Governador começa a conversar com deputados estaduais
   21 de março de 2019   │     20:27  │  0

A informação circula pelos corredores da Assembleia Legislativa de Alagoas. O governador Renan Filho está chamando os deputados para conversar – literalmente.

As primeiras conversas ocorreram já nesta quinta-feira, 21.

É o primeiro passo para a definição do tamanho da bancada do governo na Casa.

O entendimento se dará via bancadas e individualmente.

A partir da iniciativa, o que se espera é que governo, estabeleça uma maioria no Legislativo, com uma bancada entre 20 e 22 dos 27 parlamentares.

No bloco, além dos deputados da base, entrariam também os independentes.

O deputado Marcelo Victor, presidente da ALE, continua e continuará como principal interlocutor entre governo e Legislativo. Mas isso não exclui, na avaliação dos próprios parlamentares e dos articuladores palacianos, a necessidade das conversas “olho no olho” entre o governador e os deputados.

O entendimento deve ajudar a equilibrar a atuação no plenário da Casa, hoje com total protagonismo da oposição. A conferir.

COMENTÁRIOS 0

Com 93% dos votos, Klécio é reeleito presidente da maior cooperativa do Nordeste
     │     17:41  │  1

Pela primeira vez em mais de uma década, teve disputa na eleição da diretoria da maior cooperativa agroindustrial do Norte e Nordeste do Brasil.

Na últimas três eleições, até 2015, as chapas em Pindorama foram eleitas por aclamação. No começo desta semana, os da cooperativa foram convocados para participar de um pleito que teve duas chapas na disputa.

Com um percentual de 93% dos votos válidos, Klécio Santos foi reeleito presidente da Cooperativa Pindorama. A votação foi realizada na sede da entidade, em Coruripe, contando com a participação de 470 associados votantes.

O resultado, segundo Klécio, foi importante porque referenda o trabalho realizado pela atual diretoria. “Temos um olhar voltado para o pequeno, para a agricultura familiar. E temos conseguido avançar, melhorando a produtividade e conseguindo superar as principais dificuldades não só no setor sucroenergético, mas em todas as outras áreas onde a cooperativa atua”, aponta.

A avaliação do resultado da votação é positiva. “Foi um resultado fantástico. Recebemos 438 votos. Esta é prova de que colhemos o que plantamos. Este resultado é o fruto de um trabalho de uma vida e me deixa muito feliz e ainda muito mais empenhado e comprometido em trabalhar para o desenvolvimento de Pindorama”, declarou emocionado Klécio Santos.

Reeleito, o presidente assumiu já nesta terça-feira, 19, o novo mandato que será exercido pelos próximos quatro anos. Este é o sexto mandato consecutivo e o nono de Klécio Santos a frente da presidência da Cooperativa Pindorama.

“Que Deus continue nos iluminando nesta nova jornada. Cada mandato que assumi é como se fosse sempre o primeiro. Vamos continuar trabalhando com foco no apoio nosso cooperado e reforçando ainda mais o nosso trabalho na preparação dos jovens. Afinal, são eles o futuro da Cooperativa Pindorama”, finalizou Klécio Santos, lembrando que também tem como meta nesta nova gestão a ampliação e fortalecimento dos produtos da marca Pindorama no mercado consumidor.

Klécio Santos foi reeleito presidente da cooperativa Pindorama com 93% dos votos

A Cooperativa Pindorama

Localizada entre os municípios de Coruripe, Feliz Deserto e Penedo, a Cooperativa de Colonização Agroindustrial Pindorama, tem uma área de mais de 30 mil hectares de área produtiva, mais de 1,1 mil associados e atua no beneficiamento de diferentes produtos. Entre as atividades mais importantes estão a fabricação de açúcar e etanol, sucos de frutas, industrialização de coco, laticínios e fábricas de alimentos.

COMENTÁRIOS 1

Manobra do governo “esvazia” votação de veto do Fundeb na ALE
     │     15:39  │  1

O registro foi feito por um influente deputado estadual na sessão dessa quarta-feira, 20. “O governo esvaziou o plenário para impedir a votação do relatório do deputado estadual Marcelo Beltrão (MDB), que recomenda a derrubada do veto”, disse.

Segundo o parlamentar, uma “ligação” do Palácio dos Palmares para alguns deputados deu início ao esvaziamento da sessão plenária. “Se o relatório fosse votado ontem o governo seria derrotado. Para adiar a derrota, o Palácio decidiu pedir a alguns integrantes da base governista para deixar o plenário”, apontou.

O veto em questão é parcial. Na prática, o que está em jogo é o desconto previdenciário do rateio do Fundeb.

No entendimento da maioria dos parlamentares o desconto previdenciário seria indevido, porque o rateio não seria incorporado para efeito da aposentadoria dos professores.

O que está em jogo, segundo cálculos do deputado estadual Davi Maia (DEM), que foi o autor da emenda (vetada pelo governador Renan Filho) proibindo o desconto previdenciário do rateio do Fundeb, é um desconto de cerca de R$ 8 milhões.

Se o veto cair, esse valor, descontado do pagamento do rateio, segundo o parlamentar, será pago aos professores.

 

COMENTÁRIOS 1

Aeroporto de Maceió receberá R$ 411 milhões de investimentos, diz secretário
     │     10:02  │  0

Privatizado durante leilão realizado na última sexta-feira (veja aqui reportagem do Gazetaweb: Grupo espanhol Aena vence leilão e vai assumir Aeroporto de Maceió e mais cinco ), o Aeroporto de Maceió passará a ser administrado pelo grupo espanhol Aena.

O secretário Rafael Brito, do Desenvolvimento Econômico e Turismo, que acompanhou o leilão na B3, em São Paulo, comemorou. “É um grande ganho. Esse grupo é o maior do mundo no transporte de passageiros e chega aqui com planos de expansão do aeroporto, que será completamente reestruturado nos próximos anos”, aponta.

Os investimentos previstos, somente no aeroporto de Maceió, segundo Brito, chegam a R$ 411 milhões para os próximos 5 anos. “São investimentos previstos em todas as áreas, incluindo pista de pouso e decolagem e área de passageiros”, aponta.

De acordo com Brito, a espanhola Aena deve potencializar os esforços do trade turístico e operadores do setor na captação de novos voos para Alagoas: “o esperamos a partir da atuação do grupo e dos investimentos é um aumento do fluxo de passageiros e de voos, o que deve fortalecer todo o setor no Estado”, afirma.

COMENTÁRIOS 0

“Levamos tudo e não trouxemos nada”, diz Renan sobre viagem de Bolsonaro aos EUA
   20 de março de 2019   │     20:35  │  2

Em mensagem na sua conta no Twitter, nesta quarta-feira (20), o senador Renan Calheiros (MBD), criticou o resultado da viagem do presidente Jair Bolsonaro aos Estados Unidos.

“Levamos tudo e não trouxemos nada. Os EUA acabaram com nossas vantagens na OMC (Organização Mundial do Comércio), entregamos Alcântara, reciprocidade, papel na fronteira da Venezuela…todos os dedos. Onde estava o chanceler? Do lado de fora. Pelo menos uma boa notícia!”, disse Renan Calheiros.

Também pelo Twitter, o senador

Em 2018, de olho na reeleição para o Senado, o velho Renan atacou a proposta da reforma da Presidência do governo Temer e declarou apoio à candidatura de Lula à Presidência.

30Representação no Ministério Público Federal

Também pelo Twitter, o senador anunciou que entrou com reclamação disciplinar contra o procurador Deltan Dallagnol no Conselho Nacional do Ministério Público.

“Hoje entrei com reclamação disciplinar contra Deltan Dallagnol no CNMP. Esse pistoleiro de reputações vem usando o cargo público para perpetrar ataque ilegítimo e ilegal contra mim e contra a representação política, generalizando situações. Na denúncia que apresentei, demonstro que ele infringiu seus deveres funcionais e faltou com o decoro exigido pelo Estatuto do Ministério Público, violando também a Constituição”, disse.

COMENTÁRIOS 2