Paulo Dantas, Arthur e Biu de Lira unem forças em torno de candidato no sertão
   12 de dezembro de 2019   │     19:06  │  0

No seu primeiro mandato como deputado estadual, Paulo Dantas vem se consolidando como uma das principais lideranças da política alagoana.

É hoje, ao lado do presidente Marcelo Victor (SDD), um dos mais influentes parlamentares da Assembleia Legislativa de Alagoas e tem conseguido manter e até ampliar o espaço na política alagoana.

Paulo é do tipo que honra compromissos e mantém a palavra empenhada. Foi por isso, que mesmo sendo do MDB, votou em Benedito de Lira (PP) para o Senado em 2018.

Essa parceria com Biu vai se repetindo em algumas cidades onde fizeram ‘dobradinha’. No domingo passado, 8, participou ao lado do ex-senador de um evento do Progressistas em Olho d’Água das Flores no sertão alagoano. Foi uma reunião para a filiação de mulheres, mas que também serviu como uma prévia das campanha eleitoral de 2020.

No evento, Paulo e Biu reforçaram a aliança, que conta com a participação efetiva do deputado federal Arthur Lira (PP) em torno da pré-candidatura de Zé Luiz dos Anjos (PP) para a prefeitura do município.

“O Zé Luiz está preparado. Tenho certeza que ele será eleito e que fará uma gestão a altura dos anseios da população de Olho d’Água das Flores”, afirma Paulo.

Biu reforçou o compromisso dele e de Arthur com o pré-candidato: “o Zé Luiz é um jovem que está pronto para servir ao seu povo. Mesmo não tendo nenhum cargo, ele sempre recorre a mim e ao deputado Arthur para trazer benefícios para seu município. Foi assim que conseguiu tratores para a agricultura familiar, pavimentação de ruas e várias outras obras”, aponta.

Zé Luiz, que comandou uma reunião com mais de mil pessoas, incluindo vereadores, ex-vereadores, empresários e lideranças políticas do sertão, espera ampliar o leque de alianças em torno de um projeto para seu município: “vejo a minha atuação política como uma missão. Quero o melhor para nossa cidade e nossa gente e para isso o apoio de lideranças a exemplo do Paulo Dantas, Biu de Lira e Arthur Lira é fundamental”, aponta.

Paulo continua no MDB. Arthur e Biu seguem no PP. Mas independente dos dois partidos e das ‘diferenças’ das últimas eleições, o ‘trio’ estará junto nessa configuração peculiar não só em Olho d’Água das Flores, mas em várias cidades do sertão alagoano. Mas essa é outra história.

Evento do PP em Olho d’Água das Flores reuniu mais de mil pessoas

COMENTÁRIOS 0

Deltan deve ser afastado do MP, defende Renan
     │     17:02  │  3

O senador Renan Calheiros (MDB) repercutiu nas suas redes sociais a notícia de que o Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) abriu mais um processo disciplinar contra o procurador Deltan Dallagnol.

Coordenador da Força Tarefa da Lava Jato, Deltan responde a várias acusações – incluindo ‘militância partidária e política’, o que é vedado pela Constituição a procuradores e promotores do Ministério Público.

Em sua conta no Instagram, Renan diz que “não basta adverti-lo. É preciso afastá-lo”, ao comentar o processo contra Deltan, de sua autoria.

“O procurador Deltan Dallagnol foi punido com advertência por ofender o @stfjusbr . Agora, responderá por usar o MP para fazer militância política e partidária comprovada. Mas não basta adverti-lo. É preciso afastá-lo,a exemplo do que faria a OAB com Janot, se ele não pedisse pra sair.”, disse Renan.

COMENTÁRIOS 3

PT de AL acusa deputado Cabo Bebeto de “provocação covarde”
   11 de dezembro de 2019   │     22:48  │  4

A votação da reforma da previdência estadual na Assembleia Legislativa de Alagoas foi encerrada nessa terça-feira, 10, mas ainda promete “render” muito. De protestos de servidores a ações na Justiça, além de bons embates políticos com desdobramentos eleitorais.

E foi uma ‘provocação’ durante o processo de votação, aparentemente montada para repercutir nas redes sociais, que levou o Partido dos Trabalhadores em Alagoas a se posicionar sobre a reforma no Estado.

Sem representação na ALE, o partido, que ocupa cargos no governo de Renan Filho, apenas recomendou o diálogo em torno da questão.

O PT foi contra a reforma da previdência do “Bolsonaro” aprovada no Congresso Nacional. Mas não se posicionou claramente sobre a proposta do Estado.

Durante a sessão o deputado estadual Cabo Bebeto (PSL) segurou uma placa e posou para fotos, perguntando “cadê o PT na Reforma da Previdência do Estado”. Ao lado dele estava Davi Maia, segurando placa semelhante, cobrando a mesma posição do PCdoB.

Nos bastidores, alguns parlamentares cobravam que o PT e PCdoB entregassem os cargos que ocupam no governo de Alagoas.

Coube ao presidente do PT em Alagoas, Ricardo Barbosa, dar a resposta. Em vídeo gravado para as redes sociais nesta quarta-feira, 11, ele classificou de “provocação covarde” a “iniciativa” dos deputados.

“Quero fazer alusão a um fato ocorrido na terça-feira 10 de dezembro, na sessão que discutiu e deliberou acerca da reforma da previdência de Alagoas, mais especificamente a uma provocação na minha opinião covarde. Porque na Assembleia Legislativa o Partido dos Trabalhadores, e aqui também falo em relação ao PCdoB, não tem parlamentares para responder a altura quando da provocação dos deputados. Com todo respeito, Davi Mai e Cabo Bebeto, levantaram placas perguntando e aí eu me refiro ao PT aonde estava o PT na reforma da previdência de Alagoas”, reagiu.

“Deputado Cabo Bebeto, quero dizer ao senhor que o PT estava onde sempre esteve, inclusive na discussão da Reforma da Previdência do governo que tem o seu apoio, o governo do Bolsonaro, a reforma da capitalização da previdência, da destruição da previdência pública. Nós estávamos contra, como estamos contra, todo tipo de ataque aos direitos dos trabalhadores. Esse é o posicionamento do PT”, apontou Ricardo.

O presidente do PT continuou se referindo a Bebeto: “O PT tem 40 anos, vamos completar agora em fevereiro, diferente do vosso partido, que mal surgiu e já acabou. Inclusive o seu presidente já migrou para outro partido, de tão importante que é esse partido para o presidente que você ajudou a eleger”.

“O Partido dos Trabalhadores está ao lado das lutas e das conquistas dos direito sociais. Nós estamos ao lado dos negros, na sua luta anti-racismo. Nós estamos ao lado dos LGBTs, na luta contra a homofobia. E o senhor, Cabo Bebeto, aonde está em relação a essas causas que o PT defende e levanta bandeira? Respeite o Partido dos Trabalhadores porque se o PT tivesse parlamentar representado na Assembleia Legislativa teria respondido a sua provocação covarde”, finalizou Ricardo.

Ricardo Barbosa responde Davi Maia e Cabo Bebeto (foto:reprodução)

Davi Maia e Cabo Bebeto “provocam” PCdoB e PT

Saiba mais:

Assembleia aprova projeto de Reforma da Previdência Estadual

 

COMENTÁRIOS 4

Isnaldo, Paulo, Sílvio e Chico, os novos comendadores do leite de AL
     │     20:26  │  0

O maior e mais longevo programa de inclusão social e produtiva de Alagoas é sem dúvidas o do Leite. Foi criado pelo ex-governador Ronaldo Lessa em 2002 a partir iniciativa de vários produtores.

Desde então, o programa do leite passou por vários desafios. Uma crise após outra, no entanto, conseguiu se consolidar graças a um formato único. De um lado promove a inclusão de agricultores familiares. Do outro, leva alimento de qualidade a quem mais precisa.

O programa atende hoje 80 mil famílias carentes nos 102 municípios alagoanos, que recebem leite produzido por mais de 3 mil agricultores familiares. Distribui renda, ajuda na nutrição de gestantes, nutrizes, crianças e idosos. É também importante regulador de mercado, dando aos pequenos produtores uma alternativa aos atravessadores.

Por essas características, o programa do leite ganhou ao longo de sua existência a defesa de líderes de movimentos sociais, do setor produtivo rural, lideranças políticas e autoridades.

Para reconhecer o trabalho de quem ajuda a manter vivo o programa do leite a Cooperativa de Produção Leiteira de Alagoas (CPLA) criou a Comenda Silvânio Barbosa – a Comenda do Leite.

Este ano foram homenageadas personalidades que tiveram papel decisivo na luta pela continuidade do Programa do Leite no Estado.

Na sua segunda edição e diante de agricultores familiares – produtores de leite de diversas regiões do Estado – a Comenda Silvânio Barbosa foi entregue ao deputado federal Isnaldo Bulhões; deputado estadual Paulo Dantas, deputado estadual Francisco Tenório e ao secretário de Agricultura de Alagoas, Sílvio Bulhões.

A honraria também foi prestada ao secretário Nacional de Inclusão Social e Produtiva Rural do Ministério da Cidadania, José Roberto Carlos Cavalcante e ao ministro da Cidadania, Osmar Terra.

Outros líderes políticos, a exemplo de Marx Beltrão, Renan Filho e Givaldo Carimbão, homenageados em edições anteriores da comenda, também continuam dando sua contribuição ao programa.

Todos os escolhidos tiveram papel fundamental, como já registrei aqui, não só na liberação de recursos para pagamento aos agricultores familiares mas também na continuidade do programa do leite para 2020.

Nestes tempos em que a desigualdade social voltou a aumentar no Brasil e em Alagoas, os comendadores do leite prestaram um importante serviço as famílias dos alagoanos mais carentes. É uma homenagem – posso testemunhar – merecida.

Chico Tenório, Sílvio Bulhões, Paulo Dantas e Isnaldo Bulhões durante entrega da “comenda do leite”

Versão oficial

Veja texto produzido pela da assessoria de comunicação

CPLA homenageia personalidades que ajudaram o Programa do Leite

Em mais um ano de conquistas e de muitos desafios para a agricultora familiar, principalmente na luta pela manutenção do Programa do Leite no Estado, a Cooperativa de Produção Leiteira de Alagoas (CPLA), reconheceu os esforços de personalidades políticas e institucionais que foram peças decisivas nesse processo, concedendo a outorga da Comenda Silvânio Barbosa, na última segunda-feira, 09, na Casa do Criador, localizada no Parque da Pecuária, em Maceió.

O serviço prestado no desenvolvimento econômico alagoano, por meio do Programa do Leite, resulta em empregabilidade para cinco mil pequenos produtores rurais e alimento para 80 mil famílias, além de promover o combate à mortalidade infantil, onde famílias em vulnerabilidade recebem o leite como uma forma de complementação nutricional, melhorando a saúde e a qualidade de vida.

A solenidade também destacou a memória do vereador por Maceió, Silvano Barbosa, lembrado como um dos grandes defensores pela manutenção e continuidade do Programa do Leite. “Meu irmão fez muito pelas pessoas carentes. Elas sempre fizeram parte da luta dele. Ter o nome dele nesta comenda é uma grande honra. Onde ele estiver, tenho certeza que está feliz”, afirmou Marcela Barbosa.

Na sua segunda edição e diante de agricultores familiares – produtores de leite de diversas regiões do Estado – a Comenda Silvânio Barbosa foi entregue ao deputado federal Isnaldo Bulhões; deputado estadual Paulo Dantas, deputado estadual Francisco Tenório e ao secretário de Agricultura de Alagoas, Sílvio Bulhões. A honraria também foi prestada ao secretário Nacional de Inclusão Social e Produtiva Rural do Ministério da Cidadania, José Roberto Carlos Cavalcante e ao ministro da Cidadania, Osmar Terra.

Segundo o presidente da CPLA, a Comenda Silvânio Barbosa presta uma homenagem dos agricultores as pessoas que lutaram pelo Programa do Leite. “Silvânio foi um símbolo deste programa. Esta solenidade é um momento não apenas de reconhecimento as estas pessoas, mas também de confraternização, onde reunimos cooperados, parceiros e colaboradores. Tivemos anos de dificuldade, mas estamos firmes para 2020, construindo projetos novos e evoluindo a comunidade produtora de leite de Alagoas. O Programa do Leite é uma das maiores ações sociais de inclusão produtiva e contamos com o apoio de toda a bancada”, finalizou Monteiro.

COMENTÁRIOS 0

CPLA: recursos federais para o Programa do Leite estão garantidos
     │     20:20  │  0

A Cooperativa de Produção Leiteira de Alagoas (CPLA) vem ganhando importantes aliados na luta pela continuidade do Programa do Leite no Estado. Na última segunda-feira (09), durante a concessão da outorga da Comenda Silvânio Barbosa, que homenageou personalidades do cenário político e institucional que contribuíram no fomento da agricultura familiar em Alagoas, o deputado federal Isnaldo Bulhões assegurou a designação de recursos para a execução das próximas parcelas do programa.

“Mesmo com toda a dificuldade do início do ano, encerraremos 2019 com chave de ouro. Conseguimos apresentar a importância do Programa do Leite para o governo do estado, firmando o compromisso de canalizar os fundos necessários para o prosseguimento do projeto. Com isso, vamos contar com 100% dos recursos federais para os próximos passos dessa iniciativa que está mudando a realidade da agricultura familiar em Alagoas”, afirmou Bulhões.

A permanência do Programa do Leite atenderá, só em Alagoas, mais de 80 mil pessoas, além de fomentar a economia e gerar empregos no campo. Através dele, também é feito o combate à desnutrição de famílias carentes, sendo um dos mais importantes e organizados da região Nordeste.

Na solenidade, o deputado também destacou a sua relação com a CPLA, evidenciando a preocupação em enxergar o setor como uma unidade que precisa dos investimentos certos para o seu desenvolvimento. “Desde o meu primeiro contato com a cooperativa, expressei a necessidade da união de forças entre as cooperativas e associações leiteiras. O setor precisa ser forte por completo, não adianta a buscar por incentivos para o pequeno produtor e esquecer do médio e do grande, que também fazem parte desse cenário”, ressaltou Isnaldo Bulhões.

(com assessoria)

Isnaldo Bulhões recebe comenda entregue pelo presidente da CPLA, Aldemar Monteiro

COMENTÁRIOS 0