Category Archives: Sem categoria

Num só dia 9 prefeitos anunciam apoio a Paulo Dantas no segundo turno
   4 de outubro de 2022   │     21:59  │  0

No primeiro turno da eleição para governador, Paulo Dantas (MDB) teve mais votos em 83 cidades de Alagoas, incluindo municípios onde não tinha apoio de prefeitos, a exemplo de Maceió e Arapiraca.

Apesar da diferença de mais de 300 mil votos para o segundo colocado, o senador Rodrigo Cunha (UB), o atual governador e candidato à reeleição, não conseguiu votos suficientes para vencer no primeiro turno.

Paulo Dantas retomou a campanha nesta terça-feira com atos de rua em Maceió e se reunindo com prefeitos que apoiaram outros candidatos no primeiro turno.

Num só dia, o governador recebeu apoio de 9 prefeitos, a maioria aliados do candidato a governador do PSD no primeiro turno, Rui Palmeira.

A expectativa da equipe de Paulo Dantas é que ele também receba apoio de prefeitos que apoiaram o candidato a governador do PTB, Fernando Collor, e até prefeitos que apoiaram Rodrigo Cunha.

“Alguns prefeitos tem sinalizado disposição de apoiar Paulo Dantas e muitos só não fizeram isso no primeiro turno em função da aliança de Rodrigo com Arthur Lira (presidente da Câmara dos Deputados)”, aponta um influente interlocutor.

Os nove prefeitos que passaram a apoiar Paulo Dantas nesta terça representam municípios que, somados, chegam a mais de 100 mil eleitores: Adriano Barros (Joaquim Gomes); Leandro Silva (Junqueiro); Erivaldo Mandu (Mata Grande): Lívia Carla (Barra de Santo Antônio); Klinger Quirino (São Brás); Cícero Cardoso (Pindoba); Marcos Silva (Messias); Josias Soares (Minador do Negrão); e Arthur Freitas (Santana do Mundaú). No primeiro turno Paulo contou com o apoio de 66 prefeitos e desde domingo tem buscado ampliar sua base aliada.

Nove prefeitos anunciam apoio a Paulo Dantas (Foto/montagem: assessoria

Versão oficial

Veja texto da assessoria

Paulo recebe adesão de nove novos prefeitos para o 2° turno

Governador garantiu que nada vai parar nestes municípios que contam com mais de 101 mil eleitores

Os 300 mil votos de vantagem que o governador e candidato à reeleição, Paulo Dantas (MDB), teve no primeiro turno serão reforçados com a chegada do apoio de nove novos prefeitos ao grupo que garante que em Alagoas nada vai parar. São mais de 101 mil eleitores nos municípios liderados por Adriano Barros (Joaquim Gomes); Leandro Silva (Junqueiro); Erivaldo Mandu (Mata Grande): Lívia Carla (Barra de Santo Antônio); Klinger Quirino (São Brás); Cícero Cardoso (Pindoba); Marcos Silva (Messias); Josias Soares (Minador do Negrão); e Arthur Freitas (Santana do Mundaú). No primeiro turno Paulo contou com o apoio de 66 prefeitos e desde domingo tem buscado ampliar sua base aliada.

Por fidelidade partidária e antigos compromissos, esses prefeitos apoiavam outros candidatos durante o primeiro turno e agora decidiram ficar ao lado daqueles que não querem que Alagoas pare, após as conquistas iniciadas pelo agora senador eleito Renan Filho. Em Minador, por exemplo, Paulo já havia vencido o primeiro turno com 53%. E Em Joaquim Gomes não foi diferente, por lá ele obteve 49,7%. Com a chegada dos novos aliados – que são bem avaliados em suas gestões – a tendência é que o cenário avance ainda mais.

A prefeita Lívia Carla (Republicanos) classificou a parceria como importante para a cidade da Barra de Santo Antônio, porque acredita na vontade que Paulo tem para trabalhar. “Essa parceria será muito importante, pois temos obras importantes do Estado em andamento e sei que com Paulo nada vai parar. Temos a Creche CRIA, a rodovia ligando o município à Barra de Camaragibe, assim como a força hoteleira. Tenho a certeza e a confiança de que governador vai fazer o melhor para a nossa cidade”, declarou.

Paulo agradeceu as manifestações de apoio que tem recebido e reafirmou o seu compromisso com o desenvolvimento social e econômico de todos os municípios. “Todos eles têm a certeza de que nada em Alagoas vai parar. Temos mais de 300 obras em andamento em todo o estado, ações sociais que têm beneficiado milhares de alagoanos em cada um dos municípios. Contar com a parceria deles é importante para que possamos fortalecer cada vez mais o nosso Estado, fazer mais por quem mais precisa e fazer com que Alagoas cresça igual e em ritmo acelerado”, destacou.

Assessoria Paulo Dantas

 

Federação faz 2 federais e 3 estaduais em AL, diz deputado
   22 de setembro de 2022   │     12:26  │  1

A FE Brasil, Federação que reúne PT, PCdoB e PV deve eleger dois federais e três estaduais. Essa é a estimativa do deputado estadual Sílvio Camelo (PV), feita   vídeo gravado para o blog do Edivaldo Junior.

Candidato à reeleição, camelo ajudou articular a formação das chapas e agora corre para garantir a sua própria eleição.

Com dois deputados estaduais – Ronaldo Medeiros e  Camelo –  a chapa de estadual da FE Brasil tem outros nomes com chances de disputar o mandato, a exemplo dos ex-deputados Judson Cabral, Marcos Ferreira e Dudu Holanda.

Outros candidatos da chapa se tornaram conhecidos por disputas majoritárias. É o caso de Basile Crhistopoulos e Cícero Filho.

A chapa também tem vereadores de Maceió e Rio Largo, a exemplo do Dr. Valmir e Daniel Pontes. A FE Brasil tem ainda nomes fortes em diversos setores. De lideranças religiosas a influenciadores digitais.

Numa chapa competitiva como a da FE BR, a expectativa é eleger dois a três estaduais, segundo analistas. Apontado como um dos favoritos, ao lado do também deputado Ronaldo Medeiros, Silvio camelo trabalha  para ser o primeiro da chapa.

 O deputado acredita que tem boas chances de se reeleger e abriu disputa com Ronaldo Medeiros para ver quem vai ficar em primeiro lugar no grupo.

“O Ronaldo tá bem, mas temos vários outros candidatos bem posicionados. O clima interno é de uma disputa saudável. Nosso objetivo é eleger três e para isso cada um deve fazer um esforço extra. O meu será disputar com Medeiros pra ver se consigo superar seus votos”, aponta Camelo.

 

PT, MDB e PL “disputam” votos de legenda: FE BR pode ter mais de 30 mil
   17 de setembro de 2022   │     0:36  │  2

A eleição segue acirrada em Alagoas, especialmente nas proporcionais. Faltando duas semanas para a votação, prognósticos seguem praticamente os mesmos da pré-campanha.

A expectativa é que o PP eleja três federais, MDB, UB e Federação Brasil (PT, PCdoB e PV) um cada um. As outras tres vagas seriam distribuídas pelas sobras entre esses três partidos e outras legendas, a exemplo de Republicanos, PSB e PSD.

Na disputa pelas 27 vagas de estadual, o favorito é o MDB que fará de 11 a 12 vagas diretas. Outras vagas vão ser disputadas por PP, UB, Fe Brasil, Republicanos, e Avante.

Nas vagas que serão disputadas pela sobra além dessas legendas também concorrem PSD, PL e PSDB entre outras legendas.

Cada voto conta – e como conta – para definir ima vaga propocional, especialmente o de legenda. Quem disputa mandato por partidos com candidato a governador ou presidente tende a levar vantages.

Em Alagoas, os campeões do voto de legenda devem ser PT e PL, em função da polarização nacional. Os cálculos hoje aponta para mais de 20 mil votos de legenda da Fe BR para estadual e 30mil pata federal, o que pode ajudar a federação a fazer de dois a três estaduais e de um a dois federais. Mas essa é outra história.

 

 

 

 

Disputa “desigual”: advogado aposta nos jovens para chegar a ALE
   14 de setembro de 2022   │     15:56  │  0

Professor universitário, advogado criminalista com atuação reconhecida em Alagoas, Welton Roberto é candidato a deputado pelo PT e luta para ser um dosais votados de sua chapa.

Não é, como ele próprio admite, uma disputa fácil. “É uma disputa muito desigual”, resume. Mas o desafio não o desanima.

Em entrevista a um site local, ele diz estar ciente das dificuldades dessas eleições, mas, que apesar de enfrentar uma campanha que considera desigual, não irá desistir do seu projeto político.

“Sou apenas um professor universitário e advogado. A verba do fundo partidário repassada é insuficiente para fazer frente a outras candidaturas que chegaram a receber até 20 vezes mais. Tenho a ajuda de meus alunos e ex-alunos que sabem da minha atuação”, conta Welton.

Ele exalta que sua campanha está sendo muito bem tocada com ajuda de seus discentes, e apoiadores, mas também na utilização das redes sociais. “Estamos crescendo nas mídias, fazendo muitos encontros com a sociedade civil de forma segmentada, é apenas o começo”.

O candidato diz que seguirá tentando realizar uma campanha diferente, criativa e que toque o coração das pessoas, pois acredita que como ele as pessoas devem estar cansadas da representatividade pífia na Assembleia Legislativa de Alagoas – ALE. “Vamos levar a justiça social como nosso eixo principal e a educação transformadora como o instrumento de nosso trabalho”, destacou.

Eleições 2022

Roberto explica que quer ser deputado para dar voz e vez a muitas pessoas que não se sentem representadas, principalmente os trabalhadores da educação, cultura e do esporte, pois como triatleta ver as dificuldades em avanços nas áreas citadas, e principalmente no esporte em Alagoas.

Ele ainda destaca que a federação foi uma forma encontrada de aglutinar mais força. E que ainda não pode avaliar de que forma ela vai ser compreendida pelo eleitor como positiva. “Há coisas positivas e algumas nem tanto, como por exemplo a aglutinação de projetos não tão harmoniosos”, conclui.

Welton Roberto, ao lado de Lula, está em campanha para a Assembleia Legislativa de Alagoas

“Animado”, deputado aposta em reeleição e diz que “Paulo pode ganhar no 1o turno”
   13 de setembro de 2022   │     18:25  │  2

Quantos deputados cada partido ou federação vai fazer na eleição deste ano em Alagoas? Na disputa pela reeleição para a Assembleia Legislativa, Bruno Toledo (MDB) avalia que seu partido fará a maioria – literalmente – das 27 vagas que estão sendo disputadas e serão preenchidas no próximo dia 2 de outubro.

“O MDB fará 14 estaduais, podendo chegar a 15”, diz o deputado estadual que está animado com sua chapa e a própria reeleição. “Acredito que estamos disputando bem”, pondera. Em vídeo para o blog do Edivaldo Junior Toledo avalia que 18 a 19 nomes do MDB tem boas chances de ocupar essas vagas.

Para o governo de Alagoas, Bruno Toledo acredita que a eleição pode ter um desfecho inesperado. “O Paulo Dantas vai bem, vem crescendo bastante e existe a possibilidade de que ele vença já no primeiro turno”, aponta.

Segundo Toledo, a campanha de Paulo “está bonita, propositiva” e que a possibilidade de ganhar no primeiro turno “é muito real até pelos apoios que o Paulo tem no seu palanque do ponto de vista nacional e também local, além disso ele tem sido um candidato extraordinário levando essa mensagem (propositiva)”, afirma.

Bruno Toledo, deputado estadual (MDB) – Foto: divulgação

Veja aqui:  o vídeo no Instagram do Edivaldo Junior