Category Archives: Sem categoria

JHC deve ficar fora do segundo turno de novo, aponta pesquisa
   6 de novembro de 2020   │     14:20  │  13

Em 2016, Maceió teve 7 candidatos a prefeito. Dois deles estão, de novo, na disputa majoritária na capital: o deputado federal João Henrique Caldas (PSB) e o ex-prefeito Cícero Almeida (DC). E tudo aponta que ambos terão resultados iguais ou piores do que o pleito passado.

Na eleição que deu vitória ao atual prefeito Rui Palmeira (sem partido), o primeiro turno foi apertado. Almeida ficou em segundo lugar com 24,73% dos votos válidos e JHC chegou em terceiro, com 21,78%.

Em 2016, Almeida largou em primeiro e acabou em segundo. Este ano, se as pesquisas estiverem corretas, ele apesar de ter ocupado o terceiro lugar em situação empate técnico, o ex-prefeito deve se consolidar na quarta posição, com tendência de queda.

E JHC, “surpresa” da eleição anterior, não tem tido o mesmo desempenho este ano. Largou na frente, caiu para segundo e, de acordo com a nova pesquisa do Ibrape, divulgada nesta quinta-feira (5) cai agora para a terceira posição.

Tudo aponta que o deputado terá resultado semelhante ao pleito anterior.

A tendência, hoje, é de segundo turno entre Alfredo Gaspar de Mendonça (MDB) e Davi Davino Filho (PP).

Enquanto Alfredo tem se mantido no mesmo patamar, de 26%, Davi conseguiu crescer rapidamente, tomando o segundo lugar de JHC e ‘ameaçando’ a liderança de Gaspar.

Pela pesquisa Ibrape, os três primeiros estão em situação de empate técnico, mas se considerada a evolução dos candidatos, a tendência é de queda para JHC, de crescimento de Davi e estabilidade para Alfredo.

Nesse cenário, sem fato novo, JHC deve ficar fora do segundo turno. De novo. Para ele pode ser o fim das disputas majoritárias. O deputado, no entanto, deve sair fortalecido para disputar a reeleição em 2022. Mas essa é outra história.

Veja a pesquisa

O novo levantamento do Ibrape, divulgada nesta sexta-feira (6), aponta Alfredo Gaspar com 26%, Davi Davino Filho com 24% e JHC com 23%. A pesquisa, registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) como AL 08550/2020, foi realizada entre os dias 2 e 3 de novembro, com duas mil entrevistas em todos bairros de Maceió, tem margem de erro de 2,19% e nível de confiança de 95%.

O crescimento de Davi Davino Filho é de nove pontos percentuais, em comparação com a pesquisa Ibrape, divulgada no dia 19 de outubro, sob o registro AL 07716/2020. Neste mesmo período, de 17 dias, Alfredo Gaspar caiu de 27% para 26% e JHC de 25% para 23%. Houve, ainda, recuo nos indecisos, de 17% para 15%.

Em seguida, vem Cícero Almeida (DC) com 4% (antes era 6%), Josan Leite (Patriotas) com 2%, Ricardo Barbosa (PT) e Valéria Correia (PSOL) com 1%. Os demais candidatos, no entanto, não pontuaram.

 

Ibope aponta forte crescimento de Davi e queda de Alfredo, JHC e Cícero
   23 de outubro de 2020   │     19:40  │  0

A segunda pesquisa TV Gazeta/Ibope em Maceió divulgada no telejornal AL TV 2, na noite desta sexta-feira (14) aponta um novo cenário após 14 dias da divulgação do primeiro levantamento.

O cenário continua de disputa acirrada entre os dois primeiros colocados. De acordo com o levantamento, realizado em todos os bairros da capital, o ex-procurador Alfredo Gaspar de Mendonça e o deputado federal JHC aparecem agora numericamente empatados, com 24% cada um. Os dois candidatos oscilaram negativamente, na comparação com o resultado anterior, 2% e 2% respectivamente.

O candidato Cícero Almeida, que tinha 10% e apareciam em terceiro na pesquisa anterior também oscilou negativamente e tem agora 6%. Já o candidato Davi Davino Filho teve forte crescimento, aumentado 10 pontos percentuais, saindo de 5% para 15%, mais de 0,7 ponto percentual por dia.

Neste cenário, se as eleições fossem hoje, nenhum dos candidatos a prefeito de Maceió conseguiria votos suficientes para vencer no primeiro turno.

Os demais candidatos, segundo o Ibope foram citados por 3% ou menos do eleitorado, oscilando dentro da margem de erro da pesquisa.

Os eleitores que demonstram intenção de votar nulo ou em branco somam 10% e os indecisos são 11%.

Sobre a pesquisa

A pesquisa foi realizada entre os dias 17 a 23 de outubro, ouvindo 504 entrevistados por meio do telefone. Segundo o Ibope, o nível de confiança da pesquisa é de 95%, com margem de erro de 4 pontos percentuais para mais ou para menos.

Para a realização das entrevistas foram selecionados aleatoriamente, dentro do município, números de telefones com base no cadastro da operadora de telefonia local dos números pós-pagos.

A pesquisa foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) sob o protocolo nº AL-00075/2020.

Daqui a pouco volto com mais informações da pesquisa.

 

 

Davi parte para o ‘ataque’ contra Alfredo e JHC: será que vai ter troco?
     │     1:02  │  1

Esta semana, o guia eleitoral em Maceió deixou a fase da sutil da ‘troca de farpas’ para os ‘ataques diretos’. Em terceiro nas pesquisas eleitorais, com chances de ir ao segundo turno, o candidato Davi Davino Filho (PP) chamou os candidatos que estão à sua frente, Alfredo Gaspar de Mendonça (MDB) e João Henrique Caldas (JHC) para a ‘briga’ – literalmente.

O candidato do Progressistas vem ganhando não só pontos nas pesquisas, mas também passou a ser considerado com um rival capaz de vencer a eleição. E começou a usar uma estratégia inevitável em qualquer campanha eleitoral.

Em anúncios (comerciais), a campanha do PP recomenda que o eleitor fique de “olho neles”. Isso depois de associar um candidato de ser beneficiado pela Braskem e ou outro de ter apadrinhado do senador Renan Calheiros.

Em todas as campanhas esse tipo de crítica costuma ter “volta”. Nesta não deve ser diferente.

Ao elevar o tom da campanha, Davi Filho corre o risco de perder tempo na rádio e na TV por direito de resposta. E, claro, também de sofrer críticas no mesmo diapasão. Nesses casos, o risco deve ser calculado.

Em política, quase sempre bater é sempre melhor que apanhar. Mas também é verdade que quem bate, também leva. Agora é esperar o que vem por aí. Ou alguém acredita que, a essa altura, Alfredo e JHC não irão dar o “troco”?

Pesquisas ‘movimentam’ semana política em Maceió
   18 de outubro de 2020   │     21:48  │  0

A semana começa com a divulgação do resultado do Ibrape em Maceió. O levantamento registrado no TRE, será divulgado no começo da manhã desta segunda-feira (19) pelo Gazetaweb e trará resultados espontâneos e estimulados na corrida pela prefeitura da capital.

Na sexta-feira (23) será divulga a segunda pesquisa Ibope/TV Gazeta de Alagoas. O levantamento será mais uma vez por telefone – diferente do Ibrape que fez presencial.

A expectativa nas duas pesquisas é para o desempenho de Cícero Almeida (DC) e Davi Davino Filho (PP). Os dois aparecem em

Enquanto a campanha de Davi Filho ganhou maior visibilidade, em função do maior tempo na rádio e na TV e na presença nas ruas, Cícero Almeida tem um pequeno espaço no guia eleitoral e poucas atividades externas.

Esses dois fatores podem ajudar no crescimento do candidato do Progressistas, segundo vários analistas, enquanto Cícero Almeida tem tido dificuldades para formar um palanque mais robusto. Agora é esperar os resultados.

Diferente de 2016, Tarcizo tem problemas para emplacar candidatura em Arapiraca
   12 de outubro de 2020   │     19:50  │  0

Em 2016, o deputado estadual Tarcizo Freire (PP) disputou a prefeitura de Arapiraca e foi o terceiro mais votado, com 22% dos votos válidos.

De novo candidato a prefeito este ano, tenta repetir a performance ou um resultado melhor. Não será fácil

Na eleição passada, o cenário era diferente. Tarcizo era filiado ao PSD, mudou para o PP para viabilizar a candidatura majoritária e disputou com o apoio do comando do Progressitas Alagoas – principalmente do deputado federal Arthur Lira e do então senador Benedito de Lira.

Este ano, a candidatura de Tarcizo foi decidida na última hora, contrariando a orientação de Arthur Lira, que prefere – e não faz segredos – Fabiana Pessoa (Republicanos).

Nos bastidores, a avaliação é de que Tarcizo entrou na disputa para viabilizar a candidatura de seu filho, Túlio Freire, a vereador por Arapiraca.

“Contra tudo e contra todos, Freire botou seu bloco na rua com um único objetivo, eleger o filho a Câmara de Vereadores. Mas, segundo conversa de bastidores, a candidatura de Túlio não tem até o momento o desempenho esperado. Se não for eleito, Tarcizo pode ter tomado uma das decisões mais erradas de sua trajetória política”, diz um interlocutor do Progressistas.

O cenário eleitoral em Arapiraca também é mais complexo nas eleições deste ano. São oito candidatos na disputa, o que pode pulverizar os votos e dificultar que candidato do PP tenha o mesmo desempenho da eleição passada.