Produtor de Alagoas assume diretoria da Girolando Brasil
   14 de fevereiro de 2020   │     21:43  │  0

Alagoas terá um representante na nova diretoria da Associação Brasileira dos Criadores de Girolando. Pelo segundo mandato seguido, Domício Silva assume a Diretoria de Relações Institucionais e Comerciais da entidade.

A posse dos novos diretores para o triênio 2020-2022, foi realizada na noite desta sexta-feira, 14 de fevereiro, na cidade de Uberaba/MG. Ao todo, dez técnicos farão parte da nova diretoria.

“O trabalho da associação é cuidar da parte de registros e de todo o programa de melhoramento da raça Girolando. Vamos trabalhar para preparar a associação e a raça para os desafios que estão sendo cada vez mais constantes em áreas como a do melhoramento genético, buscando sempre a evolução do Girolando em nosso país”, ressaltou Silva.

Além de Domício, outros três criadores alagoanos integram o Conselho de Representantes da Girolando Brasil: André Ramalho, Alexandre Oiticia e Marcos Ramos.

De acordo com Domício Silva, que também pe presidente da Associação dos Criadores de Alagoas (ACA), a Girolando tem crescido não está sendo apenas em números de associados, mas também na quantidade de animais registrados e na realização de eventos.

“Hoje, estamos impulsionando a raça na região através de grandes eventos e exposições que reúnem criadores e apaixonados pelo Girolando no Nordeste. Entre eles, este ano estaremos organizando o Circuito Megaleite Nordeste, que passará pelos estados do Rio Grande do Norte, Salvador, Aracaju e finalizando em Maceió. Através dessas ações, garantimos um aumento no número de criadores e a possibilidade de novos investimentos em melhoramento genético”, pontuou o presidente.

O produtor rural alagoano Domício Silva assumiu diretoria da Associação Brasileira dos Criadores de Girolando

A raça

Considerada a raça leiteira mais versátil do mundo tropical, o gado Girolando vem se destacando pelo crescimento em todo o Brasil. Conhecida por sua adaptabilidade a diferentes tipos de manejo e clima, a raça genuinamente brasileira é responsável por cerca de 80% do leite produzido no país. A maior concentração de animais está na região Sudeste, seguida do Nordeste e Centro-Oeste.

Um dos avanços mais notáveis entre regiões criadoras de Girolando pode ser visto no Nordeste e em Alagoas.

Segundo Domício Silva novos criadores de girolando estão surgindo em Alagoas, seguindo o movimento de avanço da raça a nível de Brasil, firmando o estado como uma vitrine em potencial do Girolando.

“Durante os últimos anos, estamos trabalhando para fortalecer a presença do Girolando em Alagoas. Só este ano, teremos três eventos importantes, que ajudarão na propagação da raça no estado. Em maio iremos receber o Circuito Megaleite. Em setembro, a cidade de Batalha receberá exposições especializadas e ranqueadas, dentro da Expobacia Leiteira. E em outubro, durante a Expogro, receberemos uma etapa do Circuito Megaleite Nordeste”, adianta Domício Silva.

 

COMENTÁRIOS 0

“Se depender do governo rateio do Fundeb não sai antes do carnaval”
     │     16:32  │  1

O desafio está lançado. De um lado o governador Renan Filho (MDB) diz que o pagamento do rateio do Fundeb pode sair antes do carnaval, se houver “esforço” da Assembleia Legislativa de Alagoas. Do outro alguns deputados (pelo menos dois) acusam o governador de ‘falácia’. Tudo pelas redes sociais.

O pagamento das sobras ou rateio do Funbed de 2019, segundo técnicos do governo, está  estimado em cerca de R$ 34 milhões e vai beneficiar cerca de 12 mil professores e monitores da rede estadual de ensino. O Valor é equivalente a pouco mais de uma folha salarial.

Em ritmo normal, o pagamento do rateio  não deve sair antes do final de fevereiro ou começo de março, avalia o deputado estadual Davi Maia (DEM).

“Se o governador tivesse realmente interesse em pagar aos professores teria enviado este projeto de lei em dezembro do ano passado ou no começo de janeiro, que nós teríamos feito a aprovação em sessão extraordinária. Agora ele manda o projeto esta semana, não pede sequer regime de urgência e ainda quer jogar a culpa do atraso do pagamento nas costas da Assembleia Legislativa. Isso é demais”, desabafa Maia.

Ao lado do deputado Cabo Bebeto (PSL), num stories do Instagram, Davi Maia disse que tem recebido várias mensagens dos professores sobre a votação do projeto de lei que autoriza o pagamento do rateio. “Não caiam nessa falácia. O governador deixou de dar o aumento dos salários no ano passado e agora quer fazer propaganda com o rateio”, afirmou.

“Se o governador quiser aprovar o projeto ele pode fazer isso. Ele tem ampla maioria na Assembleia Legislativa e é só pedir pra sua bancada. Todos nós estamos a favor, mas é bom lembrar que foi o governo quem atrasou o envio na lei e por isso não está certo agora o governador querer transferir a responsabilidade para o Legislativo”, reagiu Cabo Bebeto.

A votação do projeto que autoriza o pagamento do rateio do Fundeb, pode até ocorrer em regime de urgência, avalia Davi Maia.

Ainda assim o deputado acredita que dificilmente o pagamento sairá antes do carnaval: “existem alguns prazos que precisam ser cumpridos. O projeto tem que passar em várias comissões, ir a plenário e depois ser sancionado. Faremo nossa parte no menor tempo possível, mas não vamos deixar de registrar que todo o atraso é responsabilidade do governo”, pondera.

Esforço

Em mensagem no Instagram, o governador disse que “liguei (ontem) pessoalmente para o presidente da Assembleia, deputado Marcelo Victor, que garantiu esforços no sentido de aprovar rapidamente o projeto de lei. Também falei com outros deputados estaduais, e acredito que a Assembleia aprovando ainda vai dar tempo de a gente pagar todo mundo agora em fevereiro. E quem sabe, se a Assembleia aprovar no início da semana que vem o projeto de lei, a gente ainda pagar o rateio dos professores antes mesmo do carnaval”, disse Renan Filho.

Vale a pena ler de novo

Rateio do Fundeb chega a Assembleia Legislativa: agora é com os deputados

 

COMENTÁRIOS 1

O que falta para Rui Palmeira aceitar convite do PSL?
   13 de fevereiro de 2020   │     16:58  │  3

O prefeito de Maceió está com os dois pés fora do barco do PSDB e pronto para ingressar em outro partido. Para onde ele vai? Entre as opções estão DEM, Podemos e PSL.

O convite ‘escancarado’ feito por Flávio Moreno aponta que o PSL será mesmo o caminho de Rui Palmeira.

Uns dizem que ele toma esta decisão até o final do mês, outros que será nesta sexta-feira.

E Rui, o que diz? “Estou aguardando a resposta da executiva nacional do PSDB, antes disso não tomarei nenhuma decisão.”, afirma o prefeito por aplicativo em resposta ao blog.

E a resposta que ele espera é a da carta que enviou, no dia 30 de janeiro passado, cobrando uma posição sobre as eleições em Maceió.

A carta é uma consulta formal à Executiva Nacional do PSDB  “se haverá indicação de candidato filiado do partido para disputar o cargo de Prefeito do Município de Maceió” e  que foi enviada “após rumores que o PSDB de Alagoas estaria firmando aliança com candidato de outro partido”. Rui relata ainda que  “me reuni com valoroso Senador Rodrigo Cunha, Presidente do Diretório Estadual, solicitando a observância da Resolução CEN-PSDB n° 010/2019.”

A tal resolução, lembra o prefeito, “prevê que nos Municípios com mais de 100 mil eleitores o PSDB deverá apresentar candidato a Prefeito”.

E o senador Rodrigo Cunha, o que diz? Não disse nada até agora. Mas como dizem por aí, o silêncio fala. E muito.

Veja a carta na íntegra:

Valho-me do presente, na qualidade de filiado partidário desde 2009, tendo exercido os cargos eletivos de Deputado Estadual, Deputado Federal e Prefeito do Município de Maceió, para consultar à Executiva Nacional do PSDB se haverá indicação de candidato filiado do partido para disputar o cargo de Prefeito do Município de Maceió.

Tal providência se faz necessária, considerando que, não obstante a Resolução CEN-PSDB n° 010/2019 prevê que nos Municípios com mais de 100 mil eleitores o PSDB deverá apresentar candidato a Prefeito, até o presente momento não houve um posicionamento do partido.

Registro que, no dia 17/12/2019, após rumores que o PSDB de Alagoas estaria firmando aliança com candidato de outro partido, me reuni com valoroso Senador Rodrigo Cunha, Presidente do Diretório Estadual, solicitando a observância da Resolução CEN-PSDB n° 010/2019.

Na ocasião, ponderei que, à vista dos bons índices de aprovação da minha administração, o caminho natural seria poder trabalhar para eleger meu sucessor dentro do meu partido. O estimado presidente estadual ficou de responder até o dia 31/01/2020.

Diante desse cenário, solicito a Executiva Nacional do PSDB a garantia da execução da Resolução CEN-PSDB n° 010/2019, no prazo mais exíguo possível.

Brasília, 30 de janeiro 2020

Rui Soares Palmeira

Prefeito de Maceió

COMENTÁRIOS 3

“O país aguarda a demissão de Onyx, lobista de tubaína e armas”
     │     16:37  │  1

A provável troca do ministro da Casa Civil,  Onyx Lorenzoni, pelo general Walter Souza Braga Netto tem gerado muitas especulações na esfera política. Para o lugar dele deve o general Walter Souza Braga Netto, que foi interventor da Segurança no Rio de Janeiro.

Para o senador Renan Calheiros, Onyx já vai tarde. No twitter ele disse que “o país aguarda a demissão de Onyx Lorenzoni: síntese da desqualificação, lobista de tubaína e armas. Além de criminoso confesso de caixa 2”.

 

COMENTÁRIOS 1

Três nomes lideram preferência do eleitor em Maceió
     │     7:32  │  0

Várias enquetes e pesquisas não registradas tem circulado nas redes sociais e nos inúmeros grupos de Wattsapp sobre a preferência do eleitor no interior e, principalmente, na capital.

No começo desta semana recebi um levantamento que vem circulando pelas redes sociais com resultados da opinião de eleitores em Maceió, que teria sido realizado na semana passada.

Os nomes testados pelo instituto, que tem boa credibilidade no mercado local, são os que estão postos nos bastidores. Nada diferente do já se sabe.

No cenário de hoje, são ao menos 10 pré-candidatos confirmados à prefeitura de Maceió. Entre os quais Alfredo Gaspar de Mendonça (Sem Partido), Basile Christopoulos (PSOL), Cícero Almeida (DC), Cícero Filho (PCdoB), Davi Davino Filho (PP), Flávio Moreno (PSL), João Henrique Caldas (PSB), Ricardo Barbosa (PT), Ricardo Santa Ritta (Avante) e Ronaldo Lessa (PDT).

Conrintho Campelo da Paz (PDT) poderá ser candidato se mudar me partido. É possível que ele migre para o PMN. Também pode ser candidata a jornalista Lenilda Luna pela Unidade Popular ( o blog está confirmando estas e outras pré-candidaturas).

A pesquisa testou, pelo que vi, a maioria destes nomes em diferentes simulações. Mas apenas três aparecem com chances de ir ao segundo turno.

São vários cenários. No mais provável, João Henrique Caldas, Davi Davino Filho e Alfredo disputariam as duas vagas para o segundo turno.

Enquetes

Também circula pelas redes sociais números de uma enquete feita na capital por um grupo de vereadores e deputados estaduais.

Na amostra parcial, com cerca de dois mil votos, JHC teve 502 votos (25%), Davi Filho teve 311 votos (16%), Gaspar teve 286 votos (15%), Ronaldo Lessa 128 votos e Cícero Almeida 131 votos ficaram com cerca de 7%. Todos os percentuais estão ‘aproximados’.

Os demais candidatos tiveram votação abaixo de 100 votos.

Nesta enquete pelo mais de 570 pessoas não votaram em nenhum dos candidatos (branco, nulo ou indecisos), o que representa um universo de cerca de 29% do total.

COMENTÁRIOS 0