quanto o comprometimento com nossa indústria e seriedade no processo de transferência”, explica Marcel ,

A obra da nova fábrica começa em 2020 com previsão de produção em 2021 das primeiras linhas: “a indústria conta hoje com mais de 200 colaboradores e é detentora das marcas Pajuçara e Afa, líder no estado de Alagoas no segmento de massas e com presença nos estados de Sergipe, Pernambuco, Paraíba e amazonas ,com previsão de investimento de 20 milhões na nova planta .

O prefeito de Pilar, Renato Filho, diz que o município ofereceu área, redução de ISS e IPTU, “além de um local com infraestrutura adequada e logisticamente favorável” para assegurar a implantação da nova indústria no município.

“O Estado foi fundamental também quando reativou o Prodesin (programa de incentivos fiscais). Isso tornou novamente a empresa competitiva e capaz de fazer o investimento”, aponta.

O prefeito ainda que deve avançar, já no começo do ano na atração de novos investimentos. “Estamos lançando em janeiro, o Masterplan do novo distrito industrial, pois vamos fazê-lo pensando no futuro e nas possíveis empresas que tenham interesse”. Renato adianta que já existem conversas avançadas com uma importante indústria de derivados do coco, que pode “se juntar ao macarrão Pajucara”.

Segundo o prefeito, existem “conversas com algumas grandes empresas, mas tudo isso leva tempo , depende da economia e de uma série de fatores. Foi preciso fazer um ajuste na lei a pedido de algumas empresas e assim o fizemos. Também lançamos um programa para que as empresas já instaladas, procurassem o município pra que pudéssemos entender o negócio de cada um e tentar modelar um programa de incentivo mais individualizado”, aponta.

Chegou a hora da decisão para Gaspar, JHC e Davi Filho
   1 de janeiro de 2020   │     18:20  │  1

As movimentações em torno das eleições começam a ser intensificadas com a chegada de 2020. Alfredo Gaspar está avançando nas articulações e pode deixar o MPE até março – se o que ele está “montando” der certo.

Os deputados Davi Davino Filho (PP) e João Henrique Caldas (PSB) seguem fazendo “mistério” apenas por mais algumas semanas. Em público desconversam sobre a eleição e como resposta padrão dizem que 2020 será discutido em 2020.

Pois é 2020 chegou.

O que se espera é que até o final de janeiro eles anunciem que são pré-candidatos e comecem a conversar abertamente com setores organizados da sociedade..

Quem continuar fazendo  mistério por mais tempo corre o risco de perder terreno para outros jogadores.

Mais candidato do que nunca, Ronaldo Lessa (PDT) espera pelo apoio de Rui Palmeira (PSDB) para consolidar seu projeto, enquanto o atual prefeito de Maceió e o senador Rodrigo Cunha travam um batalha no ninho tucano para indicar um candidato do partido ou apoiar JHC.

Sem nada a esconder

Em outros partidos o jogo já está mais claro. Ricardo Barbosa é pré-candidato a prefeito pelo PT, enquanto Ricardo Santa Ritta é pré-candidato a prefeito de Maceió pelo Avante.

O PSL, que já ensaiou ter candidatura própria, busca agora uma aliança e pode marchar junto com Gaspar, que se decidir ir para a disputa deve se filiar ao PSC.

“Podemos deve eleger 2 e se Marcelo vier faremos 4 vereadores em Maceió”
   26 de dezembro de 2019   │     21:20  │  1

É pura estimativa, mas dentro de uma contabilidade “pé no chão”. O Podemos, agora sob o comando de Tácio Melo, realiza nesta sexta-feira, 27, a Plenária Estadual com a presença confirmada da deputada federal e presidente nacional do partido, Renata Abreu (SP).

A reunião será realizada a partir das 15h, na Câmara de Vereadores de Maceió – justo no lugar em que o Podemos pretende conquistar os melhores resultados nas eleições do próximo ano.

“Temos hoje uma chapa que fará pelo menos dois vereadores”, aponta o presidente estadual do Podemos em Alagoas, Tácio Melo.

Dependendo das ‘migrações’ que podem ocorrer dentro do grupo do prefeito Rui Palmeira, o Podemos pode eleger até 4 vereadores em Maceió, avalia Tácio.

O aumento de vagas conquistadas poderia vir, por exemplo, com a ida do vice-prefeito Marcelo Palmeira (hoje no PP) para o Podemos – possibilidade que vem sendo dada como certa nos bastidores.

“O Marcelo está montando uma boa chapa e se ele vier para o Podemos teremos condições de eleger até 4 vereadores”, aponta.

De olho em 2022

Não é só Maceió O presidente estadual do Podemos acredita que o partido terá, além de candidaturas majoritárias ‘competitivas’ em pelo menos 25 municípios, candidatos a vereador na maioria das cidades do interior, podendo chegar a “100%”.

As eleições do próximo avisa Tácio Melo serão decisivas para que o partido ganhe musculatura para conquistar uma vaga Câmara Federal e tenha também “voz na chapa majoritária.

“Na plenária haverá uma série de filiações e a partir de janeiro iniciaremos a programação pelos municípios. Temos trabalhado fortemente, com o apoio da nossa presidente Renata Abreu, para firmar as alianças que possibilitarão candidaturas competitivas em todas as regiões do Estado, destaca Tácio Melo.

Chapa

Entre os nomes que devem disputar uma vaga na Câmara de Vereadores de Maceió, além de Tácio Melo, o Podemos deve contar com Beto da Farmácia, Jonathas Omena, Lucas Cotas, Alan Balbino, Ademir do ABC, Daniel do Detran, Macedo, Leonardo Dias, Pita, Silas BB e Tiago da Força Sindical.

“Teremos ainda outros nomes. E se o grupo do Marcelo vier vamos disputar pelo menos 4 vagas”, aponta Tácio.

Destino

Considerado um vice leal, Marcelo Palmeira deve mesmo disputar vaga de vereador no próximo ano. Ele deve anunciar a decisão nos próximos após uma ‘conversa’ com  o prefeito Rui Palmeira. Mas essa é outra história.

“João Beltrão foi um grande parceiro de Pindorama”
   21 de dezembro de 2019   │     19:00  │  1

Em nota, a diretoria da Cooperativa Pindorama lamentou o falecimento do ex-deputado estadual João Beltrão. O ex-parlamentar lutava contra um câncer e morreu no começo da tarde deste sábado, 21, no hospital Santa Casa de Misericórdia, em Maceió.

“O João era um grande amigo, um parceiro de Pindorama. Ele sempre esteve do nosso lado, em todos os momentos, especialmente nos mais difíceis. Seu falecimento representa uma perda para Alagoas, mas em especial para a nossa cooperativa, para o município de Coruripe e toda a região sul do nosso Estado”, afirma Klécio Santos, presidente da Cooperativa Pindorama.

Em virtude da morte do ex-deputado, a diretoria da cooperativa decidiu suspender os festejos natalinos programados para este domingo, 22. O evento, segundo Klécio Santos deve ser realizados em outra data ainda a ser definida. “Não há clima para as festas neste momento. Em respeito a João Beltrão e sua família decidimos suspender as festividades. Neste momento de grande perda e dor, peço a todos que orem por João Beltrão e sua família”, afirma Klécio Santos.

Veja a nota

Pindorama lamenta falecimento do ex-deputado João Beltrão e suspende festejos natalinos

A diretoria Cooperativa Pindorama lamenta profundamente o falecimento do ex-deputado João Beltrão, ocorrido no começo da tarde deste sábado, 21 de dezembro de 2019, no hospital Santa Casa de Misericórdia, em Maceió.

O velório do ex-parlamentar será realizado em Coruripe e o enterro em Maceió, em horário e local que serão em breve divulgados.

João Beltrão sempre foi um parceiro de todas as horas da cooperativa Pindorama e teve papel fundamental na consolidação do trabalho da cooperativa que é um exemplo de desenvolvimento econômico e social para o Brasil.

Ao mesmo tempo em Pindorama presta suas condolências para a família do ex-deputado, a diretoria comunica que em virtude do falecimento de João Beltrão decidiu suspender os festejos natalinos programados para este domingo, 22, que serão realizados em outra data ainda a ser definida.

Klécio José dos Santos

Presidente

 

Alagoas pode emplacar novo líder do MDB na Câmara dos Deputados
   10 de dezembro de 2019   │     15:15  │  0

Com uma das menores bancadas do país, Alagoas tem conseguido se sobressair na Câmara dos Deputados. A regra tem sido essa nas últimas décadas. Na legislatura passada, Givaldo Carimbão foi líder do PROS e do PHS e Maurício Quintella foi líder do PR.

Consolidado na liderança do PP, desde a legislatura anterior, Arthur Lira é o líder hoje do maior bloco partidário da Câmara dos Deputados. O Bloco PP, MDB, PTB, que reúne 84 parlamentares.

Estreante na Câmara dos Deputados, o deputado federal Isnaldo Bulhões surpreendeu ao se eleger para a suplência da Mesa Diretora da Casa, numa disputa voto a voto. Chegou lá pela construção que fez no seu partido, o MDB.

Com a eleição do atual líder, Baleia Rossi (SP), para a presidência nacional do MDB, Isnaldo passou a ter seu nome especulado para assumir a liderança do partido.

Por tradição, o presidente de um partido não assume a liderança. Com bom trânsito na bancada e apoio de emedebistas como Renan Calheiros, Bulhões já avisou que topa o desafio.

A troca na liderança deve acontecer ainda este ano.

Na bancada do MDB, com 33 deputados (a sexta maior), Isnaldo transita bem. Além disso, tem mantido relação próxima com o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ) e com o próprio Arthur Lira, líder do bloco.

Ter mais um líder, especialmente de um partido com maior peso, a exemplo do MDB, pode ajudar a abrir mais portas lá em Brasília. Mas essa é outra história.